Taxa de Natalidade e Mortalidade


A taxa de natalidade e mortalidade são dados estatísticos segundo o número de nascidos e o número de mortes e, por isso, eles determinam o crescimento demográfico da população.

Sendo assim, a taxa de natalidade (TN) indica a número de nascimentos por mil habitantes no período de um ano, enquanto a taxa de mortalidade (TM) corresponde ao número de óbitos anuais por mil habitantes. A diferença entre as taxas de natalidade e mortalidade é chamada de crescimento vegetativo (CV).

Para exemplificar melhor esses conceitos, podemos pensar numa cidade de mil habitantes, onde o nascimento de bebês durante um ano foi de 30 crianças, o que significa que a taxa de natalidade naquele ano foi de 30%. Da mesma maneira, se o número de mortes na mesma cidade durante um ano foi de 10 pessoas, a taxa de mortalidade será de 10%.

Taxa de Natalidade e Mortalidade

Onde:

TN: taxa de natalidade

N: número de nascidos

P: população

TM: taxa de mortalidade

CV: crescimento vegetativo

Crescimento Vegetativo

O crescimento Vegetativo é um conceito que está associado ao crescimento populacional, sendo determinado de acordo com as condições sócio econômicas e culturais de um país. Em resumo, o crescimento vegetativo corresponde à diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade.

Esses valores estatísticos são classificados de duas maneiras, ou seja, o crescimento vegetativo é positivo quando o número de nascimentos for superior ao número de mortes, e pode ser negativo quando o número de mortes for superior ao de nascimentos. Por fim, o crescimento vegetativo pode ser nulo, ou seja, quando o número de nascimento registrados é equivalente ao número de mortes num mesmo espaço de tempo.

Taxa de Fecundidade

Associado ao conceito de natalidade, a taxa de fecundidade é um dado estatístico que indica a média do número de filhos que uma mulher tem durante sua idade fértil (de 15 a 50 anos aproximadamente).

Nas últimas décadas, as pesquisas sobre a taxa de fecundidade indicam uma diminuição em diversas partes do mundo, sobretudo nos países desenvolvidos. De tal modo, esse dado é muito relativo, uma vez que varia muito de país para país, segundo as condições socioeconômicas.

Segundo dados do IBGE, no Brasil a taxa de fecundidade tem diminuindo, de forma que no ano 2000 era de 2,4 e em 2015 é de 1,7.

Mortalidade Infantil

A mortalidade infantil corresponde a morte de crianças entre os zero e doze meses de vida. Embora a mortalidade infantil tenha diminuído, ainda é uma realidade em muitos locais do mundo, sobretudo naqueles locais que apresentem as piores condições de vida, desde falta de saneamento básico e acesso à educação e saúde, proliferação de doenças, dentre outros.

Expectativa de Vida

A expectativa de vida, também chamada de “esperança de vida” corresponde ao número de anos atingidos por uma população num determinado espaço de tempo. Com o passar dos anos, esse dado felizmente tem aumentado em diversas partes do mundo. Atualmente, no Brasil, a esperança de vida é de 75 anos.

Taxa de Natalidade e Mortalidade Brasileira

Durante as últimas décadas, o Brasil tem apresentado grande redução na taxa de natalidade e de mortalidade. Isso indica que houve melhora nas condições de vida da população, desde melhoria na alimentação, avanço da medicina, acesso à educação e saúde, dentre outros fatores.

Segundo pesquisas do IBGE, a taxa bruta de natalidade no Brasil por mil habitantes era de 20,86 no ano 2000 e, em 2015 passou para 14,16. Já a taxa de mortalidade em 2000 era de 6,67 e em 2015 de 6,08.

Saiba mais: