Desperdício de Água


O desperdício de água tem sido um fator gerador e determinante de alguns problemas ambientais que o mundo vem enfrentando nas últimas décadas.

E por isso, a preservação bem como o uso racional da água é um dos assuntos mais recorrentes desse século, visto os impactos ambientais que o planeta vem sofrendo.

O desperdício de água é derivado do mal-uso desse recurso e do consumo industrial, comercial, residencial e agrícola.

Ainda que a maior parte do nosso planeta seja constituído (cerca de 2/3 da superfície terrestre) por água, vale atentar que a grande parte é proveniente dos oceanos, ou seja água salgada imprópria para o consumo.

No total, somente 3% está disponível para o consumo, ou seja, uma parcela mínima. Quanto a isso, processos de dessalinização da água tem sido uma alternativa interessante para as populações.

Visto sua importância para a humanidade, em 1922 foi criado pelo ONU (Organização das Nações Unidas) o Dia Mundial da Água, comemorada dia 22 de março por todos os países do mundo.

A Importância da Água

A água é um dos elementos essenciais para o desenvolvimento do nosso planeta e sociedade. Todos nós precisamos de água para viver: beber, cozinhar, lavar, se banhar, etc. Os animais também necessitam e água para realizar diversas funções vitais.

Nesse sentido, fica claro que a água é um dos mais importantes bens naturais que possuímos e a falta dessa fonte de vida pode gerar diversos problemas a nossa saúde.

Além da escassez, a poluição das águas gera diversas doenças que pode levar a morte dos seres vivos.

Leia: A Importância da Água

Desperdício de Água no Brasil

Cerca de 12% da água doce disponível no mundo está concentrada no Brasil. Por possuir uma dimensão continental, o país detém uma grande quantidade de recursos hídricos, que abriga um grande conjunto de rios, lagos e aquíferos.

Entretanto, o Brasil é um país que apresenta grandes problemas de desperdício de água uma vez que sofre com a falta de fiscalização.

Assim, embora possua grande parte da água doce do planeta, a distribuição desses recursos no país é desigual, de forma que muitos lugares sofrem com a escassez de água, por exemplo a região nordeste do país.

Embora as regiões que possuam elevada densidade populacional abriguem melhores condições com sistemas de água e esgoto, nas últimas décadas vem apresentando problemas como a escassez de água, causada pelo desperdício e a falta de consciência ambiental.

O desperdício de água pode ser gerado de diversas maneiras, seja pelos cidadãos (deixar a torneira ligada enquanto escova os dentes, ou tomar banho muito demorado) ou por parte das grandes empresas.

As indústrias e empresas de agronegócios do país são responsáveis por mais de 70% do consumo de água.

As empresas ligadas a agricultura são os grandes vilões do desperdício de água uma vez que para produzir grande quantidade de alimento é necessário utilizar muita água para irrigação.

Para ter ideia, são necessários 600 litros de água para um quilo de cana-de-açúcar.

Ademais, no sistema de abastecimento de água, grande parte é perdida, por exemplo, por problemas nas tubulações e falhas técnicas causadas pela falta de manutenção.

Segundo pesquisas, cerca de 40% da água tratada do país é desperdiçada, enquanto em países desenvolvidos a média é de 15% de perda, por exemplo, o Japão e os Estados Unidos.

A pecuária e a criação de animais também são muito dispendiosas uma vez que dependem de imensas quantidades de água. Note que para produzir 1 kg de carne bovina são necessários 15.000 litros de água.

Tanto os cidadãos quanto as empresas devem pensar em modos de evitar o desperdício de água no país, como por exemplo aproveitar a água da chuva para realizar diversos trabalhos.

Muitas empresas vêm atentando para esse problema (desenvolvimento sustentável) e investindo em ações que causem menor impacto para o ambiente.

Leia sobre a Crise hídrica no Brasil.

Como Evitar o Desperdício de Água?

Para evitar o desperdício de água é muito importante que tenhamos uma consciência ambiental. Desse modo, ações educativas dentro das escolas, trabalho, comunidade tem sido cada vez mais desenvolvidas, no entanto, pequenas ações cotidianas podem evitar o desperdício desse bem tão precioso.

Segue abaixo algumas dicas para que a água seja usada de modo racional nas residências, ou seja, o uso da quantidade estritamente necessária para viver:

  • Verificar as torneiras e os possíveis vazamentos
  • Diminuir o tempo do banho
  • Puxe a descarga somente o tempo necessário
  • Lavar a louça e escovar os dentes com a torneira desligada
  • Reaproveite a água da chuva para lavar o quintal e aguar as plantas

Saiba mais: