Ossos da Mão

Juliana Diana

A mão corresponde ao segmento terminal do membro superior, através da continuação do punho e termina com os dedos. Ao total, temos 27 ossos na mão. Todos trabalham em conjunto.

Os ossos da mão, juntamente com os músculos e articulações, permitem o manuseio de objetos.

A característica principal dos movimentos das mãos é a ação de pinça, graças ao polegar opositor. Essa condição permite a realização de trabalhos mais delicados e com maior precisão. Isso possibilita a escrita, construção de ferramentas, desenhos, entre outras atividades.

Em relação a estrutura óssea, a mão é dividida em três regiões distintas: carpo, metacarpo e falange.

Carpo

Ossos do Carpo
Ossos do carpo

A região do carpo é constituída por oito ossos que ficam dispostos em duas fileiras.

Os ossos do carpo são:

  1. Trapezoide
  2. Trapézio
  3. Escafoide
  4. Semilunar
  5. Piramidal
  6. Pisiforme
  7. Hamato
  8. Capitato

Metacarpo

Ossos do metacarpo
Ossos do metacarpo

O metacarpo representa o esqueleto da palma da mão. É formado por cinco ossos iguais, de forma alongada, que se articulam com os ossos do carpo e com as falanges.

Os ossos do metacarpo são numerados de I a V a partir do polegar.

Falange

Ossos da Falange
Ossos da falange

As falanges correspondem aos dedos polegar, indicador, médio, anular e auricular. Ao total, temos 18 falanges.

As falanges articulam-se com os ossos do metacarpo.

Cada dedo apresenta três falanges. O polegar tem apenas duas falanges.

As falanges são classificadas em:

  • Falanges proximais: localizadas na base do dedo.
  • Falanges médias: entre as falanges proximais e as distais. Não existe no dedo polegar.
  • Falanges distais: localizadas nas pontas dos dedos.

Saiba mais, leia também:

Juliana Diana
Juliana Diana
Licenciada em Ciências Biológicas pelas Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO) em 2007. Pós-graduada em Informática na Educação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2010. Doutora em Gestão do Conhecimento pela UFSC em 2019.