Período Neolítico ou Idade da Pedra Polida


O Período Neolítico (de 8000 a.C. até 5000 a.C.), também chamado de Idade da Pedra Polida é o segundo da pré-história e tem como principal característica o desenvolvimento das sociedades agropastoris.

Período Neolítico ou Idade da Pedra Polida"Dolmen Poulnabrone", Portal Túmulo do Neolítico, Irlanda

Esse período denomina-se Idade da Pedra Polida, uma vez que os instrumentos começam a ser produzidos através do polimento da pedra e do trabalho no fio de corte.

Nesse sentido, vale ressaltar que o período anterior, o Paleolítico, é chamado de Idade da Pedra Lascada, uma vez que a pedra não recebia esse tratamento. Do grego, o termo neolítico (neo "novo" e líthos "pedra") significa “pedra nova” ou “nova idade da pedra”.

Em termos climáticos e geológicos, houve uma grande mudança no período neolítico, uma vez que aumentou o nível dos mares, houve a formação de desertos, levando diversas populações a se deslocarem, os quais passaram a viver próximos dos rios.

Divisões da Pré-história

A Pré-História é o período mais antigo da história dos homens, a qual indica o surgimento da humanidade. Está dividida em três grandes períodos, também chamados de Idades, que vão desde o aparecimento do ser humano até a invenção da Escrita:

Principais Características: Resumo

O período neolítico está relacionado sobretudo, à sedentarização do homem e consequentemente ao desenvolvimento das atividades de agricultura e pastoreio.

Assim, com essa mudança de postura inaugura-se um novo modo de vida, donde o homem do neolítico começou a se relacionar com a natureza cultivando plantas, bem como a domesticar os animais.

Note que o homem do período pré-histórico anterior (paleolítico) era nômade, ou seja, se descolava constantemente em busca de abrigos e alimentos (caçadores e coletores),

Por esse motivo, o neolítico é considerado um importante marco de desenvolvimento da sociedade e de mudanças nas relações sócio culturais, o que se convencionou chamar, pelos historiadores, como a “Revolução do Neolítico” ou “Revolução Agrícola e Pastoril”.

O trabalho com a terra, o cultivo de alimentos (trigo, arroz, milho, mandioca, batata, etc.) e a criação de animais (bois, porcos, carneiros, cavalos, etc.) foi essencial para o desenvolvimento das sociedades no período neolítico, bem como para o crescimento da população.

Isso foi possível mediante a dominação de técnicas agrícolas e pastoris. Os homens começavam a fazer estoques de alimentos e, portanto, a sobreviverem nas estações mais difíceis de encontrar alimentos. Com efeito, podemos intuir que a expectativa e qualidade de vida dos homens neolíticos aumentou em relação ao período anterior.

No entanto, alguns historiadores acreditam que a vida nas aldeias no período neolítico diminui, em partes, a expectativa de vida de alguns núcleos de aldeias, posto que podiam favoreceram a proliferação de doenças e epidemias, levando a morte de grande parte da população; e ainda em alguns núcleos, por exemplo, que somente cultivavam cereais, sofriam de carências nutricionais.

Importante deixar claro que esse processo na mudança na vida do homem ocorreu de forma lenta e nem por isso, todos os indivíduos deixaram de ser nômades, caçadores e coletores.

Dentre as principais inovações técnicas vistas no período neolítico temos:

  • Produção de instrumentos de pedra polida (facas, machados, enxadas);
  • Construção de casas para se abrigarem (madeira, pedra, barro, folhagem, etc.)
  • Objetos de cerâmica (utensílios para cozinhar e armazenar alimentos)
  • Desenvolvimento da tecelagem (pelos e couro de animais e fibras vegetais)

No final do período neolítico, por volta de 4000 a.C. a metalurgia começa a se desenvolver com a produção de cobre, bronze e ferro, os quais irão lentamente substituir a pedra, matéria prima mas importante da Idade da Pedra. O desenvolvimento da metalurgia possibilitou a criação de diversos instrumentos muito resistentes e das mais variadas formas.

Arte no Período Neolítico

Com a criação de novas técnicas de polimento da pedra, muitos objetos artísticos de cerâmica e pele de animais começam a ser produzidos nesse período. Note que povos não consideravam esses objetos obras de arte, os quais possuíam um caráter utilitário, ou seja, eram produzidos para serem utilizados, seja para o transporte de comida, bebida, vestimentas.

Por outro lado, os objetos de arte produzidos pelos artistas (considerado seres iluminados) adquirem um caráter religioso, ou seja, sobrenatural e mágico, por exemplo, nos amuletos e símbolos religiosos criados nesse período.

Assim, muitos deles eram utilizados em rituais e cultos, os quais estavam envolvidos numa atmosfera de magia. Além disso, o homem do neolítico começa a construir abrigos e casas, sendo portanto, considerados os primeiros arquitetos da humanidade.

Para saber mais, leia: