Exercícios de Genética

A Genética é um importante ramo da Biologia, responsável pelo entendimento dos mecanismos da hereditariedade ou herança biológica.

Teste os seus conhecimentos sobre o assunto resolvendo as questões abaixo:

Questão 1

(Unimep - RJ) Um homem apresenta o genótipo Aa Bb CC dd e sua esposa, o genótipo aa Bb cc Dd. Qual é a probabilidade desse casal ter um filho do sexo masculino e portador dos genes bb?

a) 1/4
b) 1/8
c) 1/2
d) 3/64
e) nenhuma das anteriores

Alternativa correta: b) 1/8.

Para responder a essa questão é necessário realizar o cruzamento das informações fornecidas sobre o pai e a mãe.

Primeiramente, vamos descobrir a probabilidade do indivíduo ser portador dos genes bb.

Para isto, utilizaremos o quadro de Punnett para encontrar o resultado do cruzamento.

B b
B BB Bb
b Bb bb

Observe que dos quatro resultados possíveis, apenas um deles apresenta os genes bb. Portanto, a probabilidade é de um em quatro, que podemos representar como 1/4.

Agora, devemos descobrir a probabilidade do filho ser do sexo masculino.

Com os cromossomos da mulher XX e do homem XY, novamente utilizaremos o quadro de Punnett para cruzar as informações.

X X
X XX XX
Y XY XY

Sendo assim, das quatro possibilidades no cruzamento, duas podem ser do sexo masculino. Representamos o resultado de interesse como 2/4, que simplificando por 2 se torna 1/2.

Como vimos no enunciado, precisamos encontrar a probabilidade do filho ser do sexo masculino e portador de genes bb, ou seja, as duas características devem ocorrem simultaneamente.

De acordo com a regra do “e” devemos multiplicar as probabilidades dos dois eventos.

1 quarto espaço x espaço 1 meio espaço igual a espaço 1 sobre 8

Portanto, a probabilidade desse casal ter um filho do sexo masculino e portador dos genes bb é de 1/8.

Questão 2

Sobre a recombinação gênica é correto afirmar que:

a) A recombinação gênica pode ser homóloga ou heteróloga.
b) A principal diferença entre os tipos de recombinação é que ocorrem em etapas diferentes da mitose.
c) A recombinação gênica é classificada em homóloga e não-homóloga.
d) Enquanto um tipo de recombinação permite a variabilidade, o outro tipo apresenta limitações.

Alternativa correta: c) A recombinação gênica é classificada em homóloga e não-homóloga.

Os tipos de recombinação gênica são: homóloga e não-homóloga.

A principal diferença entre os tipos é que enquanto a recombinação homóloga ocorre entre sequências de DNA que são idênticas ou apresentam elevada similaridade, a recombinação não homóloga se dá entre sequências que não são similares.

Questão 3

(UERJ) Sabe-se que a transmissão hereditária da cor das flores conhecidas como copo-de-leite se dá por herança mendeliana simples, com dominância completa. Em um cruzamento experimental de copos-de-leite vermelhos, obteve-se uma primeira geração – F1 - bastante numerosa, numa proporção de 3 descendentes vermelhos para cada branco (3:1). Analisando o genótipo da F1, os cientistas constataram que apenas um em cada três descendentes vermelhos era homozigoto para essa característica.

De acordo com tais dados, pode-se afirmar que a produção genotípica da F1 desse cruzamento experimental foi:

a) 4 Aa
b) 2 Aa : 2 aa
c) 3 AA : 1 Aa
d) 1 AA : 2 Aa : 1 aa
e) 1 AA : 1 Aa : 1 aa

Alternativa correta: d) 1 AA : 2 Aa : 1 aa.

De acordo com os dados do enunciado, ocorre a transmissão de cor por dominância completa, ou seja, podemos dizer que o alelo A determina a cor vermelha em AA ou Aa e apenas o indivíduo aa apresenta cor branca.

Sendo o cruzamento realizado entre dois copos-de-leite vermelhos com proporção de 3 descendentes vermelhos para cada branco, podemos entender essa informação como sendo três indivíduos possuem o dominante A e apenas um é recessivo aa.

Para se ter o homozigoto aa, o cruzamento deve ter sido realizado com um casal heterozigoto Aa e um gene é herdado do pai e outro da mãe.

Vejamos esse cruzamento com o quadro de Punnett.

A a
A AA Aa
a Aa aa

Sendo assim, pode-se afirmar que a produção genotípica da F1 desse cruzamento experimental foi: AA : 2 Aa : 1 aa.

Questão 4

(Fatec) Pares de genes, com segregação independente podem agir, conjuntamente, na determinação de uma mesma característica fenotípica. Este fenômeno é conhecido como:

a) interação gênica
b) epistasia
c) poligenia
d) dominância completa

Alternativa correta: a) interação gênica.

A interação gênica é responsável pelo surgimento de um determinado fenótipo, ou seja, uma característica visível, quando dois ou mais genes localizados ou não no mesmo cromossomo colaboram para determinada característica.

Questão 5

(Mack) A acondroplasia é um tipo de nanismo em que a cabeça e o tronco são normais, mas braços e pernas são muito curtos. É condicionado por um gene dominante que, em homozigose, provoca a morte antes do nascimento. Os indivíduos normais são recessivos e os afetados são heterozigotos. A probabilidade de um casal acondroplásico ter uma criança de sexo feminino normal é de:

a) 1/6
b) 1/8
c) 2/5
d) 1/2
e) 1/4

Alternativa correta: a) 1/6.

Segundo o enunciado, a acondroplasia é condicionada por um gene dominante que, em homozigose, provoca a morte antes do nascimento. Sabendo que os indivíduos normais são recessivos e os afetados são heterozigotos e tomando "A" como dominante e "a" como recessivo, podemos deduzir que:

  • aa: indivíduo normal;
  • AA: indivíduo morre;
  • Aa: indivíduo acondroplásico.

Se o casal é acondroplásico então ambos são heterozigotos. Veja a probabilidade dos seus descentes a seguir.

tabela linha com célula com Mulher espaço seta para a direita fim da célula linha com célula com Homem espaço seta para baixo fim da célula fim da tabela A a
A AA Aa
a Aa aa

Como na probabilidade aparece um gene letal, então este deve ser desconsiderado. Portanto, a probabilidade de o indivíduo ser normal é de 1/3.

Para saber a probabilidade de ser do sexo feminino, utilizaremos novamente o quadro de Punnett.

tabela linha com célula com Mulher espaço seta para a direita fim da célula linha com célula com Homem espaço seta para baixo fim da célula fim da tabela X X
X XX XX
Y XY XY

Há a probabilidade de 2/4 para ser do sexo feminino, que simplificamos para 1/2.

Portanto, a probabilidade de um casal acondroplásico ter uma criança de sexo feminino normal é de:

1 terço.1 meio igual a 1 sobre 6

Questão 6

A mutação genética difere da recombinação gênica, pois

a) enquanto a mutação corresponde a uma mudança hereditária no DNA, a recombinação cria novos genes.
b) enquanto a mutação corresponde a uma mudança hereditária no DNA, a recombinação se dá pela mistura de genes com seres da mesma espécie.
c) A mutação é espontânea e a recombinação é induzida.
d) A mutação é uma fonte secundária de variação, enquanto a recombinação é uma fonte primária.

Alternativa correta: b) enquanto a mutação corresponde a uma mudança hereditária no DNA, a recombinação se dá pela mistura de genes com seres da mesma espécie.

Ambos os meios são responsáveis pela variabilidade genética.

A mutação é uma fonte primária para variação hereditária e pode ocorrer espontaneamente, como por erros de replicação, ou por influência de fatores externos, como luz UV.

A recombinação gênica corresponde a uma mistura de genes durante a reprodução sexuada e, através disso, é capaz de aumentar a variabilidade.

Questão 7

(Unifesp) Uma planta A e outra B, com ervilhas amarelas e de genótipos desconhecidos, foram cruzadas com plantas C que produzem ervilhas verdes. O cruzamento A x C originou 100% de plantas com ervilhas amarelas e o cruzamento B x C originou 50% de plantas com ervilhas amarelas e 50% verdes. Os genótipos das plantas A, B e C são, respectivamente:

a) Vv, vv, VV
b) VV, vv, Vv
c) VV, Vv, vv
d) vv, VV, Vv
e) vv, Vv, VV

Alternativa correta: c) VV, Vv, vv.

De acordo com o enunciado, temos:

  • Planta A: ervilhas amarelas
  • Planta B: ervilhas amarelas
  • Planta C: ervilhas verdes

Cruzamentos:

  • A x C 100% ervilhas amarelas
  • A x B 50% ervilhas amarelas e 50% verdes

A partir disso, podemos deduzir que o genótipo dominante é o de ervilhas amarelas, já que originou 100% em um cruzamento e que a planta A é dominante homozigótica (VV). A partir disto, chegamos a conclusão que o verde é uma característica recessiva e a planta C é vv.

tabela linha com célula com Planta espaço reto A espaço seta para a direita fim da célula linha com célula com Planta espaço reto C espaço seta para baixo fim da célula fim da tabela V V
v Vv Vv
v Vv Vv

Observe que o cruzamento da planta A (VV) com a planta C (vv) formou 100% de plantas com ervilhas amarelas.

tabela linha com célula com Planta espaço reto B espaço seta para a direita fim da célula linha com célula com Planta espaço reto C espaço seta para baixo fim da célula fim da tabela V v
v Vv vv
v Vv vv

Observe que o resultado é 50% plantas com ervilhas amarelas (Vv) e 50% plantas com ervilhas verdes (vv).

Portanto, os genótipos das plantas A, B e C são, respectivamente: VV, Vv, vv.

Questão 8

Das alternativas a seguir qual NÃO apresenta um tipo de seleção natural.

a) Seleção direcional
b) Seleção estabilizadora
c) Seleção disruptiva
d) Seleção dimensional

Alternativa correta: d) Seleção dimensional.

A seleção natural é um mecanismo de evolução baseado em características vantajosas para adaptação e sobrevivência num ambiente, podendo ser de três formas:

  1. Seleção direcional: ocorre com fenótipos extremos;
  2. Seleção estabilizadora: ocorre com fenótipos intermediários;
  3. Seleção disruptiva: ocorre com mais de um fenótipo extremo.

Questão 9

(UFPR) Na genealogia abaixo, os indivíduos assinalados com preto apresentam uma anomalia determinada por um gene dominante.

questão 6 - Genética

Analisando essa genealogia, é correto afirmar:

a) Apenas os indivíduos I:1; II:1 e II:5 são heterozigotos.
b) Todos os indivíduos afetados são homozigotos.
c) Todos os indivíduos não afetados são heterozigotos.
d) Apenas o indivíduo I:1 é heterozigoto.
e) Apenas os indivíduos I:1 e I:2 são homozigotos.

Alternativa correta: a) Apenas os indivíduos I:1; II:1 e II:5 são heterozigotos.

Como os indivíduos assinalados com preto apresentam uma anomalia dominante, podemos deduzir que os que não estão assinalados são homozigotos recessivos:

  • I:1 D_
  • I:2 dd
  • II:1 D_
  • II:2 dd
  • II:4 dd
  • II:5 D_

Já que o indivíduo D_ consegue produzir filhos sem a anomalia, então ele é heterozigoto (Dd). Observe:

tabela linha com célula com masculino espaço seta para a direita fim da célula linha com célula com feminino espaço seta para baixo fim da célula fim da tabela D d
d Dd dd
d Dd dd

Analisando os dados, chegamos a conclusão que apenas os indivíduos I:1; II:1 e II:5 são heterozigotos.

Questão 10

(UFC) Gregor Mendel, considerado o pai ou fundador da genética clássica, realizou experimentos com plantas produtoras de ervilhas. Para demonstrar suas hipóteses, Mendel usou este tipo de vegetal por que:

a) o androceu e o gineceu estão presentes numa mesma flor, o que facilita a ocorrência da autofecundação.

b) a semente apresenta apenas dois cotilédones, que absorvem as reservas alimentares para a nutrição do embrião e o desenvolvimento das ervilhas.

c) as características anatômicas das suas flores facilitam a fecundação cruzada e assim possibilitam a observação das características genéticas puras.

d) os grãos de pólen são transferidos para o estigma de um mesmo estróbilo, já que as folhas modificadas situam-se muito próximas umas das outras.

e) o número de descendentes por geração é pequeno e as gerações são longas, o que facilita a observação das características da flor e da semente.

Alternativa correta: a) o androceu e o gineceu estão presentes numa mesma flor, o que facilita a ocorrência da autofecundação.

A flor de uma planta é considerada sua estrutura reprodutiva. O conjunto de estames em uma flor é também chamado de estrutura masculina, já o conjunto de carpelos corresponde à parte feminina da flor.

A ocorrência do androceu e do gineceu numa mesma flor facilita a autofecundação.

Questão 11

(UFRN) Em ervilhas, a cor amarela é dominante em relação à verde. Do cruzamento de heterozigotos, nasceram 720 descendentes. Assinale a opção cujo número corresponde à quantidade de descendentes amarelos.

a) 360
b) 540
c) 180
d) 720

Alternativa correta: b) 540.

Se a cor amarela é dominante, então pelo menos um dos genes é dominante (AA ou Aa). Já em relação à verde, podemos dizer que é recessiva (aa).

O cruzamento de heterozigotos pode ser feito assim:

A a
A AA Aa
a Aa aa

Observe que o gene dominante (A) aparece em 3 das possibilidades, portanto a probabilidade da cor amarela é 3/4.

Se o total de descendentes é 720, ao realizarmos uma regra de três simples, descobrimos quantos descentes amarelos tiveram.

tabela linha com 720 menos célula com tipográfico 4 sobre 4 fim da célula linha com reto x menos célula com tipográfico 3 sobre 4 fim da célula linha com blank blank blank linha com reto x igual a célula com numerador 720 espaço. espaço tipográfico 3 sobre 4 sobre denominador tipográfico 4 sobre 4 fim da fração fim da célula linha com reto x igual a 540 linha com blank blank blank fim da tabela

Portanto, há 540 descendentes amarelos.

Questão 12

(Enem) O heredograma mostra a incidência de uma anomalia genética em um grupo familiar.

Questão enem 2017 genética

O indivíduo representado pelo número 10, preocupado em transmitir o alelo para a anomalia genética a seus filhos, calcula que a probabilidade de ele ser portador desse alelo é de:

a) 0%
b) 25%
c) 50%
d) 67%
e) 75%

Alternativa correta: d) 67%.

Se observarmos o casal (7 e 8) perceberemos que eles são iguais e produziram apenas um filho diferente (11). Por isso, pode-se deduzir que o casal é igual, heterozigoto, e um filho é recessivo.

A a
A AA Aa
a Aa aa

Excluindo-se a possibilidade dele não apresentar a anomalia (aa), então a probabilidade de ter o alelo (Aa) é 2/3.

2 sobre 3 espaço igual a espaço 67 sinal de percentagem

Questão 13

(PUC - RIO) Uma característica genética recessiva presente no cromossomo Y é:

a) poder ser herdada do pai ou da mãe pelos descendentes do sexo masculino e do feminino.
b) só poder ser herdada a partir do pai por seus descendentes do sexo masculino.
c) só poder ser herdada a partir do pai por seus descendentes do sexo feminino.
d) só poder ser herdada a partir da mãe por seus descendentes do sexo masculino.
e) só poder ser herdada a partir da mãe por seus descendentes do sexo feminino.

Alternativa correta: b) só poder ser herdada a partir do pai por seus descendentes do sexo masculino.

Como as mulheres apresentam dois cromossomos XX, então a herança só pode ser herdada a partir do pai e descendentes do sexo masculino, já que só os homens apresentam o cromossomo Y, ou seja, ele é XY.

Questão 14

(UFF) O heredograma abaixo mostra a ocorrência de uma determinada anomalia em uma família.

Questão de genética UFF

A condição demonstrada no heredograma é herdada como característica:

a) dominante autossômica.
b) recessiva autossômica.
c) recessiva ligada ao cromossomo Y.
d) recessiva ligada ao cromossomo X.
e) dominante ligada ao cromossomo X.

Alternativa correta: d) recessiva ligada ao cromossomo X.

Como uma mulher apresenta cromossomos XX e o homem apresenta cromossomos XY, provavelmente a anomalia está relacionada a um cromossomo X da mulher.

Este tipo de caso é o que acontece no daltonismo, pois a anomalia está associada a um gene recessivo (Xd). Observe.

tabela linha com célula com masculino espaço seta para a direita fim da célula linha com célula com feminino espaço seta para baixo fim da célula fim da tabela XD Y
XD XDXD XDY
Xd XDXd XdY

Observe que a mãe é portadora do gene, mas não manifesta a anomalia. Podemos dizer então que seu genótipo é XDXd.

Seus descendentes do sexo masculino então apresentam a doença, pois está ligado ao cromossomo X da mãe e não apresentam o alelo dominante que seria capaz de impedir a expressão do gene. Portanto eles são XdY.

Questão 15

(Enem) Em um experimento, preparou-se um conjunto de plantas por técnica de clonagem a partir de uma planta original que apresentava folhas verdes. Esse conjunto foi dividido em dois grupos, que foram tratados de maneira idêntica, com exceção das condições de iluminação, sendo um grupo exposto a ciclos de iluminação solar natural e outro mantido no escuro. Após alguns dias, observou-se que o grupo exposto à luz apresentava folhas verdes como a planta original e o grupo cultivado no escuro apresentava folhas amareladas.

Ao final do experimento, os dois grupos de plantas apresentaram:

a) os genótipos e os fenótipos idênticos.
b) os genótipos idênticos e os fenótipos diferentes.
c) diferenças nos genótipos e fenótipos.
d) o mesmo fenótipo e apenas dois genótipos diferentes.
e) o mesmo fenótipo e grande variedade de genótipos.

Alternativa correta: b) os genótipos idênticos e os fenótipos diferentes.

Enquanto os genótipos estão associados à constituição genética, os fenótipos relacionam-se com característica externas, morfológicas e fisiológicas.

Como foi observada diferença de cores para as plantas expostas ou não à luz, então elas apresentam fenótipos diferentes.

Já os genótipos são idênticos, pois se tratam de clones.

Quer aprender mais sobre Genética? Leia também: