Antígenos

Lana Magalhães

Antígeno é toda substância estranha ao organismo que desencadeia a produção de anticorpos.

Geralmente, é uma proteína ou um polissacarídeo. Podem ser encontrados nos envoltórios de vírus, bactérias, fungos, protozoários e vermes parasitas.

Antígeno e Anticorpo

O funcionamento do sistema imunológico baseia-se nas relações antígeno e anticorpo.

O sistema imunológico responde ao antígeno produzindo uma substância chamada de anticorpo, que é específica para aquele antígeno. O anticorpo tem a função de eliminar os antígenos.

A reação entre o antígeno e o anticorpo segue o modelo chave-fechadura, devido à sua especificidade. Cada anticorpo produzido é capaz de reconhecer e ligar-se especificamente aos antígenos que estimulam a sua formação.

Ao longo da vida são produzidos diferentes anticorpos em respostas aos antígenos com os quais se entra em contato.

Para saber mais, leia: Anticorpos

Tipos de Antígenos

  • Antígenos T-independentes: são antígenos que podem estimular diretamente os linfócitos B a produzirem anticorpos, sem a necessidade de linfócitos T auxiliares.

Exemplo: Polissacarídeos são antígenos T-independentes.

  • Antígenos T-dependentes: são aqueles que não estimulam diretamente a produção de anticorpos sem a ajuda dos linfócitos T.

Exemplo: Proteínas são antígenos T-dependentes.

Como diferenciar imunógeno, antígeno e hapteno?

Para isto, você deve conhecer as seguintes definições:

  • Imunógeno (antígeno completo): é uma substância capaz de suscitar resposta imune específica, bem como memória imunológica;
  • Antígeno: é uma substância que reage com os produtos de uma resposta imune específica;

Lembre-se, todo o imunógeno é um antígeno, mas nem todo o antígeno é imunógeno. Para isso, o antígeno precisa ser associado a um imunógeno para desencadear uma resposta imune.

  • Hapteno: é uma substância não imunogênica, ou seja, não desencadeia resposta imune, mas que pode reagir com produtos de uma resposta imune específica. São moléculas pequenas e incapazes de suscitar uma resposta imune sozinhas, necessitando de proteínas. Devem ligar-se quimicamente a portadores proteicos para suscitar uma resposta em anticorpos.

Quer saber mais? Leia também: Sistema imunológico e Sistema ABO e Fator R

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.