Pronomes Pessoais

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora licenciada em Letras
Atualizado em

Os pronomes pessoais indicam as pessoas do discurso: quem fala (1.ª pessoa: eu, nós), com quem se fala (2.ª pessoa: tu, vós) e de quem se fala (3.ª pessoa: ele/ela, eles/elas).

Eles variam em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural) e são classificados de acordo com a função que exercem e sua tonicidade.

Quanto à função, os pronomes pessoais são divididos em: pronomes pessoais do caso reto e pronomes pessoais do caso oblíquo.

E, de acordo com a tonicidade, os pronomes pessoais são classificados em: pronome oblíquo átono ou pronome oblíquo tônico.

Pronomes pessoais do caso reto Pronomes pessoais do caso oblíquo
Átonos Tônicos
1.ª pessoa do singular eu me mim, comigo

2.ª pessoa do singular

tu te ti, contigo

3.ª pessoa do singular

ele, ela o, a, se, lhe ele, ela, si
1.ª pessoa do plural nós nos nós, conosco
2.ª pessoa do plural vós vos vós, convosco
3.ª pessoa do plural eles, elas os, as, se, lhes eles, elas, si

Pronomes pessoais do caso reto

Os pronomes pessoais do caso reto têm a função de sujeito ou predicativo do sujeito. São eles:

  • eu (1.ª pessoa do singular)
  • tu (2.ª pessoa do singular)
  • ele/ela (3.ª pessoa do singular)
  • nós (1.ª pessoa do plural)
  • vós (2.ª pessoa do plural)
  • eles/elas (3.ª pessoa do plural)

Exemplos de frases com pronomes pessoais do caso reto:

  • Ele finalizou o projeto há poucos dias.
  • Nós estamos quase a chegar.
  • Se é ele, o escolhido, tenho que aceitar.

Pronomes pessoais do caso oblíquo

Os pronomes pessoais do caso oblíquo podem ser átonos ou tônicos, e têm a função de complemento verbal ou complemento nominal. São eles:

  • me, mim, comigo (1.ª pessoa do singular)
  • te, ti, contigo (2.ª pessoa do singular)
  • o, a, se, lhe, ele, ela, si (3.ª pessoa do singular)
  • nos, nós, conosco (1.ª pessoa do plural)
  • vos, vós, convosco (2.ª pessoa do plural)
  • os, as, se, lhes, eles, elas, si (3.ª pessoa do plural)

Exemplos de frases com pronomes pessoais do caso oblíquo:

  • Vem comigo?
  • Tenho a certeza que você vai se divertir conosco!
  • Alguém sabe dele?

Os pronomes pessoais do caso oblíquo ÁTONOS são assim chamados porque não possuem acentuação própria e se sujeitam à tonicidade dos verbos. Além disso, eles não são precedidos por preposição. São eles:

me, te, o(s), a(s), se, lhe(s), nos, vos

Exemplos de frases com pronomes pessoais do caso oblíquo ÁTONOS:

  • Disse-nos que estava cansado e que por esse motivo não vinha à festa.
  • Não te convidei, por isso, saia já daqui!
  • Penteei-me.

Os pronomes pessoais do caso oblíquo TÔNICOS, possuem acentuação própria e são usados com preposição. São eles:

mim, comigo, ti, contigo, ele(s), ela(s), si, nós, conosco, vós, convosco

Observe que as formas comigo, contigo, conosco e convosco resultam da junção da preposição "com" e os pronomes mim, ti, nos e vos, respectivamente.

Exemplos de frases com pronomes pessoais do caso oblíquo TÔNICOS:

  • O que disseram para mim eu não digo a mais ninguém.
  • Fez conosco o que já tinha feito à outra turma.
  • O que fez ela?

Quando o pronome vem depois da preposição, mas antecede um verbo no infinitivo, deve ser utilizado o pronome do caso reto. Isso porque nesse caso, o pronome está exercendo a função de sujeito da oração.

Exemplos:

  • Essa tarefa é para eu fazer.
  • Se é meu, logo é para eu abrir.
  • Essa refeição é para tu comeres.

Pronomes de Tratamento

Os pronomes de tratamento são formas de se dirigir às pessoas do discurso (com quem se fala) de um modo educado. Eles são usados de acordo com o cargo ou a função que exercem.

Exemplo:

  • O senhor precisa de ajuda?
  • Sua Magnificência, reitor desta universidade, fará o discurso de abertura da formatura.

Exercícios de pronomes pessoais

1. Classifique os pronomes destacados em Pronome Reto (PR), Pronome Oblíquo Átono (POA) e Pronome Oblíquo Tônico (POT).

a) Eles vieram a pé.

PR

b) Não o esperava a esta hora.

POA

c) Trouxe essas revistas para ela.

POT

d) Ou lhe dizemos agora ou não lhe dizemos mais.

POA

e) Porque não desabafa conosco?

POT

f) Quem te atendeu?

POA

g) Chamaram-nos e fingimos que não tínhamos escutado.

POA

h) Esses livros são para ela ler.

PR

i) Tudo isso é para ti?

POT

j) Nós vamos. Eles vão?

PR

k) As organizadoras são elas.

PR

l) Esperem por nós!

POT

2. Corrija as frases abaixo:

a) Trouxe o almoço para eu.

Trouxe o almoço para mim.

b) Fiz este suco para mim beber durante a tarde.

Fiz este suco para eu beber durante a tarde.

c) Estamo-nos quase chegando.

(Nós) Estamos quase chegando.

d) Quer fazer o trabalho com nós?

Quer fazer o trabalho conosco?

Para você saber mais, leia:

Referências Bibliográficas

NETO, Pasquale Cipro; INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.