Pirâmide Etária


As Pirâmides Etárias, demográficas ou populacionais, são gráficos ilustrativos que mostram as tendências no crescimento populacional durante um determinado período.

Nela são dimensionados fatores como a expectativa de vida e as taxas de mortalidade de uma determinada população.

Qual a sua Importância?

Esse artifício é uma ferramenta essencial nos estudos sobre qualidade de vida. Ele tem correspondência direta com os dados do PIB(Produto Interno Bruto) e IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).

Pirâmide Etária

Não obstante, essa metodologia distingue quantitativamente as estruturas de gênero e faixas etárias, constituindo informações vitais para o planejamento público em termos socioeconômicos.

Através da pirâmide etária é possível delimitar as estratégias governamentais a médio e longo prazos para gestão de recursos.

Se a população pende para um aumento no número de jovens, serão necessários investimentos que deem suporte para esse crescimento populacional. Por outro lado, se tende ao envelhecimento, medidas de amparo ao idoso serão necessárias.

Esse fenômeno pode ser perigoso se considerarmos que numa pirâmide envelhecida serão inevitáveis os problemas previdenciários das futuras gerações. Isso porque é a população ativa que consegue manter as aposentadorias.

Tipos e Interpretações de Pirâmides Etárias

As pirâmides etárias podem ser:

  • Jovens: quando pessoas de até 19 anos estão concebidos na base. Caracterizam-se pelas bases largas e topos estreitos.
  • Adultas: quando pessoas entre 20 e 59 anos estão no corpo. Caracterizam-se pela base e pelos corpos largos.
  • Envelhecidas: quando pessoas a partir de 60 ficam no topo da pirâmide. Caracterizam-se pela base menor que o corpo.
  • Rejuvenescidas: Caracterizam-se pelo significativo aumento de jovens em relação à geração anterior.

A principal informação fornecida pelas Pirâmides Etárias diz respeito à expectativa de vida das populações e, portanto, traduz-se em termos de qualidade de vida das mesmas.

Assim, quanto mais alta for esta pirâmide, melhores serão as condições de existência. Por outro lado, se ela é baixa e possui um cume estreito, significa que poucos conseguem chegar à velhice.

Se há uma queda na taxa de natalidade, a mesma resulta do planejamento familiar e da inclusão da mulher no mercado de trabalho.

Pirâmide de Países Desenvolvidos

À medida que as nações se desenvolvem socioeconomicamente, as pirâmides que as representam vão mudando de formato e assumem uma forma mais retangular.

Isso revela uma prevalência de adultos economicamente ativos, o que é considerado ideal.

Pirâmide de Países Subdesenvolvidos

Nos países subdesenvolvidos, a pirâmide tem a tendência em ser triangular.

A sua base larga indica que a população é jovem, pois a taxa de natalidade é maior. Entretanto, o seu topo estreito mostra que há pouca expectativa de vida.

Saiba mais em:

O Gráfico

Já sabemos que as Pirâmides Etárias representam informações de gêneros e faixa etária. Esses dados são, na realidade, barras horizontais que sinalizam a faixa etária, entrecortadas por uma linha transversal, que divide quantitativamente os gêneros.

Desse modo, a sobreposição destes eixos geralmente assume contornos piramidais. Por sua vez, as barras inferiores são constituídas pelas populações mais jovens, as quais vão decrescendo de cima para baixo.

Quanto aos gêneros, as mulheres ficam dispostas do lado direito, enquanto os homens ficam do lado esquerdo.

Agora que já sabe como interpretar esses dados, conheça a Pirâmide Etária Brasileira.