Substantivo Abstrato

Daniela Diana

Substantivo abstrato é um tipo de substantivo que indica qualidade, sentimento, estado, ação e conceito.

Essas palavras abstratas não existem por si só, uma vez que dependem de outro ser para se manifestarem, por exemplo: alegria, beleza e felicidade.

A alegria de Ana Paula é contagiante.

Note que no exemplo acima, a "alegria" depende de alguém que esteja alegre para se manifestar e, por isso, é um substantivo abstrato.

Exemplos de substantivos abstratos

Os substantivos abstratos podem ser derivados de ações ou verbos, estados e qualidades.

1. Derivados de ação ou verbos

  • Beijo (verbo beijar)
  • Partida (verbo partir)
  • Corrida (verbo correr)
  • Arrumação (verbo arrumar)
  • Investimento (verbo investir)

2. Derivados de estados

  • Tristeza (triste)
  • Felicidade (feliz)
  • Emoção (emocionado)
  • Velhice (velho)
  • Pobreza (pobre)

3. Derivados de qualidades

  • Beleza (belo)
  • Gentileza (gentil)
  • Largura (largo)
  • Honestidade (honesto)
  • Seriedade (sério)

Frases com substantivos abstratos

  • Tive a maior decepção da minha vida.
  • Carolina sentia muita saudade dos pais.
  • Artur estava com vergonha de apresentar seu trabalho em público.
  • Suzana teve enjoo a manhã toda por conta da gravidez.
  • Mariana sabia que todo o cansaço era resultado da semana intensa de trabalho.
  • Devido ao comprimento do sofá, ele não coube na sala.
  • A integridade é uma das maiores qualidades do trabalhador.
  • Quando viu o boletim da escola, Vitória sentiu muito orgulho de seu filho.

Substantivo concreto e abstrato

Ao contrário dos substantivos abstratos, os substantivos concretos designam as palavras reais ou concretas, as quais independem de outras para existirem.

Exemplos de substantivos concretos:

  • objetos: garfo, televisão, mesa;
  • pessoas: madrinha, mãe, pai;
  • lugares: Brasil, Copacabana, Júpiter;
  • fenômenos: chuva, noite, dia.

Classificação dos substantivos

Além dos concretos e abstratos, os substantivos podem ser:

  1. Simples: formados por apenas uma palavra, por exemplo: lápis e caneta.
  2. Composto: formados por mais de uma palavra, por exemplo: arco-íris e bem-te-vi.
  3. Comum: palavras que designam, de forma genérica, seres da mesma espécie, por exemplo: homem e mulher.
  4. Próprio: palavras que particularizam os seres distinguindo-os da sua espécie, por exemplo: Lucas e Brasil.
  5. Primitivo: palavras que não derivam de outras palavras, por exemplo: pedra e sapato.
  6. Derivado: palavras que derivam de outras palavras, por exemplo: pedreira e sapataria.
  7. Coletivo: palavras que se referem a um conjunto de seres, por exemplo: elenco e turma.

Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.