Melanina

A melanina é uma substância derivada do aminoácido tirosina que contribui para a pigmentação de determinadas partes do corpo. Algumas peles, pelos, cabelos e olhos recebem a melanina o que lhes confere a cor marrom e quando mais concentrada o preto. Assim, quanto maior for a concentração de melanina na pele, mais escura será a pessoa.

Assim, os loiros, de pele clara, olhos azuis ou verdes, possuem menos melanina que os morenos. Já os albinos, pessoas muito brancas que sofrem do albinismo, possuem falta de melanina no corpo.

Há ainda outro tipo de melanina de coloração avermelhada, que confere a cor ruiva. Note que além da melanina, a hemoglobina e os carotenoides contribuem para a pigmentação da pele.

Tipos de Melanina

Em resumo, há três tipos de Melanina, a saber:

  • Eumelanina: tipo mais comum de melanina de coloração marrom ou preta, encontrada nas pessoas morenas.
  • Feomelanina: melanina de coloração avermelhada e amarelada, que surge nas pessoas loiras e ruivas.
  • Neuromelanina: pigmento escuro presente no cérebro. A perda desse tipo de substância pode levar a sérios problemas neurológicos, por exemplo, a doença de Parkinson.

Função

A principal função da melanina é proteger o DNA da pele (núcleos das células epiteliais) da incidência de raios ultravioletas. Ela é produzida pelas células epiteliais chamadas de melanócitos ou melanoblastos, através da tirosina. O hormônio que estimula os melanócitos é chamado de melatonina.

De tal modo, há dois tipos de melanina: a melanina construtiva, ou seja, determinada pelos genes, o qual independe da quantidade de raios solares recebidos; e a melanina facultativa, aquela produzida pelo organismo após a exposição aos raios solares, que nos deixa bronzeados.

Os cabelos brancos que surgem quando envelhecemos ocorre devido ao envelhecimento dos melanócitos, os quais vão perdendo a capacidade de produzir melanina.

Alimentos que Auxiliam na Produção de Melanina

Alguns alimentos auxiliam na produção de melanina uma vez que são ricos em tirosina, a saber:

  • Ovos
  • Lacticínios (leite, queijo, iogurte)
  • Carnes
  • Peixes
  • Cenoura
  • Abóbora
  • Tomate
  • Goiaba
  • Acerola
  • Mamão
  • Laranja
  • Melancia
  • Melão
  • Morango
  • Mirtilo
  • Damasco
  • Castanha
  • Nozes

Doenças relacionas à Melanina

Algumas doenças de pele estão associados à variação da produção dos níveis de melanina no corpo, por exemplo:

  • Albinismo: pessoas que apresentam ausência congênita de tirosinase, levando à inexistência de melanina. Por isso, os albinos são muito brancos, com cabelos e olhos claros.
  • Vitiligo: distúrbio crônico em que ocorre a destruição parcial dos melanócitos gerando diversas manchas brancas na pele.
  • Melasma: machas escuras na pele que surgem pelo aumento da produção de melanina, sendo mais frequente em mulheres. Quando surge na gravidez é chamada de cloasma.
  • Câncer de Pele: tumor ocasionado sobretudo pela exposição excessiva aos raios ultravioletas, ainda que possa surgir pelo uso excessivo do tabaco e de outras substâncias malignas para o corpo.

Temos mais textos sobre o assunto para você:

Atualizado em