Ácidos


Os ácidos são substâncias que liberam íons positivos de hidrogênio ou prótons (cátions ou ânions) numa solução aquosa; por esse motivo, são conhecidos como “doadores de prótons”.

Além disso, os ácidos reagem com as bases, formando sais e água numa reação que se chama “reação de neutralização”.

História dos Ácidos

Desde o tempo dos alquimistas, os ácidos intrigavam muitas pessoas, na medida em que possuíam propriedades peculiares quando dissolvidos em água, por exemplo seu gosto azedo e reações diante de certos metais.

Todavia, o químico sueco Svante Arrhenius (1859-1927) no século XIX, define que os ácidos são compostos que, dissolvidos em água, liberam íons hidrogênio formulando, assim, a conhecida “Teoria de Arrhenius”.

No entanto, sua definição deixou lacunas, visto que limitou-se às reações ácido-base em soluções aquosas. Foi quando o físico-químico dinamarquês Johannes Nicolaus Brönsted (1879-1947) e o inglês Thomas Martin Lowry (1874-1936) elaboraram uma nova teoria ácido-base denominada de “Teoria Protônica” (Teoria ácido-base de Brönsted-Lowry)

Segundo essa teoria, os ácidos correspondem a toda substância íon ou molécula que possui a tendência de doar prótons (íons H+).

Por outro lado, as bases caracterizam as substâncias químicas com tendência para receber prótons (íons H+). Mais tarde o químico estadunidense Gilbert Newton Lewis (1875-1946) definiu que nas ligações químicas os ácidos são substâncias que recebem pares de elétrons, enquanto as bases cedem esses pares eletrônicos.

Leia sobre Ionização.

Características dos Ácidos

  • Incolor
  • Odor forte e asfixiante
  • Sabor azedo, ácido ou amargo
  • pH inferior a 7
  • Estado físico: líquido
  • Baixo ponto de fusão e ebulição
  • Conduzem eletricidade em meio aquoso
  • Reagem com metais (ferro, magnésio, zinco)

Potencial Hidrogênio Iônico (PH)

O pH ou potencial hidrogeniônico é uma escala de 0 a 14 que determina se a solução é ácida ou básica. Nesse sentido, as substâncias que variam entre pH 0 e pH 7 são consideradas ácidos, enquanto que as substâncias que possuem O pH entre 8 e 14 são chamadas de bases. Além disso, as concentrações que possuem Ph 7 determinam um pH neutro.

Assim, para identificar se as substâncias são ácidas ou básicas (alcalinas) utilizam-se os chamados “Indicadores”, que alteram a cor de certas substâncias, ou seja, eles têm a propriedades de mudar de cor conforme o caráter ácido ou básico das soluções. Exemplos mais conhecidos deIndicadores de ácidos e bases são: o tornassol e a fenolftaleína.

Leia também: O que é pH?

Tipos de Ácidos

Os ácidos são classificados em orgânicos e inorgânicos:

  1. Orgânicos: substâncias que fazem parte da nossa alimentação como o ácido cítrico (laranja, limão, acerola), ácido málico (maçã), ácido tartárico (uva), ácido acético (vinagre), ácido carbônico (bebidas gaseificadas), dentre outros.
  2. Inorgânicos: Os ácidos inorgânicos fazem parte do rol de substâncias impróprias para o consumo humano como os ácidos perigosos: ácido sulfúrico (H2SO4), ácido cianídrico (HCN), ácido clorídrico (HCl), ácido fluorídrico (HF), ácido nítrico (HNO3).

Exemplos de Ácidos

  • Ácido acético (CH3 - COOH)
  • Ácido sulfúrico (H2SO4)
  • Ácido clorídrico (HCl)
  • Ácido fluorídrico (HF)
  • Ácido nítrico (HNO3)
  • Ácido fosfórico (H3PO4)
  • Ácido carbônico (H2CO3)

Curiosidade

A palavra “ácido” vem do latim “acidus” que significa azedo.

Saiba mais sobre Química Inorgânica e Ácidos e Bases.