Pronomes Pessoais do Caso Reto

Márcia Fernandes

Os pronomes pessoais do caso reto são aqueles que têm a função de sujeito ou de predicativo do sujeito: eu, tu, ele/ela, nós, vós, eles/elas.

Exemplos:
Eu entreguei a requisição hoje. (sujeito)
A felizarda é ela. (predicativo)

Os pronomes tu e vós também podem ter a função de vocativo:

Tu, que sabes tudo, vem à frente e explica.
“Ó vós, que não sabeis do Inferno, olhai, vinde vê-lo...!” (Cecília Meireles)

São os pronomes pessoais retos que, no discurso, indicam:

  • Quem fala: primeira pessoa do singular (eu) ou do plural (nós)
  • Com quem se fala: segunda pessoa do singular (tu) ou do plural (vós)
  • De quem se fala: terceira pessoa do singular (ele, ela) ou plural (ele, elas).

Muitas vezes, esses pronomes são omitidos nas orações. Isso porque a desinência verbal já dá a indicação da pessoa a que se refere:

(Eu) Falo com todo mundo.
(Tu) Cantas todo o dia.
(Ele) Costuma ser crítico.
(Nós) Vamos ao teatro hoje?
(Vós) Sabeis o que dizes?
(Eles) Foram embora?

No cotidiano, os pronomes pessoais do caso reto costumam ser usados como complemento verbal (Penteei ela hoje). Mas, a língua culta não aceita essa forma, afinal essa é a função dos pronomes pessoais do caso oblíquo (Penteei-a hoje).

Por vezes, os pronomes ele(s)/ela(s), nós e vós são acompanhados de preposição. Nesses casos, esses pronomes são oblíquos.

Exemplos:
a ele a sugestão. ou Dê-lhe a sugestão. (objeto indireto)
Falaram sobre nós? (objeto indireto)

Leia também:

Exercícios

1. Complete com o pronome pessoal adequado.

a) ___ viriam nesta noite à nossa casa.
b) ___ estávamos cheios de tanta bajulação.
c) Detalha ___ os pormenores.
d) Entregaremos os documentos a ___.

a) Eles/Elas viriam nesta noite à nossa casa.
b) Nós estávamos cheios de tanta bajulação.
c) Detalha tu os pormenores.
d) Entregaremos os documentos a ele/ela.

2. (FUVEST) Assinale a alternativa onde o pronome pessoal está empregado corretamente:

a) Este é um problema para mim resolver.
b) Entre eu e tu não há mais nada.
c) A questão deve ser resolvida por eu e você.
d) Para mim, viajar de avião é um suplício.
e) Quanto voltei a si, não sabia onde me encontrava.

Alternativa d: Para mim, viajar de avião é um suplício.

3. (IBGE) Assinale a opção em que houve erro no emprego do pronome pessoal em relação ao uso culto da língua:

a) Ele entregou um texto para mim corrigir.
b) Para mim, a leitura está fácil.
c) Isto é para eu fazer agora.
d) Não saia sem mim.
e) Entre mim e ele há uma grande diferença.

Alternativa a: Ele entregou um texto para mim corrigir.

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.