Sentidos do Corpo Humano

Lana Magalhães

O corpo humano é composto de cinco sentidos: a visão, o olfato, o paladar, a audição e o tato.

Eles fazem parte do sistema sensorial, responsável por enviar as informações obtidas para o sistema nervoso central que, por sua vez, analisa e processa a informação recebida.

Sentidos do Corpo HumanoCinco Sentidos

Essas capacidades estão relacionadas com órgãos ou partes do corpo humano (olhos, nariz, boca, ouvidos, mãos) e correspondem às percepções dos homens no mundo.

São realizadas por meio do processo de tradução, análise e processamento das informações sensoriais, o que muitas vezes, determinou a sobrevivência dos seres humanos, bem como dos animais no planeta terra.

Os Cinco Sentidos

Visão

Os olhos são os órgãos responsáveis pelo sentido da visão, uma vez que eles visualizam o objeto e mandam a mensagem para o cérebro que faz a decodificação, interpretando-a.

Olfato

O nariz é o órgão responsável pelo sentido do olfato, ou seja, a propriedade de sentir o cheiro ou odor das coisas.

Dessa maneira, o nariz capta os odores e envia a mensagem para o cérebro, que processa as informações.

Paladar

A língua é o órgão responsável pelo sentido do paladar, uma vez que capta e distingui o sabor dos alimentos (salgado, doce, azedo, amargo), além das sensações de quente e frio.

Assim, as papilas gustativas decodificam o sabor e enviam as informações para o cérebro.

Audição

Os ouvidos são os órgãos responsáveis pela audição, na medida em que detectam os sons, ruídos e barulhos do exterior, e enviam essas mensagens para o cérebro, que as interpreta.

Tato

O tato é caracterizado pela sensação do toque e, por isso, está relacionado com o contato com a pele, através dos neurônios sensoriais responsáveis por enviarem as mensagens para o cérebro.

Embora esteja muitas vezes relacionadas com as mãos, esse sentido humano envolve qualquer tipo de sensação experimentada pela pele, seja pelos pés, barriga, pernas, dentre outros.

Curiosidades

  • O chamado “sexto sentido” refere-se à percepção extra sensorial, muitas vezes pautada na espiritualidade. Ademais, costuma-se dizer que as mulheres possuem o sexto sentido mais aguçado.
  • Já foi comprovado que pessoas que sofrem com alguma deficiência relacionada ao sistema sensorial, acabam desenvolvendo e aguçando mais outros sentidos, por exemplo, um cego que desenvolve mais sua capacidade de ouvir ou até mesmo de tatear, como os livros em língua braile para os deficientes visuais.
Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.