Itamar Franco


Itamar Franco foi engenheiro, político brasileiro, prefeito de Juiz de Fora, senador, governador do Estado de Minas Gerais e o 33º presidente do Brasil (1992 e 1994). Seu legado inclui a participação na iniciativa para equilíbrio da crise hiperinflacionária que assolava o Brasil há três décadas, bem como pelo equacionamento da dívida mineira quando foi governador.

Itamar FrancoItamar Franco foi o 33º presidente do Brasil

Biografia

Itamar Augusto Cautiero Franco nasceu em 28 de junho de 1930, a bordo de um navio, enquanto sua mãe, viúva recentemente, fazia o traslado do Rio de Janeiro a Salvador. Por esse motivo, o registro civil está na capital baiana.

Filho de Augusto César Stiebler Franco e Itália América di Lucca Cautiero, Itamar cresceu em Juiz de Fora (MG), onde estudou Engenharia Civil e Eletrotécnica na Escola de Engenharia de Juiz de Fora.

Em 1958, Itamar Franco se filia ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB); contudo, sua primeira vitória política viria sob o Regime Militar, quando adere ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e se elege prefeito de Juiz de Fora, no ano de 1967, reeleito em 1972. Renunciou o cargo em 1975, para candidatar (e vencer) ao Senado Federal por Minas Gerais.

Nos anos de 1976 e 1977, é eleito vice-líder do partido MDB, mas, com o pluripartidarismo reinstituído em 1980, Itamar filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), sendo eleito senador em 1982.

Em 1986, Itamar Franco se filia ao Partido Liberal (PL), onde permanece até 1988, quando se une ao PRN e ao governador de Alagoas, Fernando Collor de Mello, com o qual lançou uma candidatura bem sucedida à Presidência do Brasil.

Governo de Itamar Franco

No dia 15 de março de 1990, Collor é eleito Presidente e Itamar Franco o seu vice. A equipe assume o governo em plena recessão econômica, com altos índices de desemprego e com a inflação altíssima. A inflação chegou a 1100% em 1992, quando Itamar retornou ao PMDB e passou a criticar Collor publicamente. Na sequência, denúncias de corrupção provocaram o Impeachment do presidente.

Com isso, Itamar Augusto Cautiero Franco assume a presidência da República em outubro de 1992, com um amplo apoio partidário para realizar amplas reformas. Assim, em Abril de 1993, convoca o plebiscito para a seleção do sistema de governo no Brasil, segundo o qual foi escolhido a República (66%) Presidencialista (55%).

A reforma econômica veio com a nomeação de Fernando Henrique Cardoso para o Ministério da Fazenda. Ele comandou a equipe de especialistas que elaborou o Plano de Estabilização Econômica, que teve início em 1º de março de 1994, quando foi lançada a unidade real de valor (URV) para conter a inflação e preparar o caminho para a implantação da nova moeda, o Real (R$). O plano foi tão bem sucedido, que garantiu a eleição presidencial de Fernando Henrique à em outubro daquele ano.

Entre 1995 e 1996 foi embaixador brasileiro em Portugal. Dois anos depois, foi eleito Governador de Minas Gerais (1998) pelo PMDB. Em 2002 será novamente nomeado embaixador brasileiro, desta vez na Itália.

Em 2007, Itamar assume a presidência do Conselho de Administração do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais. No ano de 2009, muda novamente de partido, desta vez o Partido Popular Socialista (PPS), pelo qual se elege senador pelo estado de Minas Gerais novamente, em 2010.

Sua morte veio logo depois, quando foi diagnosticado com leucemia e faleceu no dia 2 de julho de 2011, vítima de um acidente vascular cerebral. Seu corpo foi cremado e as cinzas depositadas no jazigo de sua família, em Juiz de Fora.

Para saber mais: Plano Real.