Ribossomos

Juliana Diana

Os Ribossomos, também chamados de Ribossomas, são pequenas estruturas em forma de grânulos que estão presentes nas células procariontes e eucariontes.

Eles são fundamentais para o crescimento, a regeneração celular e o controle metabólico.

Função dos Ribossomos

A função dos ribossomos é auxiliar na produção e na síntese das proteínas nas células. Além dele, participam desse processo as moléculas de DNA e RNA.

Os ribossomos reúnem diversos aminoácidos durante a síntese proteica através de uma ligação química chamada de ligação peptídica.

Saiba mais sobre o tema com a leitura dos artigos:

Estrutura e composição dos Ribossomos

ribossomos
Representação do ribossomos no núcleo celular

A estrutura dos ribossomos assemelha-se a um grânulo, por isso possui uma forma arredondada.

É formado por moléculas de RNA ribossômico dobrado, associado às proteínas. Assim, são formados por proteínas (mais de 80 tipos) e ácido ribonucleico (RNA).

Eles estão presentes em grande parte no citoplasma (ribossomos livres). No entanto, podem ser encontrados nas mitocôndrias, nos cloroplastos e no retículo endoplasmático.

Quando associados à superfície dos retículos endoplasmáticos, eles formam os retículos endoplasmáticos rugosos (ou granulares).

Quando associados ao RNA mensageiro (RNAm) na síntese de proteínas, eles formam os polissomos ou polirobossomos.

Ribossomos
Representação da célula e suas organelas

Os ribossomos não possuem membrana, e, por esse motivo, não são considerados organelas celulares citoplasmáticas por muitos estudiosos do tema.

Para outros, os ribossomos podem ser considerados organelas celulares não membranosas de forma que permanecem livres no citoplasma (hialoplasma) das células.

Complexo de Golgi e Lisossomos

O complexo de golgi, também chamado de aparelho de golgi, é uma organela celular responsável por exportar proteínas sintetizadas no retículo endoplasmático rugoso.

Ela modifica e armazena proteínas e outras substâncias. Além disso, elas originam outra estrutura celular: os lisossomos.

lisossomo
Célula com os lisossomos e o Complexo de Golgi

Os lisossomos são organelas celulares esféricas formadas por diversas enzimas. Por esse motivo, auxiliam a digerir diversas substâncias para a célula (digestão intracelular), tal como lipídios, carboidratos, proteínas e ácidos nucleicos (DNA e RNA). Em relação aos ribossomos, esses são bem maiores.

Peroxissomos

O peroxissomos são organelas celulares semelhantes aos lisossomos quanto à sua função. São estruturas responsáveis por digerir diversas substâncias, visto a quantidade de enzimas que contém.

O que os difere dos lisossomos é o tipo de enzima que apresentam (enzimas oxidases).

Curiosidade sobre os ribossomos

Você sabia que os ribossomos estão presentes em todas as células do corpo humano, exceto nos espermatozoides (células sexuais masculinas).

Continue sua pesquisa com a leitura dos artigos:

Juliana Diana
Juliana Diana
Licenciada em Ciências Biológicas pelas Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO) em 2007. Pós-graduada em Informática na Educação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2010. Doutora em Gestão do Conhecimento pela UFSC em 2019.