Ernesto Geisel


Ernesto Geisel foi um militar, político e o 29º Presidente da República do Brasil. Ele governou o país no período de 1974 a 1979.

Biografia

Ernesto Geisel

Ernesto Beckmann Geisel nasceu no dia 3 de agosto de 1907, na cidade de Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul. Era filho dos luteranos alemães Wilhelm August Geisel e de Lydia Beckmann.

Estudou no Colégio Martinho Lutero de Estrela, no Colégio Militar de Porto Alegre, e mais tarde, na Escola Militar de Realengo, no Rio de Janeiro. Grande parte de sua vida, Geisel serviu o exército brasileiro: de 1927 a 1969.

Dos quatro irmãos, dois deles também seguiram a carreira militar: Henrique Geisel e Orlando Geisel. Em 1940, casou-se com Lucy Geisel, sua prima de segundo grau.

Durante o governo do Presidente Castello Branco e após o Golpe de 64, Ernesto foi nomeado Ministro-Chefe da Casa Militar durante os anos de 1964 e 1967.

Foi 13º Presidente da Petrobras e atuou no cargo de 1969 a 1973. Em 1973, foi eleito Presidente do Brasil com 80% dos votos.

Faleceu no Rio de Janeiro, dia 12 de setembro de 1996, com 89 anos, vítima de câncer.

Governo de Ernesto Geisel: Principais Características

O general Geisel foi o 4º presidente da Ditadura Militar no Brasil. Ele foi eleito em 1973 e ocupou o cargo de 15 de março de 1974 a 15 de março de 1979. Foi representante da chamada “Linha Dura” do exército brasileiro.

Durante sua atuação, tem início o processo de redemocratização do país. No âmbito econômico, seu governo esteve marcado por uma redução do crescimento. O chamado milagre econômico e o Ato Institucional nº 5 - AI-5 foram extintos.

Para manter a economia aquecida, Geisel criou o “II Plano Nacional de Desenvolvimento” e ainda, colaborou com a construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Durante seu governo, a Guanabara foi anexada ao Rio de Janeiro e o Estado de Mato Grosso foi dividido também em Mato Grosso do Sul.

Na área dos transportes, participou da inauguração das primeiras linhas do metrô nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Estreitou laços diplomáticos com a China, e com a Alemanha realizou um acordo nuclear.

Em 25 de outubro de 1975, o jornalista Vladimir Herzog foi assassinado na sede do DOI (Destacamento de Operações e Informações) do Codi (Centro de Operações de Defesa Interna).

Em 1985, seis anos após deixar o cargo de Presidente do país, Geisel apoiou as eleições de Tancredo Neves, o primeiro presidente eleito após o golpe militar.

Saiba mais sobre a Ditadura Militar no Brasil e Lei da Anistia

Frases

  • Eu sou um sujeito profundamente democrático.”
  • Ao longo da minha vida eu fui um infeliz.”
  • Nosso mal foi ter durado tanto tempo.”
  • É muita pretensão do homem inventar que Deus o criou à sua imagem e semelhança. Será possível que Deus seja tão ruim assim?