Manuel da Nóbrega


Manuel da Nóbrega foi um padre jesuíta português que participou da primeira missão de catequização nas Terras de Santa Cruz (Brasil), no século XVI.

Outros jesuítas trabalharam na catequização dos índios em terras brasileiras e se destacaram, tal qual Manuel da Nóbrega, na defesa dos índios, como Padre José de Anchieta e Padre Antônio Vieira.

Biografia

Nasceu no norte de Portugal, na vila de Sanfins do Douro, dia 18 de outubro de 1517. Estudou no Porto, Coimbra e na cidade espanhola de Salamanca.

Mais tarde, entrou para a Companhia de Jesus, fundada por Inácio de Loyola, em 1544, tornando-se um dos mais destacados sacerdotes enviado para catequizar (converter os índios para a religião católica) os indivíduos encontrados, durante a conquista portuguesa no Brasil, do outro lado do Atlântico em 1549.

Durante sua estadia em terras brasileiras, tornou-se amigo dos governadores gerais, Tomé de Sousa e Mem de Sá, este último lutava contra a invasão francesa e a hostilidade dos índios.

Esteve presente na fundação da primeira capital do Brasil, Salvador, e, mais tarde, da fundação da segunda capital, o Rio de Janeiro.

Além disso, fundou em 1553 o Colégio São Paulo na aldeia de Piratininga, ao lado do padre José de Anchieta, marco de fundação da cidade, o nos que leva a pensar que a função dos padres jesuítas não estava restrita somente à religião, mas também à educação.

Ademais, podemos constatar que apesar de sua função missionário, Padre Manuel da Nóbrega foi um conselheiro e articulador do poder político. Faleceu em 1570 no Rio de Janeiro, no dia em que cumpriria 53 anos.

Para saber mais: Padre Antônio Vieira​.

Obra Literária

Manuel da Nóbrega escreveu diversas “cartas” que contribuíram para a divulgação do povo brasileiro, das quais se destacam:

  • Diálogo sobre a conversão do gentio (1557)
  • Informação das coisas da terra e necessidade que há para se proceder nela (1558)
  • Cartas do Brasil (1549-1570)
  • Tratado contra a Antropofagia e contra os Cristãos Seculares e Eclesiásticos que a Fomentam e a Consentem (1559)
  • Caso de Consciência para a Liberdade dos Índios (1567)

Curiosidades

  • Manuel da Nóbrega era gago.
  • Para o Papa João XXIII Manuel da Nóbrega foi o mais destacado “Bandeirante de Deus no Brasil”.
  • Para Papa Pio XII Nóbrega é considerado o fundador da cidade de São Paulo