Características do Quinhentismo

Daniela Diana

A visão do homem europeu sobre o Brasil é a marca do Quinhentismo, um movimento literário que teve início em 1500.

Isso porque foi no século XVI que os portugueses encontraram o território além-mar. No contexto das grandes navegações, o intuito principal era conquistar territórios e os tornar colônias de Portugal.

Assim, o Quinhentismo retrata a condição colonial no Brasil como território, além dos objetos e da população indígena que aqui viviam.

O entendimento do homem europeu e seu ponto de vista sobre a nova terra são predominantes nos três primeiros séculos da literatura brasileira.

As manifestações nacionais só serão totalmente oriundas da terra a partir do Romantismo, quando começa a chamada "era nacional".

Manifestações Literárias

As duas principais manifestações literárias do Quinhentismo no Brasil são:

Literatura de Informação

A Literatura de Informação é representada, em especial, pela Carta de Pero Vaz de Caminha. Nesse documento em forma de diário, ele relatava o acervo material, a paisagem e o povo.

Escrita para o rei de Portugal Dom Manuel, Caminha apresenta um relato histórico sobre o encontro dos portugueses com os indígenas.

Além dele, destacam-se na literatura informativa:

  • Pero Lopes de Souza e sua obra Diário de navegação (1530);
  • Pero de Magalhães Gândavo e sua obra Tratado da Província do Brasil e História da Província de Santa Cruz, a que vulgarmente chamamos de Brasil (1576);
  • Gabriel Soares de Souza e sua obra Tratado descritivo do Brasil (1587).

Literatura de Catequese

A principal característica da Literatura de Catequese e que a difere da literatura de informação é que essa foi escrita pelos jesuítas.

Responsáveis pelo processo de catequização dos índios, essa produção é carregada pelos escritos catequéticos dos padres da Companhia de Jesus. Portanto, todas possuem forte expressão religiosa e pedagógica refletindo a Contrarreforma Católica.

Sem dúvida, o Padre José de Anchieta foi o principal representante da literatura jesuítica.

Como teve grande aproximação com os índios, produziu uma gramática da língua que era falada por eles: Arte de Gramática da Língua mais Usada na Costa do Brasil (1595). Escreveu também algumas peças de teatro e poemas do qual se destaca Poema à virgem.

Além dele, merecem destaque:

  • Padre Manuel da Nóbrega e sua obra Diálogo sobre a conversão do gentio (1557);
  • Fernão Cardim com o Tratado das terras e das gentes do Brasil (1583).

Principais Características do Quinhentismo

Segue abaixo um resumo das principais características dessa escola literária:

  • Crônicas de informação ou crônicas de viagem;
  • Textos de caráter documental e religioso;
  • Uso de uma linguagem simples;
  • Descrição e exaltação à terra;
  • Uso exagerado de adjetivos e superlativos;
  • Literatura pedagógica: poesia didática e teatro pedagógico.

Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.