Dia do Circo


O Dia do Circo é comemorado em 27 de março no Brasil. A importância da data reside no fato de valorizar a arte circense e também seus integrantes como os palhaços, os malabaristas, os trapezistas, os acrobatas, os contorcionistas, os equilibristas e os mágicos.

Lembre-se que o circo é formado por uma grande estrutura de lona colorida. No interior, encontramos arquibancadas com o picadeiro circular no centro onde acontecem diversos espetáculos.

Origem da data

Estrutura do Circo

A data foi criada em homenagem ao palhaço brasileiro Abelardo Silva, conhecido como Piolin. Ele nasceu dia 27 de março de 1897 no circo que estava armado na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Seu crescimento ocorreu dentro do circo, pois seus pais eram artistas circenses. Foi criador do circo do Piolin, que trabalhou cerca de 30 anos.

Abelardo faleceu na cidade de São Paulo, em 4 de setembro de 1973 com 76 anos. Além de ter tido um reconhecimento internacional, seu trabalho inspirou muitos outros palhaços no Brasil e no mundo.

Embora sua atividade mais conhecida seja como palhaço, ele foi um artista múltiplo pois também era malabarista, contorcionista, mímico e músico no circo.

Curiosidades sobre o palhaço Piolin

Piolin
Palhaço Piolin
  • Washington Luís (1869-1957), ex-presidente do Brasil, foi um de seus grandes admiradores.
  • O nome artístico Piolin é um apelido que ele recebeu dos espanhóis. O termo significa “barbante” em espanhol e está relacionado com suas características físicas, pois ele era muito magro e tinha pernas bem compridas.
  • Piolin foi homenageado na Semana de Arte Moderna de 1922. Para os organizadores do evento, o palhaço era um exemplo de artista genuinamente brasileiro e figura singular da cultura popular do Brasil. Isso porque ele era um artista muito engajado e grande divulgador da arte.
  • Abelardo foi membro da Academia de Artes e Letras de Ribeirão Preto ocupando a cadeira número 29. Mais de 20 anos após sua morte, o local foi ocupado por Jair Yanni, autora do livro “Piolin - A trajetória iluminada do maior palhaço brasileiro” lançado em 2007.
  • Em homenagem a um dos maiores palhaços do mundo, o projeto do arquiteto e artista plástico Roberto Bergamo foi de ilustrar a vida de Piolin numa praça, no Jardim Califórnia, em Ribeirão Preto. No local há painéis sobre a vida do artista acompanhados de frases do livro “Piolin - A trajetória iluminada do maior palhaço brasileiro
  • Nessa mesma data é comemorado o Dia Mundial do Teatro, desde 1961, quando foi estabelecida pelo “Instituto Internacional do Teatro”.
Praça Piolin
Vista aérea da praça em homenagem à Piolin, em Ribeirão Preto

História do Circo

A história do circo é bem mais antiga do que imaginamos, pois, esse conceito já foi encontrado em estudos da Antiguidade.

Acredita-se que gregos, romanos, egípcios, chineses e indianos já praticavam algumas atividades que hoje relacionamos com a arte circense.

Na Roma antiga, destaca-se o “Circo Máximo” (circus maximus), uma grande arena onde aconteciam apresentações de jogos e de entretenimento para uma plateia de cerca de 150 mil pessoas. Hoje, restam somente algumas ruínas que provam sua existência.

Reprodução do Circo Máximo, em Roma
Reprodução do Circo Máximo, em Roma

No entanto, foi no século XVIII na Inglaterra que o circo, tal qual conhecemos hoje, ganhou vida e se espalhou pelo mundo. No Brasil, o circo chegou quase 100 anos depois por meio de imigrantes europeus.

Comemorações

Muitas atividades acontecem no Dia do Circo seja na cidade, ou nas escolas. A ideia é homenagear essa arte e, portanto, muitos artistas circenses fazem apresentações e são convidados para fazerem entrevistas seja na rádio ou na televisão local.

Apresentação de teatro e circo de rua do Núcleo Pavanelli
Apresentação de teatro e circo de rua do Núcleo Pavanelli

Há grupos que organizam eventos para crianças carentes, para os anciãos de um asilo, ou mesmo para as crianças de uma escola.

Atividades nas Escolas

Na educação infantil é comum as crianças pintarem figuras do circo como palhaços, malabaristas e mágicos. Alguns optam por fazerem apresentações com os professores e os pais.

Há educadores que escolhem algo mais simples, como ler histórias sobre o circo para os alunos ou mesmo assistirem vídeos. Além disso, algumas escolas visitam um circo e as crianças recebem lembrancinhas feitas pelos educadores.

Comemoração do Dia do Circo na Escola Espaço do Infantil na cidade de Patos, Paraíba
Comemoração do Dia do Circo na Escola Espaço do Infantil na cidade de Patos, Paraíba

Para que a atividade seja ainda mais interessante, alguns locais convidam mágicos e palhaços para interagirem com as crianças. A ideia é ter um dia diferente e bem divertido com os alunos, ao lado dos grandes representantes do circo.

Abaixo listamos algumas ideias para os educadores da educação infantil:

  • Contar histórias para as crianças
  • Assistir vídeos de circo
  • Fazer máscaras de palhaços com os alunos
  • Desenhar e pintar figuras do circo
  • Realizar uma apresentação teatral