Imperialismo e Colonialismo


Colonialismo ou colonização foi a ocupação de territórios na América e na costa africana por Portugal, Espanha, Inglaterra e França, nos séculos XIV e XV.

Imperialismo é um conceito criado por Lenin para caracterizar a expansão territorial de alguns países do continente europeu, Estados Unidos e Japão a territórios da América, África e Ásia, nos séculos XIX e XX.

Imperialismo

A ideia principal do imperialismo – um povo ou nação que domina outro território – existiu desde os tempos mais remotos.

Desde a Antiguidade, civilizações com mais recursos buscavam invadir terras alheias a fim de garantirem mão de obra, matéria-prima e passagem para seus exércitos.

Podemos citar o Império Egípcio e o Império Romano como exemplos.

Imperialismo no Século XIX

Choque de civilizações
Alegoria inglesa mostrando a conquista da "civilização" sobre o "barbarismo" africano

O conceito de imperialismo que explicamos aqui é o criado por Lenin (1870-1924) na sua obra “Imperialismo: etapa superior do capitalismo”, de 1917.

Neste livro, ele analisava a moderna dominação de países europeus industrializados sobre territórios africanos e asiáticos.

Segundo Lenin, o imperialismo era uma consequência do crescimento industrial. Os países produziam tanto que o mercado interno ficava reduzido e era preciso buscar outros lugares para vender os excedentes.

Também era necessário encontrar fornecedores de matéria-prima para as indústrias que requeriam cada vez mais recursos.

Da mesma maneira, o número de desempregados aumentava com o progresso tecnológico e ir para esses territórios era uma chance de encontrar trabalho.

Vemos que a expansão imperialista trazia soluções para os problemas criados com a Segunda Revolução Industrial. No entanto, para aqueles que foram subjugados, as dificuldades só estavam começando.

Diferenças entre Colonialismo e Imperialismo

Dono de plantação e escravos
Ilustração criticando a dolência dos fazendeiros ingleses na Jamaica

Imperialismo e colonialismo apresentam muitas semelhanças, mas não são sinônimos.

O colonialismo foi uma dominação direta, econômica e política, principalmente sobre territórios americanos, africanos e asiáticos. Ocorreu no século XVI, quando a ideia de acumulação metalista ditava as regras econômicas.

Por outro lado, o Imperialismo aconteceu durante os séculos XIX e XX, em sociedades industrializadas sobre sociedades agrárias. O imperialismo se caracteriza, especialmente, por uma dominação econômica, onde os chefes políticos locais conservavam uma parcela do seu poder. Alguns autores, inclusive, preferem o termo neocolonialismo.

Nem o imperialismo, nem o colonialismo foram pacíficos e acabaram por destruir muitas sociedades que dominaram.

Imperialismo Europeu

Os países industriais europeu como Inglaterra, França e o Império Alemão, voltaram seus olhos para os continentes africano e asiático no século XIX.

Para isso, mobilizaram um grande número de pessoas e recursos a fim de garantir seu domínio nesses territórios. A partilha da África ficou assegurada na Conferência de Berlim enquanto várias regiões da Ásia já haviam sido repartidas entre Inglaterra, França e Holanda.

É importante lembrar que esta disputa foi uma das causas da Primeira Guerra Mundial.

Leia mais:

Imperialismo Norte-Americano

Após a Guerra de Secessão, os Estados Unidos lançaram-se a uma verdadeira corrida expansionista. Primeiro, em seu próprio continente, com sucessivas conquistas territoriais sobre o México.

Ao mesmo tempo, lançou-se a Corrida para o Oeste, ocupando os territórios da costa do Pacífico.

Em seguida, passou a reivindicar as ilhas e territórios do Caribe como seu espaço natural e avançar militarmente para esta zona. A ocupação de Cuba é o melhor exemplo desta atitude.

Leia mais: