Microrganismos: o que são e tipos

Carolina Batista
Carolina Batista
Professora de Química

Microrganismos ou micro-organismos são seres cuja estrutura só é identificada com a utilização de um microscópio. Esses organismos são estudados na Microbiologia e os principais tipos são: fungos, bactérias, protozoários e algas unicelulares. Além deles, podem existir animais microscópicos, como os ácaros.

Os vírus também são seres microscópicos, mas muitos autores não os consideram seres vivos por não apresentarem todas as características básicas da vida.

Embora muitos microrganismos tenham aplicações benéficas, como fabricação de alimentos e medicamentos, alguns podem ser patogênicos e causadores de doenças.

O que são microrganismos?

Os microrganismos são as menores formas de vida. Com a invenção do microscópio por Anton von Leeuwenhoek, no final do século XVI, foi possível identificar seres que não são vistos a olho nu. Essa descoberta foi importante principalmente para desvendar a origem dos seres vivos.

Antes, pela teoria da abiogênese, acreditava-se que os seres surgiam espontaneamente. Com o microscópio foi possível perceber, por exemplo, que a deterioração de alimentos e doenças eram causadas por microrganismos preexistentes que se reproduziam.

Os microrganismos podem ser encontrados em qualquer lugar, na água, no solo, na pele e no trato digestivo de animais. A flora intestinal saudável, por exemplo, é formada por bilhões de microrganismos.

Em locais que foram esterilizados não existem esses seres, já que esse processo destrói as formas de vida microbiana. A esterilização pode ser química, com a utilização de soluções como álcoois e peróxidos, ou física, com aplicação de calor e radiação.

Leia também sobre Microbiologia.

Tipos de microrganismos

Os seres vivos podem ser divididos em dois grandes grupos de acordo com sua organização celular: procariontes e eucariontes. Os procariontes, maioria dos microrganismos estão nesse grupo, apresentam organização mais simples e os eucariontes são seres mais complexos e com núcleo celular bem definido.

Vírus

O que são: são seres acelulares, cujo tamanho varia entre 20 e 300 nm.

Características: são diversificados e capazes de sofrer mutação. Eles são parasitas intracelulares, pois para se reproduzirem precisam invadir uma célula e utilizar todos os seus recursos. Esses organismos são causadores de muitas doenças. Por serem tão pequenos são capazes até de infectar fungos e bactérias.

Onde são encontrados: podem ser encontrados em qualquer lugar. Embora sejam capazes de infectar qualquer tipo de célula, fora delas eles permanecem inertes.

Exemplos: SARS-CoV-2 é um vírus pertencente à família dos coronavírus e é causador da doença COVID-19. A AIDS é causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV).

Saiba mais sobre os vírus.

Bactérias

O que são: organismos simples, unicelulares, procariontes e heterótrofos, que pertencem ao Reino Monera. Suas dimensões podem variar de 0,3 por 0,8 μm até 10 por 25 μm.

Características: são formas de vida abundantes no planeta, cujo tamanho não ultrapassa um micrômetro. Podem viver isoladas ou formar colônias.

Onde são encontradas: no solo, na água doce e salgada, no ar, superficialmente e dentro dos organismos e nos materiais em decomposição.

Exemplos: as bactérias do gênero lactobacillus são importantes para o equilíbrio do trato gastrointestinal e as bactérias Streptococcus pneumoniae são causadoras da doença pneumonia.

Saiba mais sobre as bactérias.

Fungos

O que são: são seres que fazem parte do Reino Fungi, eucariontes, heterótrofos e podem ser uni ou pluricelulares.

Características: podem ser macroscópicos, como cogumelos e líquens, ou microscópicos que são unicelulares, como mofo, bolores e leveduras.

Exemplos: o fungo Penicillium foi utilizado para o desenvolvimento do primeiro antibiótico, a penicilina. Fungos do gênero Candida são causadores da doença candidíase.

Onde são encontrados: no solo, na água, em vegetais, nos animais, no homem e em detritos em geral.

Saiba mais sobre os fungos.

Protozoários

O que são: são seres eucariontes, unicelulares e heterótrofos, que fazem parte do Reino Protista.

Características: apresentam grande variedade de formas e podem ocupar ambientes úmidos.

Onde são encontrados: grande parte é aquático de vida livre, mas alguns são parasitas e vivem dentro do corpo de outros seres vivos.

Exemplos: as amebas são protozoários do tipo sarcodíneos, a Entamoeba coli, por exemplo, habita no intestino grosso. O protozoário flagelado que parasita animais selvagens, Trypanossoma cruzi, é causador da doença de Chagas.

Saiba mais sobre os protozoários.

Algas unicelulares

O que são: organismos autótrofos fotossintéticos, protistas, eucariontes e unicelulares.

Características: são seres clorofilados que liberam grandes quantidades de oxigênio para o ambiente. Na cadeia alimentar são classificadas como produtores em ambientes aquáticos.

Exemplos: o fitoplâncton é formado por algas e cianobactérias. O picoplâncton é o que apresenta o menor tamanho, pois varia de 0,2 a 2 µm.

Onde são encontradas: a maioria das algas conhecidas são aquáticas, mas elas podem ser encontradas em qualquer lugar da Terra, em que tenham ambientes úmidos.

Saiba mais sobre as algas.

Atualizado em
Carolina Batista
Carolina Batista
Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011) e Bacharelada em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018).