Rio Ganges


O Rio Ganges, também chamado de Rio Benares, é um dos rios mais importantes e um dos lugares mais emblemáticos da Índia. Para os praticantes do hinduísmo ele possui um caráter religioso e místico.

Principais Características

O Ganges faz parte da Bacia do Ganges que possui aproximadamente 907 mil km2. Seus afluentes são os rios: Ramgamga, Yamuna, Gandak, Bramaputra, Ghagara, Kosi, Son e Falgu.

Além do norte da Índia, o Ganges atravessa 9 estados passando pelo Nepal e por Bangladesh, desaguando no Golfo de Bengala no Oceano Índico.

Possui cerca de 2500 Km de extensão sendo um dos maiores rios da Ásia e um dos maiores do mundo em fluxo de água. A profundidade média do rio é de 16 metros, e a máxima é de 30 metros.

Importância

Muitas cidades se desenvolveram às margens do Ganges e até os dias atuais ele tem grande importância para os indianos na religião e alimentação.

Estima-se que 20 milhões de pessoas vivem nas margens do Ganges, influenciando a vida de cerca de 300 milhões de pessoas.

Durante períodos do ano ocorre a cheia do rio que favorece a irrigação do solo das margens, favorecendo o cultivo de diversos alimentos.

Rituais

O Ganges é o rio mais sagrado para os praticantes do hinduísmo que desde sempre veneravam a deusa Shiva e Ganga, as quais estão associadas. Por esse motivo, o rio é considerado uma divindade.

A cidade de Varanasi, a mais sagrada da religião hindu, é conhecida como cidade da luz e da morte. Ela está localizada às margens do Ganges e conta com diversos templos.

Rio GangesRio Ganges na cidade de Varanasi, Índia

Além dela, outras cidades importantes estão situadas em suas margens: Calcutá, Patliputra, Kannauj, Kara, Allahabad e Murshidabad.

Seguidores do hinduísmo tomam banho no Ganges pelo menos uma vez na vida, por isso é comum ver peregrinações durante todo o ano. Estima-se que cerca de 2 milhões hindus se banham diariamente no rio.

Para eles, ser lavado com as águas dos Ganges significa a purificação das almas, além de queimarem corpos em piras enormes.

Rio GangesRitual sagrado de lavagem é realizado todos os dias em Varanasi, Índia

Ser cremado às margens do Ganges significa a conclusão do ciclo vital, uma vez que os liberta da reencarnação. Após a cremação, a tradição é jogar as cinzas no rio.

No entanto, nem todos os corpos são cremados, alguns deles por exemplo, das crianças, das grávidas e das pessoas consideradas puras (sem pecados), são atirados no rio. Ademais, as vacas consideradas sagradas para os hindus, também possuem esse destino.

Complemente sua pesquisa com a leitura dos artigos:

Poluição

O Ganges é um dos rios mais poluídos do mundo. Além do lixo (doméstico, industrial e agrícola) que recebe diariamente, há muitos cadáveres que são jogados no rio Ganges.

Rio GangesCanal de poluição de água de esgoto no rio Ganges em Varanasi, Índia

Esse fato tem afetado diretamente as populações que vivem próximas ao rio, como a proliferação de diversas doenças.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), as águas do Ganges estão abaixo do nível considerado próprio para consumo.

Além de afetar a vida das pessoas, o ecossistema do rio também sofre com a quantidade de produtos tóxicos. Isso tem alterado as populações das espécies que o habitam desde peixes, golfinhos, crocodilos e uma variedade de anfíbios, os quais estão ameaçados de extinção.

O governo indiano ficou responsável de limpar o rio com o intuito de diminuir a poluição, e alertar para a perda da biodiversidade, no entanto, até hoje nada foi feito.

Chamado de "Plano de Ação Ganga", muitos problemas tem sido empecilhos para que isso se tornasse uma realidade. A falta de conhecimentos, planejamento, tradições e sobretudo, a corrupção tem impedido sua realização.