Proteínas


As proteínas são as macromoléculas orgânicas mais abundantes das células, fundamentais para a estrutura e função celular. Elas são encontradas em todos os tipos de células e nos vírus.

Elas são formadas por aminoácidos ligados entre si e unidos através de ligações peptídicas.

Aminoácidos

Os aminoácidos são moléculas orgânicas que possuem, pelo menos, um grupo amina - NH2 e um grupo carboxila - COOH em sua estrutura.

estrutura do aminoácido
Estrutura geral do aminoácido

As proteínas são polímeros de aminoácidos ligados entre si por ligações peptídicas. Uma ligação peptídica é a união do grupo amino (-NH2) de um aminoácido com o grupo carboxila (-COOH) de outro aminoácido.

Eles são as unidades fundamentais das proteínas. Todas as proteínas são formadas a partir da ligação sequencial de 20 aminoácidos. Alguns aminoácidos especiais podem estar presentes em alguns tipos de proteínas.

Composição das Proteínas

De peso molecular extremamente elevado, as proteínas são compostas por carbono, hidrogênio, nitrogênio e oxigênio, sendo que praticamente todas elas possuem enxofre. Elementos como ferro, zinco e cobre também podem estar presentes.

Todas as proteínas são formadas por um conjunto de 20 aminoácidos, arranjados em sequências específicas variadas.

Tipos de Proteínas

Dependendo da sua função no organismo, as proteínas são classificadas em dois grandes grupos:

  • Proteínas Dinâmicas: Esse tipo de proteína realiza funções como defesa do organismo, transporte de substâncias, catálise de reações, controle do metabolismo;
  • Proteínas Estruturais: Como o próprio nome indica, sua função principal é a estruturação das células e dos tecidos no corpo humano. O colágeno e a elastina são exemplos desse tipo de proteína.

Classificação das Proteínas

As proteínas podem ser classificadas das seguintes formas:

Quanto à Composição

  • Proteínas Simples: Liberam apenas aminoácidos durante a hidrólise;
  • Proteínas Conjugadas: Por hidrólise, liberam aminoácidos e um radical não peptídico, denominado grupo prostético.

Quanto ao Número de Cadeias Polipeptídicas

  • Proteínas Monoméricas: Formadas apenas por uma cadeia polipeptídica;
  • Proteínas Oligoméricas: De estrutura e função mais complexas, são formadas por mais de uma cadeia polipeptídica.

Quanto à Forma

  • Proteínas Fibrosas: A maioria das proteínas fibrosas são insolúveis em meio aquosos e possuem pesos moleculares bastante elevados. Normalmente são formadas por longas moléculas de formato quase retilíneo e paralelas ao eixo da fibra. Fazem parte deste grupo as proteínas estruturais como o colágeno do tecido conjuntivo, a queratina do cabelo, a miosina dos músculos, entre outras;
  • Proteínas Globulares: Possuem estrutura espacial mais complexa e são esféricas. Geralmente são solúveis em meio aquoso. São exemplos de proteínas globulares as proteínas ativas, como as enzimas, e as transportadoras, como a hemoglobina.

Saiba mais, leia também:

Função das Proteínas

As principais funções das proteínas são:

  • Fornecimento de energia;
  • Estruturação da célula;
  • Catalisador de funções biológicas, na forma de enzimas;
  • Regulação de processo metabólicos;
  • Armazenamento de substâncias;
  • Transporte de substâncias;
  • Construção e reparação dos tecidos e músculos;
  • Defesa do organismo, na forma de anticorpos;
  • Produção de hormônios e neurotransmissores.

Alimentos ricos em proteínas

alimentos ricos em proteinas
Alimentos ricos em proteínas

Os alimentos ricos em proteínas são os de origem animal e em menor quantidade de origem vegetal:

  • Alimentos de origem animal: Carnes em geral, peixes, ovos, leite e derivados;
  • Alimentos de origem vegetal: Feijão, lentilha, soja, quinoa, trigo, ervilhas.