Íon, Cátion e Ânion

Lana Magalhães

O íon é definido como um átomo eletrizado que ganhou ou perdeu elétrons. Já o cátion e o ânion são considerados íons.

Cátion

Os cátions, são normalmente formados por metais alcalinos (família IA) e metais alcalinos terrosos (família IIA) da tabela periódica.

Eles apresentam carga positiva, na medida em que perdem um ou mais elétrons (ionização), resultando, assim, num número de prótons superior em relação ao número de elétrons.

Tipos de Cátions

  • Os cátions que apresentam carga +1 são chamados de monopositivos;
  • Os cátions que possuem a carga +2 são denominados de dipositivos;
  • Os cátions que apresentam carga +3 recebem o nome de tripositivos;
  • Os cátions que apresentam carga +4 são os tetrapositivos.

Exemplos de Cátions

  • Na+1 (sódio)
  • K+1 (potássio)
  • Mg+2 (magnésio)
  • Ca+2 (cálcio)
  • Zn+2 (zinco)
  • Al+3 (alumínio)
  • Pb+4 (chumbo)

Ânion

Os ânions, por sua vez, possuem carga negativa, pois recebem um ou mais elétrons, resultando num maior número de elétrons em relação ao número de prótons.

Tipos de Ânions

  • Os ânions monovalentes possuem carga -1;
  • Os ânions bivalentes possuem carga -2;
  • Os ânions trivalentes possuem carga -3;
  • Os ânions tetravalentes possuem carga -4.

Exemplos de Ânions

  • Cl-1 (cloro)
  • Br-1(Bromo)
  • F-1(flúor)
  • O-2 (oxigênio)
  • S-2 (enxofre)
  • N-3 (nitrogênio)

Teoria do Octeto

Segundo a “Teoria do Octeto”, os átomos possuem a tendência de se estabilizarem e ficarem neutros (mesma quantidade de prótons e nêutrons). Ou seja, com oito elétrons na última camada eletrônica (camada de valência).

Para isso, os íons, se unem à outros átomos a fim de buscar a neutralidade.

Exemplo

Na ligação iônica que ocorre entre íons positivos e negativos, o Na+1 (cátion) quer doar um elétron e o Cl-1 (ânion) quer receber um elétron.

Ao se ligarem, formam o cloreto de sódio, NaCl (sal de cozinha).

Curiosidade

O termo íon, provêm do grego “ion”, e significa “o que vai, indo”. Da mesma maneira, os termos “ânion" e “cátion” provém do grego, onde ânion significa “o que vai para cima” e o cátion “o que vai para baixo”.

Leia também:

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.