Sistema Nervoso Periférico


O Sistema Nervoso Periférico (SNP) é formado pelos nervos e gânglios nervosos. Basicamente, sua função é ligar o Sistema Nervoso Central aos outros órgãos do corpo e com isso realizar o transporte de informações.

O Sistema Nervoso apresenta diversas divisões. Anatomicamente, é dividido em:

  • Sistema Nervoso Central (SNC): encéfalo e medula espinhal;
  • Sistema Nervoso Periférico (SNP): nervos e gânglios nervosos que conectam o SNC aos órgãos do corpo.

Constituição

O SNP é constituído por nervos e gânglios. Eles são os responsáveis por interligar o SNC as partes do corpo.

Nervos

Os nervos correspondem a feixes de fibras nervosas envolvidas por tecido conjuntivo. Eles são responsáveis por fazer a união do SNC a outros órgãos periféricos e pela transmissão dos impulsos nervosos.

Nervos do Corpo Humano

Nervos do Corpo Humano

Os nervos apresentam a seguinte divisão:

  • Nervos Espinhais: compostos por 31 pares, são os que fazem conexão com a medula espinhal.
  • Nervos Cranianos: compostos por 12 pares, são os que fazem conexão com o encéfalo

Os nervos apresentam os seguintes tipos:

  • Nervos Aferentes (Sensitivos): enviam sinais da periferia da corpo para o sistema nervoso central.
  • Nervos Eferentes (Motores): enviam sinais do sistema nervoso central para os músculos ou glândulas.
  • Nervos Mistos: formados por fibras sensoriais e fibras motoras, por exemplo, os nervos raquidianos.

Saiba mais sobre os Nervos do Corpo Humano.

Gânglios

Os gânglios nervosos são aglomerados de neurônios situados fora do sistema nervoso central, espalhados pelo corpo. É comum eles formarem uma estrutura esférica.

Divisões do SNP

O SNP é dividido em sistema nervoso somático e sistema nervoso autônomo, de acordo com sua atuação.

  • Sistema Nervoso Somático: regula as ações que estão sob o controle da nossa vontade, ou seja, ações voluntárias. Atua sob a musculatura esquelética de contração voluntária.
  • Sistema Nervoso Autônomo: atua de modo integrado com o sistema nervoso central. Geralmente, exerce o controle de atividades de independem da nossa vontade, ou seja, ações involuntárias. Atua sob a musculatura lisa e cardíaca.

O Sistema Nervoso Autônomo tem como função regular as atividades orgânicas, garantindo a homeostase do organismo. Ele apresenta duas subdivisões:

  • Sistema Nervoso Simpático que estimula o funcionamento dos órgãos;
  • Sistema Nervoso Parassimpático que inibe o funcionamento dos órgãos.

Os dois sistemas apresentam ações opostas. Veja outras diferenças entre eles:

O Sistema Nervoso Simpático é formado pelos nervos espinhais da região torácica e lombar da medula. Os principais neurotransmissores liberados são a noradrenalina e a adrenalina.

O Sistema Nervoso Parassimpático é formado pelos nervos cranianos e espinhais das extremidades da medula. O principal neurotransmissor liberado é a acetilcolina.

Saiba mais, leia também:

Sistema Nervoso
Sistema Nervoso Central