Jean Piaget

Pedro Menezes

Jean Piaget (1896-1980) foi um psicólogo, biólogo e pensador suíço. Sua teoria e pensamentos contribuíram para o entendimento do desenvolvimento infantil e a aprendizagem das crianças.

Até hoje, o chamado Método Piaget faz parte dos estudos acadêmicos nas áreas da educação e psicologia.

Teoria de Piaget: a teoria da aprendizagem na educação infantil

A teoria de Piaget, chamada de teoria piagetiana, foca no desenvolvimento infantil e, por isso, é chamada de teoria do desenvolvimento. Segundo ele:

A infância é o tempo de maior criatividade na vida de um ser humano.

Ancorada nos estudos sobre o desenvolvimento humano e cognitivo, a chamada teoria cognitiva de Piaget foi denominada por ele próprio como “epistemologia genética”. Sua teoria foi fundamental para o surgimento da corrente construtivista.

Os 4 estágios do desenvolvimento de Piaget

Segundo Piaget, a criança passa por quatro fases de desenvolvimento até chegar na adolescência. Esses estágios estão relacionados com a capacidade cognitiva do ser humano, ou seja, com a construção do conhecimento na psiquê. São eles:

1. Estágio sensório-motor (dos 0 aos 2 anos)

O próprio nome já indica que nessa fase as sensações e a coordenação motora da criança são desenvolvidas. Ainda que a capacidade de cognição seja limitada, nesse momento, ela começa a perceber o mundo ao seu redor dando início ao reconhecimento de objetos.

2. Estágio pré-operacional (dos 2 aos 7 anos)

Com o desenvolvimento da fala, a criança começa a nomear os objetos que a rodeiam ao mesmo tempo em que passa a ter uma capacidade mental de lembrar deles (representação mental). O raciocínio começa também a ser desenvolvido, embora esteja em sua fase inicial.

3. Estágio das operações concretas (dos 7 aos 11 anos)

Essa fase está relacionada com a capacidade cognitiva de resolução concreta de alguns problemas. Nela, a criança começa a ter uma capacidade maior de interpretação e, portanto, já consegue resolver alguns problemas básicos. Alguns conceitos são interiorizados, por exemplo, dos números e das operações matemáticas.

4. Estágio das operações formais (dos 11 anos aos 14 anos)

Já na adolescência, o raciocínio lógico se desenvolve e o indivíduo já começa a pensar por si só, ao mesmo tempo em que tem a capacidade de criar teorias e refletir sobre as possibilidades do mundo. Trata-se, portanto, de uma fase de autonomia.

Biografia de Jean Piaget

Jean Piaget nasceu na cidade suíça de Neuchâtel, no dia 9 de agosto de 1896. Foi ali que passou sua infância ao lado de seus pais, Artur Piaget e Rebecca Suzane. Muito curioso e aplicado, foi com 10 anos que ele publicou seu primeiro artigo.

Desde pequeno seu interesse pela natureza foi notório e certamente fundamental para sua primeira escolha acadêmica. Assim, em 1918 formou-se em Ciências Naturais pela Universidade de Neuchâtel.

Jean Piaget

A partir daí, começa a publicar alguns artigos e livros, sendo que o primeiro deles foi publicado em 1923: A linguagem e o pensamento da criança.

No ano seguinte, casa-se com Valentine Châtenay, e com ela teve tem três filhos. Foi a partir da observação do desenvolvimento de seus filhos que criou grande parte de sua teoria.

Piaget começou a estudar filosofia e psicologia e chegou a viajar para Zurique e Paris. Na capital francesa, ele se aprofunda na psicologia infantil e, com isso, publica cinco obras relacionadas com esse universo.

Sem dúvida, suas obras começam a despertar interesses de teóricos do tema, sendo convidado para palestrar em alguns locais, além de ser convidado a ser professor.

Foi em sua cidade natal que começa a lecionar nas áreas de psicologia, filosofia e sociologia na Universidade de Neuchâtel. Logo depois, foi também professor em Genebra, na Suíça, no Instituto Jean-Jacques Rousseau.

Jean Piaget faleceu em Genebra, no dia 16 de setembro de 1980, com 84 anos.

Obras de Piaget

Piaget possui uma obra muito extensa, com cerca de 50 livros publicados e mais uma quantidade considerável de artigos acadêmicos. De toda sua obra, destacam-se:

  • A linguagem e o pensamento da criança (1923)
  • A causalidade física na criança (1927)
  • A representação do mundo na criança (1926)
  • O juízo moral na criança (1932)
  • O nascimento da inteligência na criança (1936)
  • A formação do símbolo na criança: imitação, jogo e sonho, imagem e representação (1945)
  • A noção de tempo na criança (1946)
  • A psicologia da inteligência (1947)
  • A epistemologia genética: sabedorias e ilusões da filosofia. Problemas de psicologia genética (1950)
  • A construção do real na criança (1950)
  • Seis estudos de psicologia (1964)
  • A psicologia da criança (1966)
  • Psicologia e pedagogia (1969)
  • Psicologia e epistemologia: para uma teoria do conhecimento (1971)
  • Para onde vai a educação? (1973)

Citações de Jean Piaget

  • "O principal objetivo da educação é criar pessoas capazes de fazer coisas novas e não simplesmente repetir o que outras gerações fizeram."
  • "O ideal da educação não é aprender ao máximo, maximizar os resultados, mas é antes de tudo aprender a aprender, é aprender a se desenvolver e aprender a continuar a se desenvolver depois da escola."
  • "O ser humano é ativo na construção de seu conhecimento e não uma massa 'disforme' a ser moldada pelo professor."
  • "Os fenômenos humanos são biológicos em suas raízes, sociais em seus fins e mentais em seus meios."
  • "O conhecimento não é predeterminado pela hereditariedade; não é predeterminado nas coisas que nos rodeiam - em conhecer as coisas ao seu redor, o sujeito sempre acrescenta algo a elas."

Saiba mais sobre a Epistemologia.

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestrando em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).