Dia da Bandeira

Juliana Bezerra

O Dia da Bandeira Nacional é comemorado em 19 de novembro e esta data não é feriado no Brasil.

Esta data foi escolhida, pois foi dia 19 de novembro de 1889, que se oficializou o novo desenho da nova bandeira da República, pelo Decreto Lei nº 4.

Origem da Bandeira do Brasil

Bandeira do Brasil

A escolha de uma nova bandeira para representar o país simbolizava o momento histórico, as conquistas e a forma de governo da nova república federativa.

Num primeiro momento, a bandeira do Brasil republicano era uma versão da bandeira dos Estados Unidos nas cores verde e amarelo.

O modelo não agradou a maioria dos políticos. Por isso, volta-se ao antigo desenho, inspirado na Bandeira Imperial que havia sido feita por Jean-Baptiste Debret.

Deste modo, a bandeira republicana foi criada por Raimundo Teixeira Mendes (1855-1927) e por Miguel de Lemos (1854-1917), e executada pelo pintor Décio Vilares (1851-1931).

Comemorações do Dia da Bandeira Nacional

Em Brasília (DF) no dia da comemoração, após o Hino à Bandeira, a maior Bandeira Nacional do país, de 280 metros quadrados, é hasteada no mastro da Praça dos Três Poderes.

Segundo a Constituição, a Bandeira Nacional, símbolo máximo do país, é hasteada pela manhã nos órgãos públicos, escolas, secretarias de governo, etc., e arriada pela tarde de forma que não deve ficar hasteada pela noite. Caso isso aconteça, a bandeira nacional deve estar iluminada.

Hino à Bandeira Nacional

O Hino à Bandeira Nacional foi escrito pelo poeta parnasiano Olavo Bilac (1865-1918). A música é de Francisco Braga (1868-1945) e foi apresentada pela primeira vez em 1906, no Rio de Janeiro.

Salve lindo pendão da esperança!
Salve símbolo augusto da paz
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.

Refrão

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil ,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

Em teu seio formoso retratas
Este céu de puríssimo azul,
A verdura sem par destas matas,
E o esplendor do Cruzeiro do Sul.
(Refrão)

Contemplando o teu vulto sagrado,
Compreendemos o nosso dever,
E o Brasil por seus filhos amado,
poderoso e feliz há de ser!
(Refrão)

Sobre a imensa nação brasileira,
Nos momentos de festa ou de dor,
Paira sempre sagrada bandeira,
Pavilhão da justiça e do amor!
(Refrão)

Bandeira do Brasil

Bandeira brasileira

Os quatro símbolos nacionais oficiais da República Federativa do Brasil são: Bandeira Nacional, Hino Nacional, Brasão da República e Selo Nacional.

A Bandeira do Brasil se constitui de um retângulo verde, no qual está sobreposto um losango amarelo e um círculo azul. Nela consta uma faixa branca com o lema positivista “Ordem e Progresso”.

No círculo azul estão 27 estrelas que representam os 26 estados e o Distrito Federal. Sua disposição na Bandeira do país corresponde ao desenho da constelação Cruzeiro do Sul na cidade do Rio de Janeiro na noite do dia 15 de novembro de 1889.

Atividades para o Dia da Bandeira Nacional

Nesse dia é muito comum as escolas realizarem eventos e apresentações com o tema da bandeira do Brasil. Geralmente, hasteiam a bandeira pela manhã e arriam pela tarde. Além disso, os alunos e professores podem cantar em uníssono o Hino da Bandeira.

Na educação infantil, as crianças desenham e pintam a Bandeira do Brasil e podem realizar jogos com o tema.

O professor ou os alunos podem apresentar a data e sua importância e ainda apresentar os outros símbolos nacionais e sua simbologia.

Curiosidades

  • Quando a bandeira nacional fica velha, suja ou rasgada, deve ser substituída por uma nova, sendo recolhida por uma unidade militar, que providenciará a sua queima no dia 19 de novembro.
  • Vexilologia (do latim, “vexillum”) é a ciência que estuda as bandeiras, insígnias, estandartes, brasões e refere-se ao nome do estandarte romano utilizado no período clássico: o vexilo. Além disso, quem estuda as bandeiras é o “vexilologista” e a pessoa encarregada de desenhar as bandeiras é chamado “vexilógrafo”.
  • Nesse mesmo dia é comemorado em diversos países o Dia Internacional do Homem.

Leia mais:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.