O que são Cidades Globais?


As cidades globais representam as metrópoles mundiais que possuem uma estrutura complexa e grande importância e influência no mundo e por isso, também são chamadas de cidades mundiais. O termo foi utilizado pela primeira vez pela socióloga Saskia Sassen, com o intuito de as distinguir das megacidades na classificação de hierarquia urbana.

Segundo a hierarquia urbana, as cidades globais estão no topo hierárquico. Elas sofreram mudanças significativas em sua estrutura decorrente do processo de globalização. Correspondem assim, aos centros mundiais urbanos, culturais, financeiros, econômicos, políticos e industriais de maior desenvolvimento do mundo.

Além disso, geralmente apresentam elevada densidade populacional e qualidade de vida, por exemplo, Nova Iorque, Londres, Paris e Tóquio. No Brasil, as duas cidades que estão incluídas na categoria de cidades globais são São Paulo e o Rio de Janeiro.

Megacidades, Tecnopolos e Cidades Globais

O conceito de megacidade está intimamente relacionado com o de cidades globais, posto que ambos são centros urbanos que possuem forte urbanização e desenvolvimento. No tocante às megacidades, elas possuem elevada densidade populacional, ou seja, reúne mais de 10 milhões de habitantes, por exemplo, São Paulo e Cidade do México.

Note que as megacidades apontam em termos quantitativos, enquanto as cidades globais em termos qualitativos. Importante observar que uma megacidade também pode ser considerada uma cidade global.

De tal modo, as cidades globais além de apresentarem elevada população, possuem melhor qualidade de vida e de infraestrutura, por exemplo, um sistema avançado de transportes, aeroporto internacional, rede de comunicações, grandes empresas multinacionais, indústrias, dentre outros.

Já as Cidades Tecnopolos, como o próprio nome já indica, são cidades que apresentam grande desenvolvimento tecnológico e, por isso, reúnem pesquisadores, trabalhadores e estudantes da área. Os Centros Tecnopolos mais importantes do Brasil e do mundo são: São Carlos, São José dos Campos, Campinas, Londres, Munique e Paris.

Leia também o artigo: Metrópoles e Megalópoles.

Classificação

No total, cerca de 60 cidades no mundo são consideradas cidades globais sendo que a maioria delas está concentrada no continente europeu. Segundo o nível de influência que exercem, as cidades globais são divididas hierarquicamente em três tipos:

  • Cidades Alfa: São Paulo, Nova Iorque, Londres, Tóquio, Hong Kong, Xangai, Paris, etc.
  • Cidades Beta: Rio de Janeiro, Bogotá, Lisboa, Berlim, Roma, Atenas, Vancouver, etc.
  • Cidades Gama: Curitiba, Quito, Washington, Marselha, Lyon, Turim, Antuérpia, etc.