Heráclito

Juliana Bezerra

Heráclito, conhecido como “o obscuro”, foi um pensador e filósofo pré-socrático considerado o “Pai da Dialética”.

Biografia de Heráclito

Heráclito de Éfeso, nasceu na cidade de Éfeso, por volta de 540 a.C., antiga colônia grega, região da Jônia na Ásia Menor, atual Turquia.

Heráclito

Filho de nobres, pertencia à família real da cidade. Personalidade forte, Heráclito não apreciava a vida pública e se afastou de temas como arte e religião.

Diante disso, passou grande parte de sua vida introspectivo com seu jeito orgulhoso e esnobe, sendo muito criticado pelo seu povo.

Com isso, passa a viver nas montanhas, afastado de todos e aperfeiçoando suas teorias.

Filosofia de Heráclito

Como Tales de Mileto, Heráclito acreditava no princípio único abalizado na “Filosofia Unitarista”, cujo princípio estava fundamentado na unidade elementar e, no caso de Heráclito, o elemento fogo. Segundo ele,

Tudo provem do Um e o Um provem do Todo”.

O filósofo baseava suas ideias na lei fundamental da natureza, de modo que, segundo ele, “Tudo flui” e “Nada é permanente, exceto a mudança”.

A partir disso, acreditava que tudo o que existe está em permanente mudança ou transformação, conceito denominado “Devir” (tornar-se, do vir-a-ser), sujeitas ao “logos” (razão ou lei).

Tendo em vista seus conceitos, foi o criador do pensamento dialético, a doutrina dos contrários, onde, das contradições, surgem a unidade dialética.

Em resumo, a dialética propõe a busca da verdade através da relação entre dois conceitos opostos, numa relação de interdependência.

Por exemplo, a escuridão somente existe pois o conceito de luz é seu oposto, onde um não existe sem o outro.

Assim, Heráclito, pai da dialética, afirma que todas as coisas por meio da dualidade, cujo o "logos" é sua resultante, ou seja, o conhecimento nascido desse embate.

Frases de Heráclito

  • Ninguém entra em um mesmo rio uma segunda vez, pois quando isso acontece já não se é o mesmo, assim como as águas que já serão outras.”
  • Paremos de indagar o que o futuro nos reserva e recebamos como um presente o que quer que nos traga o dia de hoje.
  • Muito estudo não ensina compreensão.”
  • A sabedoria é a meta da alma humana; mas a pessoa, à medida que em seus conhecimentos avança, vê o horizonte do desconhecido cada vez mais longe.
  • A guerra é mãe e rainha de todas as coisas; alguns transforma em deuses, outros, em homens; de alguns faz escravos, de outros, homens livres.”
  • Sabedoria consiste em falar e agir da verdade. Aprendizagem muito não ensina compreensão. Todas as coisas vêm a seu tempo devido. O sol é novo a cada dia.”
Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.