Hidróxido de sódio

Carolina Batista

O hidróxido de sódio (NaOH), popularmente conhecido como soda cáustica, é um composto químico sólido, de coloração esbranquiçada, altamente tóxico e corrosivo.

Produzido em laboratório, esse composto é uma base inorgânica forte utilizado para diversos fins, sobretudo, na indústria petroquímica.

Fórmula do hidróxido de sódio

A fórmula molecular da soda cáustica é NaOH, sendo composta por um átomo de sódio (Na), um de hidrogênio (H) e outro de oxigênio (O).

Hidróxido de sódio
Na imagem, vemos uma representação dos cristais que compõem o hidróxido de sódio

Obtenção da soda cáustica

A produção da soda cáustica é feita através da reação de eletrólise, onde grande quantidade de calor é liberada (reação exotérmica) junto dos íons Na+ e OH-.

Esse processo também é chamado de “eletrólise da salmoura”, uma vez que se utiliza o NaCl (sal de cozinha) numa solução aquosa.

Confira abaixo a equação química para obtenção desse composto em laboratório:

2NaCl(aq) + 2H2O(l) → 2NaOH(aq) + Cl2(g) + H2(g)

Note que, além da soda cáustica obtida na reação, também é produzido hidrogênio (H2) e o cloro (Cl2).

Veja também: Eletrólise

Propriedades do hidróxido de sódio

  • pH: 13-14
  • Densidade: 2,3 g/cm3
  • Ponto de fusão: 318 ºC
  • Ponto de ebulição: 1388 ºC
  • Massa molar: 39,997 g/mol
  • Aparência: cor branca e cristalina
  • Estado físico: sólido em temperatura ambiente
  • Solubilidade: muito solúvel em água e higroscópico (absorve água do ambiente)

Para que serve o hidróxido de sódio?

Embora o uso doméstico mais conhecido para o hidróxido de sódio seja o desentupimento de canos, esse composto é também muito utilizado na área industrial para fabricação de diversos produtos de limpeza, combustíveis, tecidos, dentre outros. Algumas aplicações e utilidades são:

  • Limpezas pesadas e domésticas
  • Desentupimento de pias e ralos
  • Produção de sabão e glicerina
  • Produção de tecidos e papel
  • Fabricação de produtos domésticos
  • Obtenção de sais de sódio

CUIDADOS

Por ser um composto altamente tóxico e corrosivo, ele deve ser ministrado com muito cuidado (uso de luvas e máscara), e deixar longe do alcance das crianças.

Isso porque se for ingerido, inalado ou entrar em contato com a pele, pode causar diversas consequências ao ser humano, afetando sua saúde.

Dentre os problemas que ele pode causar, tem-se:

  • problemas gastrointestinais (se ingerido)
  • irritações e queimaduras (em contato com a pele)
  • irritações e morte (se inalado)

Você sabia? Por ser uma substância que reage com SiO2 (dióxido de silício) presente no vidro, a soda cáustica deve ser armazenada em embalagens de plástico.

Veja também: Bases

Reações químicas com hidróxido de sódio

Por ser altamente reativo, o hidróxido de sódio é utilizado em algumas reações químicas, por exemplo:

Produção de sabão

Para a produção de sabão em barra, utiliza-se o hidróxido de sódio com gorduras e óleos. Confira abaixo essa reação simplificada, denominada de reação de saponificação, que ocorre entre um éster e uma base forte, no caso o NaOH.

tabela linha com célula com parêntese esquerdo reto C com 17 subscrito reto H com 35 subscrito COO parêntese direito com 3 subscrito reto C com 3 subscrito reto H com 5 subscrito com parêntese esquerdo reto s parêntese direito subscrito fim do subscrito fim da célula mais célula com 3 NaOH com parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito fim da célula seta para a direita célula com 3 reto C com 17 subscrito reto H com 35 subscrito COONa com parêntese esquerdo reto s parêntese direito subscrito fim do subscrito fim da célula mais linha com estearina blank célula com hidróxido espaço de espaço sódio fim da célula blank célula com estearato espaço de espaço sódio fim da célula blank linha com célula com parêntese esquerdo éster parêntese direito fim da célula blank célula com parêntese esquerdo base parêntese direito fim da célula blank célula com parêntese esquerdo sal parêntese direito fim da célula blank fim da tabela tabela linha com célula com reto C com 3 subscrito reto H com 5 subscrito parêntese esquerdo OH parêntese direito com 3 parêntese esquerdo reto l parêntese direito subscrito fim do subscrito fim da célula linha com glicerol linha com célula com parêntese esquerdo álcool parêntese direito fim da célula fim da tabela

O sabão é o composto estearato de sódio, um sal de ácido carboxílico com longa cadeia carbônica.

Veja também: Reação de Saponificação

Produção de sais

Um exemplo da formação de sais com hidróxido de sódio é vista nas reações de neutralização, por exemplo:

CO2 + 2 NaOH → Na2CO3 + H2O

Note que na reação entre o gás carbônico (CO2) e o hidróxido de sódio (NaOH), além do sal carbonato de sódio (Na2CO3), também foi produzida uma molécula de água (H2O).

Veja também: Reação de Neutralização

Determinação de ácidos

Devido à facilidade de reagir com ácidos, o hidróxido de sódio é bastante utilizado em laboratórios para quantificar substâncias ácidas através da titulação ácido-base.

A aspirina é um dos medicamentos analgésicos mais utilizados no mundo e seu princípio ativo, o ácido acetilsalicílico, é empregado em muitas pesquisas, principalmente para o desenvolvimento de novas substâncias.

O ácido acetilsalicílico é uma substância orgânica mista, que apresenta as funções ácido carboxílico e éster. Ao entrar em contato com o hidróxido de sódio, ele reage formando um sal e água em uma reação de neutralização.

C8O2H7COOH(aq) + NaOH(aq) → C8O2H7COONa(aq) + H2O(l)

Note que na reação entre o ácido acetilsalicílico (C8O2H7COOH) e o hidróxido de sódio (NaOH), além do sal acetilsalicilato de sódio (C8O2H7COONa), também foi produzida uma molécula de água (H2O).

A determinação do ácido acetilsalicílico é feita medindo o volume de hidróxido de sódio utilizado na titulação para que ocorresse a reação.

Veja também: Titulação

Carolina Batista
Carolina Batista
Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011) e Bacharelada em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018).