Dia da Bandeira: 19 de novembro

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora licenciada em Letras

O Dia da Bandeira Nacional, 19 de novembro, comemora a data em que foi oficializado o desenho da nova bandeira do Brasil após a Proclamação da República. O Dia da Bandeira não é feriado.

A escolha de uma nova bandeira para representar o país simbolizava o momento histórico, as conquistas e a forma de governo da nova república federativa.

Bandeira brasileira
Bandeira nacional do Brasil

Bandeira do Brasil

A Bandeira do Brasil se constitui de um retângulo verde, no qual está sobreposto um losango amarelo e um círculo azul. Nele consta uma faixa branca com o lema positivista “Ordem e Progresso”.

No círculo azul estão 27 estrelas, que representam os 26 estados e o Distrito Federal. Sua disposição na Bandeira do país corresponde ao desenho da constelação Cruzeiro do Sul na cidade do Rio de Janeiro na manhã do dia 15 de novembro de 1889, dia da Proclamação da República.

A atual bandeira do Brasil foi oficializada através do Decreto n.º 4, de 19 de novembro de 1889.

Num primeiro momento, a bandeira do Brasil republicano era uma versão da bandeira dos Estados Unidos nas cores verde e amarelo. Mas, o modelo não agradou à maioria dos políticos, que assim buscaram inspiração na Bandeira Imperial que havia sido feita por Jean-Baptiste Debret.

A bandeira republicana foi criada por Raimundo Teixeira Mendes (1855-1927) e por Miguel de Lemos (1854-1917), e executada pelo pintor Décio Vilares (1851-1931).

Comemorações do Dia da Bandeira Nacional

No Dia da Bandeira, em Brasília (DF), depois de tocar o Hino à Bandeira, a maior bandeira nacional do país é hasteada no mastro da Praça dos Três Poderes. Essa bandeira mede 280 metros quadrados.

Segundo a Constituição, a Bandeira Nacional, que é o símbolo máximo do país, é hasteada pela manhã nos órgãos públicos, escolas, secretarias de governo, etc. À tarde, ela é arriada, de forma a não ficar hasteada pela noite. Caso isso aconteça, a bandeira nacional deve estar iluminada.

Hino à Bandeira Nacional

O Hino à Bandeira Nacional foi escrito pelo poeta parnasiano Olavo Bilac (1865-1918). A música é de Francisco Braga (1868-1945) e foi apresentada pela primeira vez em 1906, no Rio de Janeiro.

Salve, lindo pendão da esperança,
Salve símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.

Refrão:
Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

Em teu seio formoso retratas
Este céu de puríssimo azul,
A verdura sem par destas matas,
E o esplendor do Cruzeiro do Sul.

(Refrão)

Contemplando o teu vulto sagrado,
Compreendemos o nosso dever,
E o Brasil, por seus filhos amado,
poderoso e feliz há de ser.

(Refrão)

Sobre a imensa Nação Brasileira,
Nos momentos de festa ou de dor,
Paira sempre sagrada bandeira,
Pavilhão da justiça e do Amor!

(Refrão)

Atividades para o Dia da Bandeira Nacional

Nesse dia é muito comum as escolas realizarem eventos e apresentações com o tema da bandeira do Brasil. Algumas sugestões:

  • Hastear a Bandeira Nacional pela manhã e arriá-la pela tarde, cantando os Hino da Bandeira.
  • Na educação infantil, preparar uma série de desenhos para que as crianças possam montar, desenhar e pintar a Bandeira do Brasil. Igualmente, realizar um jogo de perguntas e repostas sobre a bandeira do Brasil.
  • Mostrar aos alunos as diferentes bandeiras que o Brasil já possuiu. Também vale pedir aos alunos que apresentem os outros símbolos nacionais e seus significados.

Curiosidade sobre a Bandeira do Brasil

Quando a bandeira nacional fica velha, suja ou rasgada, deve ser substituída por uma nova. A bandeira a substituir é recolhida por uma unidade militar, que providencia a sua queima no dia 19 de novembro.

Leia também:

Bandeira do Brasil

Hino à Bandeira

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos (habilitação para Ensino Fundamental II e Ensino Médio) e formada no Curso de Magistério (habilitação para Educação Infantil e Ensino Fundamental I).