O que é membrana plasmática

Luciana Fiuza
Luciana Fiuza
Professora de Biologia

A membrana plasmática é uma das partes que compõe as células.

Trata-se de uma película fina que reveste a célula, separando a parte interna da parte externa da célula.

Tudo que entra ou sai de qualquer célula passa por sua membrana plasmática. Ela fica ao redor, protegendo e limitando toda a célula.

Estruturas da célula Eucariota
Principais estruturas da célula eucariota

As principais características da membrana plasmática são ser flexível e semipermeável. Assim, ela define o que entra e sai da célula, isolando o meio externo e as outras células.

Todas as reações químicas da célula tem a ver com a seleção realizada pela membrana plasmática. A passagem das substâncias pode acontecer através da osmose (água) ou pelo transporte ativo de proteínas de membrana.

O que e membrana plasmática
Corte da membrana plasmática, apresentando sua bicamada lipídica e proteínas associadas.

Todas as células e tipos celulares que existem têm membrana plasmática, desde as mais simples até as mais complexas. Alguns organismos têm também, por fora da membrana, parede celular (como os vegetais, por exemplo).

A função da membrana plasmática

A função da membrana plasmática é como uma fronteira de um país: ela seleciona quem entra na célula e quem sai.

Existem elementos que precisamos permitir que entrem como glicose, por exemplo. Existem outros que a membrana deve bloquear de todo modo, como os vírus, por exemplo. Assim como a membrana fechada garante que as organelas e substâncias da célula não saiam. Ela mantém o ambiente o mais adequado possível para a célula se manter viva.

A estrutura da membrana plasmática

A estrutura da membrana plasmática é composta por uma parte hidrofóbica (que repele a água) interna e uma parte hidrofílica (que se dilui em água) externa. Isso faz com que possa existir água dentro e fora da célula sem que nenhum líquido consiga passar livremente. O nome dessa estrutura é bicamada fosfolipídica.

Bicamada Lipídica
Esquema simplificado da bicamada lipídica que compõe a membrana plasmática

Entremeada na bicamada fosfolipídica, a membrana plasmática também possui proteínas transportadoras. Elas são as passagens que permitem a entrada e saída de substâncias das células.

Existem outros tipos de proteínas na membrana além das transportadoras. Essas proteínas e sua distribuição variam de um tipo celular para o outro. Por exemplo, bombas de sódio-potássio nos neurônios; proteínas de secreção de substâncias para fora das células; proteínas receptoras que percebem a presença de substâncias no meio externo entre outras.

Proteínas de Membrana
Esquema representando alguns tipos de proteína de membrana plasmática

Para continuar estudando sobre a membrana plasmática, veja:

Referências Bibliográficas

Alberts, B., Johnson, A., Lewis, J., Morgan, D., Raff, M., Roberts, K., ... & Hunt, T. (2010). Biologia molecular da célula. Artmed Editora.

Luciana Fiuza
Luciana Fiuza
Professora de Ciências e Biologia. Bacharel e licenciada pela UERJ (2010) em Ciências Biológicas; mestre (2013) e doutora (2017) pelo CEFET-RJ no Programa de pós Graduação em Ciência Tecnologia e Educação; pós graduada em Psicopedagogia pela AVM (2020).