Ácido sulfúrico

Carolina Batista

O ácido sulfúrico é um ácido mineral considerado forte, cuja fórmula molecular é H2SO4.

Essa substância inorgânica é de suma importância para a indústria química, sendo empregada na fabricação de inúmeros materiais e, por isso, seu consumo pode indicar o índice de desenvolvimento econômico de um país.

Fórmula do ácido sulfúrico

Na fórmula molecular do ácido sulfúrico, H2SO4, percebemos que ele é composto pelos elementos hidrogênio, oxigênio e enxofre. Estes átomos são unidos por ligações covalentes formando uma estrutura tetraédrica.

ácido sulfúrico
Estrutura bidimensional do ácido sulfúrico


O ácido sulfúrico é classificado como diácido, pois possui dois hidrogênios ionizáveis. Por ser um ácido forte, ele tem facilidade de ionizar-se, conforme a equação química:

reto H com 2 subscrito SO com 4 parêntese esquerdo aq parêntese direito espaço subscrito fim do subscrito seta para a direita espaço 2 espaço reto H com parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito com mais sobrescrito espaço mais espaço SO com 4 parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito com 2 menos sobrescrito fim do sobrescrito

Observe que a fórmula geral de um ácido é HxA, onde H é o hidrogênio e x é o seu número de átomos. Já o A corresponde ao ânion, que no ácido sulfúrico é o sulfato (SO com 4 subscrito com 2 menos sobrescrito fim do sobrescrito).

Saiba mais sobre os ácidos.

Características do ácido sulfúrico

O ácido sulfúrico é um líquido incolor, inodoro e de aspecto viscoso, que é considerado forte por seu grau de ionização ser maior que 50% na temperatura de 18º C.

Trata-se de uma substância não inflamável, muito corrosiva, oxidante, pouco volátil e higroscópica, ou seja, que absorve facilmente a água no ambiente.

Cuidado! O ácido sulfúrico é um composto químico que deve ser manuseado com precaução e utilizando equipamentos de proteção. Em contato com a pele pode causar queimaduras severas, gerando a destruição dos tecidos, e se inalado pode provocar danos às vias respiratórias.

Propriedades do ácido sulfúrico

As principais propriedades físicas são:

  • Densidade: 1,84 g/cm3
  • Ponto de fusão: 10,38 ºC
  • Ponto de ebulição: 337 ºC
  • Viscosidade: 26,7 cP

As principais propriedades químicas são:

  • pH: ácido
  • Massa molecular: 98,08 g/mol
  • Grau de ionização: 61 %
  • Reatividade: reage violentamente com água

Você sabia? A dissolução de ácido sulfúrico em água é exotérmica e libera uma grande quantidade de energia. Por isso, a forma correta de manuseá-lo é adicionar o ácido à água e nunca ao contrário, pois o ácido pode se projetar para fora do recipiente e causar danos.

Aplicações do ácido sulfúrico

A maior aplicação do ácido sulfúrico é para produção de fertilizantes, sendo empregado mais da metade da produção mundial do composto. No Brasil, por exemplo, aproximadamente 80% de H2SO4 é destinado para esta finalidade.

O ácido sulfúrico é a matéria-prima dos fertilizantes fosfatados, para fabricação de ácido fosfórico, mas também na síntese de sulfato de amônio.

Além dos fertilizantes, o ácido sulfúrico é consumido para tratamento de água, processamento de minérios e como reagente na síntese de outros materiais.

O ácido sulfúrico é um forte oxidante e reage facilmente com a água. Por isso, em concentrações maiores que 90%, é utilizado como agente desidratante.

O ácido sulfúrico também está presente nos acumuladores de automóveis, baterias de chumbo, formados por um ânodo e um cátodo, e a solução de ácido sulfúrico como eletrólito.

Trata-se de um insumo consumido também por diferentes ramos industriais, sendo alguns deles: tintas, papel, explosivos, refino de petróleo, medicamentos, entres outros.

Produção do ácido sulfúrico

O processo de obtenção do ácido sulfúrico pode ser dividido em três etapas, são elas:

1ª etapa: obtenção do SO2

O dióxido de enxofre (SO2) é fabricado em um processo chamado de ustulação, pela queima do minério pirita, FeS2(s), em fornos especiais, produzindo a seguinte equação:

4 espaço FeS com 2 parêntese esquerdo reto s parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço 11 espaço reto O com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço seta para a direita 2 espaço Fe com 2 subscrito reto O com 3 parêntese esquerdo reto s parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço 8 espaço SO com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito

Com a reação obtém-se um rendimento de 14%. Outras matérias-primas, para fabricação em menor escala, são: S8(s) (enxofre natura), ZnS(s) (sulfeto de zinco) e CaSO4 (sulfato de cálcio).

2ª etapa: conversão de SO2 em SO3

O dióxido de enxofre (SO2) da etapa anterior é oxidado a trióxido de enxofre (SO3) em temperatura de 450 ºC.

2 espaço SO com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço reto O com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço seta para a direita sobre seta para a esquerda espaço 2 espaço SO com 3 parêntese esquerdo reto g parêntese direito espaço subscrito fim do subscrito

Nesta etapa, platina metálica, Pt(s), ou o pentóxido de divanádio, V2O5(s) são empregados como catalisadores, para acelerar o processo de conversão.

3ª etapa: reação do SO3 com H2O

Finalmente, a dissolução do trióxido de enxofre em água forma o ácido sulfúrico.

SO com 3 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito  +  reto H com 2 subscrito reto O com parêntese esquerdo reto l parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço ⇆ espaço reto H com 2 subscrito SO com 4 parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito

A concentração obtida de H2SO4(aq) é de até 98%.

Complemente seus estudos lendo também sobre:

Carolina Batista
Carolina Batista
Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011) e Bacharelada em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018).