Ilha de Páscoa: características, história e mistérios

A Ilha de Páscoa (também chamada de Rapa Nui) é um território do Chile (na região de Valparaíso) que está localizado no sul do Oceano Pacífico.

Trata-se de uma ilha vulcânica triangular com área aproximada de 170 Km2, 24 Km de comprimento e 12 Km de largura.

Popularmente, a Ilha de Páscoa é chamada de Ilha Grande, Umbigo do Mundo ou Olhos Fixos no Céu, uma vez que está longe dos continentes e abriga diversos mistérios.

Sua capital é Hanga Roa, onde vivem a maior parte de seus habitantes (80%). No total, cerca de 4 mil habitantes vivem na ilha.

Antes de ser território do Chile, em 1888, ela estava sob domínio espanhol desde 1770.

Onde fica a Ilha de Páscoa?

Localizada na Polinésia Oriental, distando 3.700 km da costa oeste do Chile e 4 mil km do Taiti, a Ilha de Páscoa é considerada o local mais isolado do mundo.

mapa ilha de Páscoa

História da Ilha de Páscoa

A Ilha de Páscoa surgiu de erupções vulcânicas que ocorreram há 3 milhões de anos atrás. Cerca de 4 vulcões foram responsáveis, os quais atualmente, estão inativos.

Provavelmente, algumas civilizações habitaram o local, antes de ser descoberto pelo almirante holandês Jacob Roggeven. Ele encontrou o local no domingo de Páscoa de 1772 e, por isso, recebe esse nome. É possível que tenha sida habitada primeiramente por polinésios vindos da Ásia.

Antes da chegada dos espanhóis, a civilização que habitava o local era chamada de Rapa Nui. Eles possuíam uma escrita em hieróglifos chamada de rongo-rongo ou rongorongo. Até os dias de hoje, nenhum pesquisador conseguiu decifrar tal língua.

Teorias apontam que os povos que ali viviam cultivavam o solo, pescavam, até o momento em que o solo ficou empobrecido, além das florestas sumirem, fatores que dificultaram a sobrevivência no local. Estima-se que cerca de 15 mil habitantes habitavam a ilha, antes das antigas civilizações entrarem em colapso.

O "Culto ao Homem Pássaro" representava um dos rituais que ocorria com diversos habitantes da ilha. Depois de percorrer encostas e nadar até uma pequena ilha nas proximidades, quem trouxesse o ovo intacto, seria eleito para governar durante aquele ano.

Mistérios da Ilha de Páscoa: Curiosidades

A Ilha de Páscoa envolve diversos mistérios, sobretudo sobre os habitantes que viviam ali. O misticismo está associado a essa pequena ilha que apresenta um formato triangular e ainda, possui uma cratera vulcânica em cada ponta.

Não se sabe ao certo porque a civilização desapareceu e nem como construíram os quase 900 Moais, imensas estátuas com formas humanas esculpidas em pedra vulcânica que estão espalhados pela ilha, fato que até hoje atrai milhares de estudiosos e turistas todos os anos. Estima-se que eles foram construídas por volta de 1200 d.C. a 1500 d.C. pelo povo Rapanui.

As Estátuas da Ilha de Páscoa, chamados de Moais, é uma das mais importantes caraterísticas do local. Construídas com rochas vulcânicas, essas gigantescas esculturas apresentam entre 3 e 20 metros de altura, e seu peso pode chegar a toneladas.

Moais na Ilha de Páscoa
Moais na Ilha de Páscoa

O Ahu Tongariki, é um dos locais da ilha em que reuni uma sequência de 15 moais de costas para a praia Hotu'iti, considerado o maior monumento de todo o Pacífico Sul.

A grande questão que recai sobre esse mistério é que antigamente não existiam máquinas para transportar tais pedras e ainda, o local apresenta um terreno irregular e acidentado. Provavelmente, essas imensas pedras tenham sido transportadas em troncos.

Desde então, muitos estudiosos tentam compreender as façanhas dos povos que ali viviam, uma vez que os Moais estão espalhados pela ilha. Todavia, ainda não foi possível encontrar uma resposta para sua construção. Alguns habitantes creem que eles foram transportados por um poder sobrenatural.

Não se sabe ao certo porque foram construídos, sendo que a maior parte deles estão de costa para o mar. Alguns estudiosos acreditam que eram feitos para proteger as civilizações que habitavam a ilha.

Curioso notar também que apenas um dos moais possui cabeça arredondada e abaixada, enquanto os outros seguem um padrão de rostos mais retangulares e postura ereta. Muitas estátuas dos moais estavam enterradas, e, portanto, foram feitas diversas escavações que revelaram seus corpos.

Turismo na Ilha de Páscoa

O turismo é a uma das mais importantes atividades realizadas na ilha, pois além de apresentar belas praias, sua história atraia milhares de visitantes. As terras são áridas, o clima é um pouco frio e suas águas são geladas.

Atualizado em