Apêndice


O apêndice é uma pequena extensão tubular que termina em fundo cego. Ele localiza-se no ceco, a primeira porção do intestino grosso. O seu tamanho é de aproximadamente 10 cm.

Localização do apêndiceO apêndice fica na região inferior direita do abdômen

Ele recebe também outras denominações como: apêndice cecal, apêndice vermiforme e apêndice vermicular.

Para que serve o apêndice?

Por muito tempo buscou-se entender a função do apêndice no organismo.

Hoje, sabe-se que ele serve de abrigo para bactérias intestinais que auxiliam na digestão e evitam infecções.

Além disso, em seu interior existe uma grande concentração de linfócitos, células de defesa. Isso indica que o apêndice tem alguma relação com o sistema imunológico. Os linfócitos começam a se acumular no apêndice logo após o nascimento do indivíduo.

Entretanto, se o apêndice for retirado, a sua ausência não causa nenhum prejuízo, anomalia ou deficiência ao organismo.

Enquanto as funções do apêndice não eram conhecidas, ele foi considerado um órgão vestigial. Os órgãos vestigiais são aqueles que com a evolução ficaram fora de uso devido à adaptação aos novos estilos de vida, diferentes dos antepassados mais primitivos.

Leia também:

Apendicite

A apendicite é a inflamação do apêndice.

As suas causas ainda não são bem esclarecidas. Porém, acredita-se que a obstrução do intestino com fezes ou gordura resulte no desenvolvimento da inflamação e inchaço do apêndice.

Os sintomas da apendicite são:

  • Dor abdominal, inicialmente ao centro do abdômen e com o tempo mais intensa em seu lado inferior direito
  • Vômitos
  • Náuseas
  • Febre
  • Perda de apetite

Em alguns casos, o apêndice pode se romper, trazendo um alívio momentâneo das dores. Entretanto, após isso, o quadro pode se agravar e os sintomas tornarem-se mais intensos.

Nos quadros de apendicite é comum a retirada do órgão através de cirurgia e o uso de antibióticos.

Estima-se que 1 em cada 13 pessoas desenvolvam a apendicite em algum momento da vida.