Substantivo Sobrecomum

Daniela Diana

O substantivo sobrecomum é um tipo de substantivo uniforme, ou seja, que apresenta somente um termo para os dois gêneros (masculino e feminino).

Ele é utilizado para nomear pessoas, por exemplo, a palavra "criança", utilizada para os dois gêneros: a criança menino; a criança menina.

Exemplos

o anjo

João é um anjo que apareceu na minha vida.
Maria, funcionária da loja, é um anjo de mulher.

o cônjuge

Estela é cônjuge de Fernando.
Leonardo é cônjuge de Sandra desde 2012.

a criança

Ele é uma criança alegre ao lado de seus colegas.
Ela é uma criança teimosa na escola.

o defunto

Ficou claro que o defunto era de João Pedro.
O defunto descoberto no quintal da casa era de Maria Regina.

a estrela (de cinema)

Brad Pitt é uma grande estrela do cinema desde a infância.
Angelina Jolie é uma estrela de cinema e mulher de Brad Pitt.

o gênio

José Miguel é um gênio na matemática e na física.
Joana é um gênio que se destaca na escola.

o membro

Henrique foi membro do exército na segunda guerra mundial.
Juliana era membro do grupo de escoteiros em sua cidade natal.

o monstro

Naquele tarde chuvosa, Alan parecia um monstro.
Lara estava igual um monstro após a cirurgia.

a pessoa

Ele é a pessoa mais carinhosa que já conheci.
Ela é a pessoa mais atenciosa do trabalho.

a testemunha

Luís foi testemunha do crime passional.
Luísa foi testemunha do roubo que aconteceu na joalheria.

a vítima

Lucas foi vítima de bullying na escola durante um ano.
Luciana foi vítima do atentado em Paris e infelizmente ficou com sequelas.

Substantivos Uniformes

Além do sobrecomum, os substantivos uniformes também podem ser:

  • Substantivo Epiceno: apresentam somente um gênero e faz referência aos animais, por exemplo: elefante macho e elefante fêmea.
  • Substantivo Comum de Dois Gêneros: faz referência aos dois gêneros sendo identificados por meio do artigo que o acompanha, por exemplo: o artista; a artista.

Fique atento!

Diferente dos substantivos uniformes, os substantivos biformes apresentam duas formas para os gêneros masculino e feminino, por exemplo: poeta e poetisa.

Caiu no Vestibular!

(UFSC) Há substantivos que têm um só gênero gramatical para designar pessoas de ambos os sexos. Uma das alternativas seguintes constituída de três substantivos desta espécie é:

a) A criança, a vítima, o selvagem.
b) A criança, a testemunha, o agente.
c) A vítima, a jovem, o parente.
d) A criança, a vítima, o cônjuge.
e) A testemunha, a patroa, o mestre.

Alternativa d) A criança, a vítima, o cônjuge.

Leia mais:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.