Exercícios sobre membrana plasmática

Carolina Batista

A membrana plasmática é um fino envoltório celular, responsável principalmente pelo fluxo de substâncias na célula.

Confira a seguir questões para testar seus conhecimentos sobre o tema. As resoluções comentadas te ajudarão a adquirir mais conhecimento.

Questão 1

Identifique nas alternativas a seguir qual NÃO apresenta uma função da membrana plasmática.

a) Controle da entrada e saída de substâncias da célula.
b) Proteção das estruturas internas da célula.
c) Delimitação do conteúdo intracelular e extracelular.
d) Reconhecimento de substâncias.
e) Respiração celular e produção de energia.

Resposta: e) Respiração celular e produção de energia.

A respiração celular e produção de energia é responsabilidade das mitocôndrias, organelas localizadas no interior da célula.

A membrana celular está localizada na superfície da célula, delimitando-a e permitindo a passagem ou não de substâncias. Por isso, ela protege o interior celular e controla aquilo que entra e sai da célula, pelo reconhecimento das substâncias.

Questão 2

Os biólogos estadunidenses Seymour Jonathan Singer e Garth L. Nicolson, em 1972, identificaram que a membrana plasmática apresentava uma estrutura que eles nomearam de mosaico fluido.

Assinale a alternativa que justifica a escolha do modelo para representar a membrana.

a) A membrana apresenta descontinuidades.
b) A membrana apresenta estruturas flexíveis e fluidas.
c) A membrana apresenta poucos e iguais elementos.
d) A membrana apresenta alto nível de desorganização.
e) A membrana apresenta estruturas rígidas e fixas.

Resposta: b) A membrana apresenta estruturas flexíveis e fluidas.

A membrana plasmática identifica-se pelo modelo mosaico fluido por possuir estruturas flexíveis e em constante movimentação.

Basicamente, a membrana celular é formada por uma bicamada de lipídios com proteínas distribuídas na organização da película ao redor da célula.

Questão 3

No esquema da membrana plasmática abaixo, a sequência que preenche corretamente os espaços numerados de 1 a 5 é:

estrutura da membrana plasmática

a) 1 - bicamada proteica; 2 - proteína integral; 3 - proteína transmembrana; 4 - proteína do canal e 5 - carboidratos.

b) 1 - bicamada lipídica; 2 - proteína transmembrana; 3 - proteína integral; 4 - proteína do canal e 5 - aminoácidos.

c) 1 - bicamada lipídica; 2 - proteína periférica; 3 - proteína integral; 4 - proteína do canal e 5 - carboidratos.

d) 1 - bicamada proteica; 2 - proteína periférica; 3 - proteína integral; 4 - proteína do canal e 5 - lipídios.

e) 1 - bicamada lipídica; 2 - proteína periférica; 3 - proteína transmembrana; 4 - proteína do canal e 5 - aminoácido.

Resposta: c) 1 - bicamada lipídica; 2 - proteína periférica; 3 - proteína integral; 4 - proteína do canal e 5 - carboidratos.

1 - Bicamada lipídica: estrutura básica da membrana formada por fosfolipídios, colesterol e glicolipídios.

2 - Proteína periférica: localiza-se em apenas um lado da membrana.

3 - Proteína integral: atravessa a membrana lado a lado.

4 - Proteína do canal: permite a difusão de determinadas moléculas ou íons.

5 - carboidratos: componentes das glicoproteínas que se projetam para o exterior da célula.

Questão 4

Uma das principais funções da membrana plasmática é controlar a entrada e saída de substâncias da célula. Através de sua permeabilidade seletiva, o envoltório celular realiza o __________ e transporta os materiais da região mais concentrada para a menos concentrada sem gasto de energia. Quando o ATP é utilizado para deslocar as substâncias do meio menos concentrado para o mais concentrado ocorre o __________.

Os espaços em branco são corretamente preenchidos por:

a) difusão simples e difusão ativa.
b) difusão simples e difusão facilitada.
c) transporte em bloco e transporte passivo.
d) transporte passivo e transporte ativo.
e) transporte em bloco e transporte ativo.

Resposta: d) transporte passivo e transporte ativo.

Uma das principais funções da membrana plasmática é controlar a entrada e saída de substâncias da célula. Através de sua permeabilidade seletiva, o envoltório celular realiza o transporte passivo e transporta os materiais da região mais concentrada para a menos concentrada sem gasto de energia. Quando o ATP é utilizado para deslocar as substâncias do meio menos concentrado para o mais concentrado ocorre o transporte ativo.

Transporte ativo e transporte passivo são mecanismos de transporte de substâncias através da membrana.

Os materiais entram e saem da célula por transporte passivo, como difusão simples e difusão facilitada, sem gastar energia já que o deslocamento ocorre naturalmente do meio mais concentrado para o menos concentrado.

No transporte ativo, como no transporte em bloco, a transferência de substância de uma região para outra ocorre contra um gradiente de concentração. Por o transporte ocorrer da região menos concentrada para a mais concentrada é necessário gastar energia (ATP) para realizar o deslocamento.

Questão 5

Em alguns organismos existe a parede celular, um envoltório que fica localizado externamente após a membrana plasmática. A principal diferença na composição da parede celular procariótica e da membrana celular é:

a) A parede celular procariótica é formada pela associação de carboidratos com proteínas, já a membrana celular é constituída de lipídios e proteínas.

b) A parede celular procariótica é formada pela associação de aminoácido com proteína, já a membrana celular é constituída de lipídios e carboidratos.

c) A parede celular procariótica é formada pela associação de lipídio com proteína, já a membrana celular é constituída de carboidratos e proteínas.

d) A parede celular procariótica é formada pela associação de carboidrato com aminoácido, já a membrana celular é constituída de lipídios e proteínas.

e) A parede celular procariótica é formada pela associação de carboidrato com lipídio, já a membrana celular é constituída de lipídios e aminoácidos.

Resposta: a) a parede celular procariótica é formada pela associação de carboidrato com proteína, já a membrana celular é constituída de lipídios e proteínas.

Nos seres procariontes, as células possuem parede celular, cuja principal substância na composição é o peptideoglicano, que é formado pela associação de carboidrato com proteína.

Diferentemente da parede celular, a membrana plasmática é de composição lipoproteica, ou seja, ocorre a junção de lipídios com proteínas.

Questão 6

A membrana plasmática, também chamada de membrana lipoproteica, é uma das estruturas básicas da célula. Identifique qual dos componentes abaixo NÃO compõe a membrana plasmática.

a) Antígenos
b) Fosfolipídios
c) Citosol
d) Enzimas
e) Colesterol

Resposta: c) Citosol.

Antígenos e enzimas são proteínas que ocupam a membrana plasmática. Já os fosfolipídios e o colesterol são lipídios que fazem parte da sua composição.

Portanto, o único componente das alternativas que não faz parte da membrana plasmática é o citosol. Esse material, também chamado de hialoplasma, está presente no citoplasma celular, sendo uma matriz viscosa e semitransparente onde ficam dispersas moléculas e organelas celulares.

Questão 7

A bicamada lipídica é a estrutura básica da membrana plasmática, formada por fosfolipídios, colesterol e glicolipídios. Por serem moléculas anfipáticas, os lipídios apresentam porções polares e apolares.

Nos fosfolipídios as porções hidrofílica e hidrofóbica correspondem, respectivamente, a:

a) hidrofílica, parte polar, com o fósforo e hidrofóbica, parte apolar, com os lipídios.

b) hidrofílica, parte polar, com o grupo fosfito e hidrofóbica, parte apolar, com os aminoácidos.

c) hidrofílica, parte apolar, com o radical hidroxila e hidrofóbica, parte polar, com carboidratos incorporados.

d) hidrofílica, parte apolar, com o grupo fosfato e hidrofóbica, parte polar, com as cadeias de hidrocarbonetos.

e) hidrofílica, parte polar, com o grupo fosfato e hidrofóbica, parte apolar, com as “caudas” longas de ácidos graxos.

Resposta: e) hidrofílica, parte polar, com o grupo fosfato e hidrofóbica, parte apolar, com as “caudas” longas de ácidos graxos.

Os fosfolipídios são constituídos de “cabeças polares” e suas “caudas” .

Na parte polar estão localizados os grupos fosfatos e, por isso, essas extremidades são hidrofílicas, ou seja, capazes de interagir com a água. Já as caudas são longas cadeias de hidrocarbonetos que, por serem hidrofóbicas, não interagem com a água.

Questão 8

Na bicamada lipídica a “cabeça” polar dos fosfolipídios estão em cada face da membrana, em contato com o citosol e com o fluido extracelular. Já as “caudas” de ácidos graxos se orientam no interior da membrana.

Uma das principais propriedades da membrana plasmática é a permeabilidade seletiva. Materiais, como água, nutrientes e oxigênio, entram na célula e outros, como o gás carbônico, deixam a estrutura celular pela membrana.

O transporte de substâncias pela membrana plasmática pode ser realizado com ou sem gasto de energia. Assinale a alternativa que apresenta um transporte a favor do gradiente de concentração.

a) Bomba de sódio
b) Bomba de potássio
c) Transporte acoplado
d) Difusão facilitada
e) Transporte em bloco

Resposta: d) Difusão facilitada.

O transporte passivo é caracterizado pela passagem de substâncias sem gasto de energia, pois o fluxo de material segue um gradiente de concentração, da região mais concentrada para menos concentrada.

Entre as alternativas, apenas difusão facilitada é um tipo de transporte passivo. Nela, as proteínas existentes na membrana plasmática auxiliam a passagem pela bicamada lipídica.

difusão facilitada na membrana

As demais alternativas são transportes ativos da célula, que ocorrem com gasto de energia.

Questão 9

As proteínas que compõem a membrana plasmática são classificadas basicamente em integrais e periféricas. A principal diferença entre elas é que:

a) enquanto as proteínas integrais intercalam-se na bicamada lipídica, as proteínas periféricas atravessam a membrana lado a lado.

b) enquanto as proteínas integrais possuem a capacidade de atravessar a membrana, as proteínas periféricas localizam-se em apenas uma face da membrana.

c) enquanto as proteínas integrais não fixam-se diretamente na bicamada lipídica, as proteínas periféricas estão fortemente unidas aos lipídios da membrana.

d) enquanto as proteínas integrais estão localizadas na face interna da membrana plasmática, as proteínas periféricas fazem parte do exterior da célula.

e) enquanto as proteínas integrais projetam-se para o citosol da célula, as proteínas periféricas intercalam-se na bicamada lipídica.

Resposta: b) enquanto as proteínas integrais possuem a capacidade de atravessar a membrana, as proteínas periféricas localizam-se em apenas uma face da membrana.

proteínas da membrana plasmática

As proteínas integrais, também chamadas de proteínas transmembrana, possuem a capacidade de atravessar a membrana lado a lado, projetando-se tanto para o citosol, no interior da célula, quanto para a região extracelular.

As proteínas periféricas localizam-se em apenas um lado da membrana, na face interna ou externa.

Questão 10

A membrana celular é uma estrutura dinâmica e fluida, constituída de uma bicamada lipídica, que faz parte de todas as células dos seres vivos.

Ela apresenta especializações em algumas células, que são modificações importantes para desempenhar suas funções, como:

a) microvilosidades, desmossomos e interdigitações.
b) microcavidades, mesossomos e interligações.
c) microvilosidades, mesossomos e interdigitações.
d) microcavidades, mesossomos e interdigitações.
e) microvilosidades, desmossomos e interligações.

Resposta: a) microvilosidades, desmossomos e interdigitações.

As microvilosidades podem ser encontradas em células para facilitar a absorção de substâncias, como no intestino delgado, pois aumenta a área de absorção pelas projeções criadas.

Os desmossomos são placas densas, um revestimento que viabiliza a aderência de duas células adjacentes.

As interdigitações são saliências que permitem o encaixe de células às suas células vizinhas para facilitar a troca de substâncias.

Questão 11

(UFESC) Uma das propriedades fundamentais da membrana plasmática é sua permeabilidade seletiva. Vários processos de passagem de substâncias através da membrana são conhecidos. Pode-se afirmar, a respeito deles, que:

01. A osmose é a passagem de solvente do meio mais concentrado para o meio menos concentrado.

02. Todo transporte de substâncias através da membrana envolve gasto de energia.

04. A difusão é facilitada quando envolve a presença de moléculas transportadoras específicas.

08. O transporte ativo é caracterizado pela passagem de soluto contra gradiente de concentração e em presença de moléculas transportadoras.

Resposta: 12 (04 + 08).

01. ERRADA. A osmose é a passagem de solvente a partir de um meio com menor concentração para outro com maior concentração.

02. ERRADA. O transporte pode ser ativo com gasto de energia e transporte passivo sem gasto de energia.

04. CORRETA. As proteínas que permeiam a bicamada lipídica, chamadas de permeases, auxiliam no transporte de substâncias através da difusão facilitada.

08. CORRETA. O transporte de substâncias ocorre da região de menor concentração para a de maior concentração. No transporte acoplado, um tipo de transporte ativo, as proteínas transportadoras são fundamentais para realizar a passagem das substâncias.

Questão 12

(Enem/2019) A fluidez da membrana celular é caracterizada pela capacidade de movimento das moléculas componentes dessa estrutura. Os seres vivos mantêm essa propriedade de duas formas: controlando a temperatura e/ou alterando a composição lipídica da membrana. Neste último aspecto, o tamanho e o grau de insaturação das caudas hidrocarbônicas dos fosfolipídios, conforme representados na figura, influenciam significativamente a fluidez. Isso porque quanto maior for a magnitude das interações entre os fosfolipídios, menor será a fluidez da membrana.

Assim, existem bicamadas lipídicas com diferentes composições de fosfolipídios, como as mostradas de I a V.

questão do enem 2019 sobre membrana plasmática

Qual das bicamadas lipídicas apresentadas possui maior fluidez?

a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V

Resposta: b) II.

A força intermolecular entre os componentes da bicamada lipídica está relacionada com a fluidez da membrana plasmática.

Portanto, quanto menor a força intermolecular, maior será a fluidez da membrana, pois diminui a interação entre os fosfolipídios.

Para adquirir mais conhecimento, os textos a seguir irão te ajudar:

Carolina Batista
Carolina Batista
Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011) e Bacharelada em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018).