Guerra dos Sete Anos


A Guerra dos Sete Anos durou de 1756 a 1763 e foi um conflito entre a Inglaterra e França. A principal consequência do conflito foi a Independência dos Estados Unidos (1783), deflagrada pelo descontentamento com as imposições da Inglaterra sobre a colônia americana como forma de restaurar as perdas econômicas ocorridas durante a guerra.

A guerra se espalhou por três continentes e foi travada tanto na Europa como na América, Caribe e Índia. Por isso, é considerada o primeiro conflito mundial. Isso ocorria, também, porque os conflitos ultramarinos refletiam diretamente nas colônias.

Havia duas frentes principais de guerra. A primeira frente, na Europa, era a hostilidade entre a Prússia e a Áustria ainda não resolvida após a Guerra da Sucessão Austríaca e que se expandiu por meio de alianças que envolveram todo o continente.

A segunda frente do conflito era a rivalidade colonial entre a Grã-Bretanha, França e Espanha. Devido a esse ponto, a Guerra dos Sete Anos ficou conhecida na América como Guerra Franco-indígena e começa anos antes, em 1754 na batalha pelo controle do Vale de Ohio.

A Espanha apoiava a França e Portugal conseguiu-se manter neutro durante algum tempo, até a ameaça do rei Luis XV de invadir o Brasil e ocupar os portos no Rio de Janeiro.

Guerra dos Sete AnosLinha do Tempo da Guerra dos Sete Anos

Causas

O início da Guerra dos Sete Anos em si começa entre agosto e outubro de 1757, quando Frederico II, da Prússia, invade e derrota a Saxônia. Em janeiro de 1757, o Sacro Império Romano, que era liderado por Maria Teresa de Habsburgo, imperatriz da Áustria, declara guerra à Prússia. No Caribe, ocorrem batalhas navais entre a Marinha Real Inglesa contra a Espanhola e a Francesa.

Houve intensas batalhas nas regiões da Silésia, Boêmia e Saxônia, que são regiões fronteiriças entre a Prússia e Áustria.

Independência dos Estados Unidos

A Inglaterra saiu vencedora do conflito, mas afetada por uma grave crise financeira. Por este motivo, intensifica os impostos sobre os americanos, que aumentavam as receitas em consequência do comércio com a França.

A participação nas batalhas, contudo, fortalece a formação militar e a consciência política das colônias, que passam a rejeitar as pressões inglesas e articulam o movimento de independência nos Estados Unidos.

Leia também: As Treze Colônias e a Formação dos Estados Unidos e Tratado de Paris.

Fim do Conflito

O fim da guerra ocorreu em fevereiro de 1763, com a assinatura do tratado de Hubertusburgo e cujo principal termo era o reconhecimento por parte da Áustria da soberania da Prússia sobre regiões conquistadas anteriormente.

Consequências da Guerra dos Sete Anos

  • França cede o Canadá e parte das Antilhas.
  • Os franceses cedem o Mississippi à Espanha.
  • Espanha entrega a Flórida para os Ingleses.