Rugby

O que é rugby?

Rugby, ou rúgbi, é um jogo em que uma bola oval é conduzida pelos pés ou pelas mãos dos jogadores até a linha de fundo do campo, onde há uma trave semelhante a um H.

O objetivo principal é fazer um try, que consiste em passar com a bola através da linha de fundo e encostá-la no chão, o lance que vale mais pontos no jogo.

Trata-se de um esporte que exige muita resistência, estratégia e habilidade dos seus jogadores.

Para a sua prática, é obrigatória a utilização de protetores bucais. Parecido com o futebol americano, foi o rugby que lhe deu origem, o que aconteceu em 1860 quando um grupo de estudantes fizeram alterações nas regras do rugby, porque não gostavam da forma como ele era jogado.

O rugby teve origem na Inglaterra, em 1823, chegando ao Brasil em 1891.

O esporte tem versões diferentes, sendo as mais conhecidas o Rubgy XV, que conta com 15 jogadores em cada equipe, e o Rugby Sevens, que conta com 7 jogadores.

Atletas na jogada scrum
Atletas na jogada de reinício de jogo, o scrum

Origem e história do rugby

A origem do rugby remonta aos gregos e romanos, que faziam jogos com esferas, episkyros e harpastum, respectivamente.

De acordo com a Federação Internacional de Rugby a sua origem data de 1823, na Rugby School, localizada em Rugby na Inglaterra - daí o nome do esporte. O responsável pelo surgimento do esporte é William Webb Ellis.

Na altura, não haviam regras escritas dos jogos com bola. As regras eram orais e cada escola tinha mais ou menos a sua forma de jogar. William fez algo diferente do que faziam na sua escola, ele correu com a bola nas mãos, em vez de chutá-la, como costumava-se fazer.

Anos depois, em 1845, três alunos da Rugby School foram os responsáveis por escrever as regras do Rugby Football. Essa unificação das regras fez surgir o futebol propriamente dito, porque antes das normas os jogos eram apenas jogos de bola.

Em 1871 surgiu a Rugby Football Union (RFU), na Inglaterra - uma entidade responsável pela organização do rugby, seguindo-se a criação de entidades semelhantes em outros países. De seguida, surgiram a União Escocesa de Rugby (SRU), em 1873, a União Irlandesa de Futebol Rugby (IRFU), em 1879, a União Galesa de Rugby (WRU), em 1881, e a International Rugby Board (IRB), em 1886.

A primeira disputa internacional, em 1881, foi entre Inglaterra e Escócia, em que os escoceses foram os vencedores.

O rugby sofreu várias alterações ao longo dos anos. Uma das mais importantes respeita à pontuação. Desde 1992 o try vale 5 pontos, mas no início, não valia nenhum, e somente em 1886 ele começou a valer, mas apenas 1 ponto. Hoje, o try é o lance que é melhor pontuado.

Na sua primeira participação nos jogos olímpicos, em 1900, a França sagrou-se campeã. Em 1908 foi a vez da Austrália, e em 1920 e 1924 as medalhas foram obtidas pelos Estados Unidos.

Por opção dos impulsionadores do esporte, o rugby ficou ausente dos jogos olímpicos durante 92 anos, tendo regressado em 2016, quando Fiji foi o campeão no rugby masculino, e a Austrália, no rugby feminino.

O rugby começou na Inglaterra e ganhou o mundo. Depois da Inglaterra, foi na Nova Zelândia, na África do Sul e na Austrália que o esporte conquistou bastante destaque.

A Seleção de Rugby da Nova Zelândia é uma das melhores do mundo. Conhecidos como All Blacks, a equipe costuma fazer o Haka, que é uma dança típica do povo maori usada, entre outras coisas, como uma forma de intimidação.

Rugby no Brasil

O rugby chegou ao Brasil em 1891, quando foi fundado o Clube Brasileiro de Futebol Rugby. O primeiro time de rugby foi organizado por Charles Miller - conhecido como o "pai" do futebol brasileiro.

Em 1963, foi criada a União de Rugby do Brasil (URB), cujo presidente foi o irlandês Harry Donovan. Dez anos depois, a URB transformou-se em Associação Brasileira de Rugby (ABR), que também se transformou, dessa vez em Confederação Brasileira de Rugby (CBRu), em 2010.

Em 2018, a seleção brasileira conquistou o Campeonato Sul-Americano 6 Nações, vencendo a Colômbia por 67 a 5.

Histórico do rugby

1823: origem do rugby em Rugby, na Inglaterra.

1845: criação das regras do Rugby Football.

1871: surgimento da entidade responsável pela organização do rugby na Inglaterra, a Rugby Football Union (RFU).

1881: primeira disputa internacional entre Inglaterra e Escócia, com vitória escocesa.

1891: chegada do rugby ao Brasil.

1963: criação da União de Rugby do Brasil (URB), que se transformou em Associação Brasileira de Rugby (ABR).

1900: primeira participação do rugby nos jogos olímpicos, com vitória francesa.

2010: transformação da ABR en Confederação Brasileira de Rugby (CBRu).

2018: conquista do Campeonato Sul-Americano 6 Nações pela Seleção Brasileira de Rugby.

Regras do jogo de rugby

Num campo que mede 100 m x 70 m, a duração de um jogo de rugby é diferente em cada uma das suas versões. Na versão Rugby XV, com 15 jogadores, o jogo é disputado em 2 tempos de 40 minutos, enquanto na versão Rugby Sevens, com 7 atletas, o jogo é disputado em 2 tempos de 7 minutos.

Os passes de bola no rubgy são feitos para os lados ou para trás, apenas com as mãos, e para a frente, apenas com os pés.

O tackle, que é a jogada em que se derruba um jogador só pode ser realizada no jogador que tem a bola. Derrubar um jogador que não tenha a posse de bola é uma penalidade. Assim como também é penalidade derrubar um jogador com a bola na linha do peito para cima.

Outras causas de penalidade são obstruir a passagem de um jogador da equipe adversária ou um jogador segurar a bola quando cai ao chão.

A partida do jogo, bem como cada reinício, é feito mediante um chute na bola no centro do campo. No reinício do jogo, no Rugby XV quem dá o pontapé na bola é a equipe que sofreu pontos, enquanto no Rugby Seven, o pontapé é dado pela equipe que marcou pontos.

Como fazer pontos?

O try, que consiste em passar a linha do gol (linha do H) da equipe adversária a fim de colocar a bola no chão, é a jogada que vale mais pontos.

Ao marcar um try, a equipe garante o direito de chutar entre as traves, o que vale dois pontos. É a chamada conversão.

Outro momento em que a equipe tem a possibilidade de chutar para a trave é no chute de penalidade, que vale 3 pontos. Isso acontece quando uma falta grave é cometida contra a equipe e o jogador chuta a partir do local em que ocorreu a infração.

Por fim, o drop goal vale 3 pontos, e consiste em chutar a bola para a trave, que deve passar por cima do travessão horizontal, no decorrer do jogo.

Referências Bibliográficas

Confederação Brasileira de Rugby - ww2.brasilrugby.com.br

Portal do rugby - www.portaldorugby.com.br