Ponto e Vírgula ( ; )

Daniela Diana

O ponto e vírgula ( ; ) é um sinal gráfico utilizado na produção de textos para indicar uma pausa que seja maior que a vírgula e menor que o ponto final.

É, portanto, um sinal de pontuação intermediário entre a vírgula e o ponto final, sendo geralmente empregado para separar orações dentro de um mesmo período. O ponto e vírgula pode ser usado em discursos que já contém grande número de vírgulas.

São bastante empregados em textos jurídicos (constituição, artigos, projetos de lei, petições, etc.), com o intuito de listar os elementos, como vemos na Constituição do Brasil:

Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:

I - a soberania;

II - a cidadania;

III - a dignidade da pessoa humana;

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;

V - o pluralismo político.”

Além dos textos jurídicos, o ponto e vírgula é muito utilizado nos textos didáticos, manuais de instruções e receitas.

Ponto e Vírgula e Dois Pontos

Há muita confusão entre o emprego correto do ponto e vírgula e dos dois pontos, uma vez que ambos podem ser empregados em situações semelhantes. No entanto, eles apresentam diferenças.

Enquanto os dois pontos marcam uma pausa no discurso apresentando uma explicação, exemplificação, síntese, enumeração e os discursos diretos, o ponto e vírgula marca uma pausa maior, sendo usado para separar orações e elementos numa oração.

Usos do Ponto e Vírgula: Exemplos

Veja abaixo os principais usos do ponto e vírgula:

1. Separação de orações

Separam orações coordenadas em que a vírgula já foi muito utilizada, ou ainda, quando o texto é muito extenso, por exemplo:

As sete maravilhas do mundo moderno representam monumentos que fazem parte da história da humanidade: o Coliseu, na Itália; a Chichén Itzá, no México; o Machu Picchu, no Peru; o Cristo Redentor, no Brasil; a Muralha da China, na China; as Ruínas de Petra, na Jordânia; o Taj Mahal, na Índia.

2. Separação ou enumeração de elementos na frase

Podem ser usados para separar e enumerar os elementos de uma lista, por exemplo:

No capítulo a seguir estudaremos os seguintes temas: Idade Antiga; Idade Média; Idade Contemporânea.

3. Omissão de verbos

Quando os períodos evitam a repetição do verbo, por exemplo:

Na hora do crime Rafaela estava com os amigos; José (estava) com seus pais.

4. Separação de conjunções adversativas

Utilizado para marcar pausas maiores entre orações que empregam os conectivos (conjunções), por exemplo:

Amanhã vou ao trabalho; entretanto, não terminei o relatório.

Letras maiúsculas ou minúsculas depois do ponto e vírgula

Uma das grandes dúvidas que surge quando utilizamos o ponto e vírgula é a grafia correta das letras maiúsculas e minúsculas.

Vale lembrar que como o ponto e vírgula não é o ponto final da frase, as letras que surgem após o uso, são letras minúsculas, por exemplo:

As matérias que temos que estudar para a prova são: literatura brasileira; literatura portuguesa; sintaxe e períodos compostos; morfologia e classes morfológicas.

Para saber mais sobre o assunto, leia: Letras Maiúsculas e Minúsculas: Quando Usar?

Fique Atento!

Segundo o novo acordo ortográfico, a palavra "ponto e vírgula" não admite mais o hífen, a qual era escrita anteriormente: ponto-e-vírgula.

Para complementar sua pesquisa, leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.