Produção de Textos - Como Começar?

Daniela Diana

A produção de textos é o ato de expor por meio de palavras as ideias sobre determinado assunto.

Saber como escrever um texto pode ser um pré-requisito para conseguir um emprego e uma vaga na faculdade. Isso porque pessoas que escrevem bons textos conseguem se expressar melhor.

Vale lembrar que o hábito da leitura é essencial para se produzir um bom texto. Enquanto estamos lendo vamos ampliamos nosso vocabulário e, consequentemente, nosso universo interpretativo.

Ou seja, com o ato da leitura estamos aumentando nossa capacidade de entender melhor tudo que nos rodeia.

Os 5 Tipos de Textos

Para construir um bom texto, é necessário saber qual tipo se encaixa no que estamos pretendendo escrever. A produção textual envolve os 5 tipos de textos:

  1. Texto Dissertativo: defende uma ideia, sendo um texto argumentativo e opinativo. Exemplos: artigos, resenhas, ensaios, monografias, etc.
  2. Texto narrativo: narra fatos, acontecimentos ou ações de personagens num determinado tempo e espaço. Exemplo: crônicas, fábulas, novelas, romances, etc.
  3. Texto descritivo: descreve objetos, pessoas, animais, lugares ou acontecimentos. Exemplos: diários, relatos, biografias, currículos, etc.
  4. Texto Injuntivo: textos instrucionais que explicam como realizar algo. Exemplos: receitas, bula de remédio, manual de instruções, propagandas, etc.
  5. Texto Expositivo: apresenta um tema, um conceito ou uma ideia. Exemplos: seminários, conferências, palestras, enciclopédias, etc.

Para ampliar seus conhecimentos, leia também:

Como produzir um bom texto?

Para que um texto seja considerado bom, o importante é conhecer o tipo e o gênero do texto.

Além disso, é essencial não fugir do tema pedido e sobretudo, cumprir as regras gramaticais essenciais do “Novo Acordo Ortográfico” para sua compreensão.

Pesquisar sobre o tema antes de escrever o texto é muito importante para dar consistência e mais propriedade à argumentação textual agregando maior valor ao texto.

Lembre-se que não existe uma “fórmula mágica” para produzir um bom texto, no entanto, há estratégias interessantes para melhorar sua produção.

Cada indivíduo tem um estilo de escrita, no entanto, o que importa não é necessariamente o estilo e sim, a coesão e a coerência apresentadas no texto.

A coerência é uma característica textual que está relacionada com o contexto. Ou seja, ela significa a relação lógica entre as ideias expressas, de forma que não haja contradição no texto.

A coesão, por sua vez, está relacionada com a regras gramaticais e os usos corretos dos conectivos (conjunções, preposições, advérbios e pronomes).

Saiba mais sobre:

Estrutura textual: etapas básicas para produção de texto

1. Tema e Título

O tema e o título são coisas diferentes na produção de textos.

  • Tema: representa o assunto a ser abordado. Exemplo: Bullying
  • Título: é o nome dado ao texto. Exemplo: O Bullying e suas consequências na educação

Na maioria dos casos, o título é muito importante, sendo que algumas pessoas preferem começar por ele. Outras, escrevem o texto primeiro e a palavra ou expressão que o define é escolhida posteriormente.

Confira também os possíveis Temas de Redação para o Enem.

2. Introdução

A introdução ou apresentação do texto (também chamada de tese) é de suma importância, pois são nos primeiros parágrafos que o leitor vai ficar interessado em ler o restante do texto.

Portanto, é o momento em que você irá instigar o leitor, sendo essencial pontuar as principais informações que serão desenvolvidas no decorrer do texto.

Claro que nem toda a informação deve estar presente na apresentação, que deverá ser breve (3 a 5 linhas). Porém, os principais dados e elementos que serão abordados devem surgir neste momento do texto.

Leia também: Dicas para a Introdução de uma Redação.

3. Desenvolvimento

Após escrever a introdução, o segundo momento da produção do texto é o desenvolvimento (também chamado de anti-tese).

Como o próprio nome indica, nesta etapa é fundamental o desenvolvimento das ideias. Aqui o escritor irá argumentar e oferecer os dados e/ou as informações obtidas na pesquisa e fazer uma reflexão sobre o tema abordado.

Assim, fica claro que quanto melhor a sua argumentação, melhor será o texto.

Leia também: Como Fazer o Desenvolvimento de uma Redação.

4. Conclusão

Finalizar o texto é tão importante quanto começá-lo. Embora muitas pessoas não se preocupam com essa parte fundamental do texto, o momento da conclusão (também chamado de nova tese) é essencial.

Assim, não adianta fazer uma boa introdução e desenvolvimento, e deixar o texto sem conclusão. Após a argumentação faz se necessário que o escritor chegue numa conclusão e opine (no caso dos textos dissertativos), apresentando assim um novo caminho.

Note que, quanto mais criativa for a conclusão, mais interessante ficará o texto.

Leia também: Como Fazer a Conclusão de uma Redação.

Dicas essenciais para escrever um bom texto

  • Mantenha o hábito da leitura e da escrita;
  • Tenha o conhecimento das novas regras gramaticais;
  • Preste atenção à grafia, pontuação, parágrafos e concordâncias;
  • Seja criativo e espontâneo;
  • Não utilize palavras de baixo calão, palavrões;
  • Se distancie da linguagem coloquial, informal;
  • Tenha opinião e faça críticas próprias;
  • Atenção à relação lógica das ideias (coerência);
  • Não se afaste do tema e do tipo de texto proposto;
  • Faça um rascunho para evitar rasuras;
  • Se necessário, leia o texto em voz alta;
  • Cuidado com as repetições de palavras e ideias;
  • Não utilize palavras ou expressões que não conheça;
  • Se necessário, recorra ao dicionário;
  • Seja claro e conciso.

Para mais dicas sobre como se dar bem na hora de escrever um texto, leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.