Xilema e Floema


Xilema e Floema são tecidos vegetais responsáveis pela condução da seiva através do caule. A principal diferença entre esses vasos condutores é que o xilema transporta a água (seiva bruta) e o floema conduz substâncias orgânicas (seiva elaborada).

Xilema

O xilema ou lenho, conduz a seiva bruta (água e minerais), além de substâncias de reserva. Ele é o principal responsável pela condução de água nas plantas vasculares.

As principais células que constituem o xilema são as traqueídes e os elementos de vaso. Também chamadas elementos traqueais, são células alongadas, com paredes secundárias, que morrem quando se tornam maduras.

Os elementos de vaso possuem perfurações em suas paredes, especialmente nas extremidades. São unidos através desses orifícios em colunas contínuas e longas chamadas vasos.

As traqueídes não possuem perfurações e sim pontoações, que são regiões mais finas, sem parede secundária.

Por sua estrutura, os elementos de vaso são mais eficientes pois o fluxo de água através das perfurações é mais fácil. No entanto, nas traqueídes a passagem da água através da membrana evita que bolhas circulem pela planta. Sendo assim, é mais segura para a planta.

No xilema há também células do parênquima, que armazenam diversas substâncias, esclereídes e fibras.

Xilema Primário e Secundário

O xilema primário é formado a partir do procâmbio (meristema primário) durante o período de crescimento primário, ou seja, quando a planta cresce em comprimento.

As células são alongadas, com citoplasma denso e núcleo bem definido. Possuem parede primária, que é uma camada celulósica que se deposita externamente à parede celular durante o crescimento.

O xilema primário pode ser de dois tipos: protoxilema (se forma primeiro) e metaxilema (se diferencia mais tardiamente).

O xilema secundário se origina do câmbio vascular. Isso ocorre quando a planta tem crescimento secundário, ou seja, quando cresce lateralmente aumentando sua espessura.

Tabela Comparativa - Xilema e Floema
XILEMAFLOEMA
FUNÇÃO

Conduz a seiva bruta (água e minerais)

Conduz seiva elaborada (compostos orgânicos)

PRINCIPAIS

TIPOS

CELULARES

Os elementos traqueais são células alongadas, que morrem na maturidade. Podem ser de dois tipos:Traqueídes e Elementos de Vaso

Os elementos crivados são células vivas na maturidade. Possuem poros nas extremidades das paredes. Há dois tipos: Células Crivadas e Elementos de Tubo Crivados

CRESCIMENTO

PRIMÁRIO

Xilema Primário - se origina do Procâmbio. Pode ser de dois tipos: protoxilema e metaxilema

Floema Primário: se origina do Procâmbio. Pode ser de dois tipos: protofloema e metafloema.

CRESCIMENTO

SECUNDÁRIO

Xilema Secundário - se forma a partir do Câmbio Vascular

Floema Secundário: deriva do Câmbio Vascular

Floema

O floema ou liber conduz a seiva elaborada, ou seja, os compostos orgânicos produzidos na folha através da fotossíntese. De forma que é o principal tecido condutor de nutrientes nas plantas vasculares.

As células mais importantes do floema são os elementos crivados, que são assim chamados devido aos poros que se aglomeram especialmente em suas extremidades.

Através desses poros, elementos vizinhos se conectam por seus protoplastos. Os elementos crivados podem ser de dois tipos: células crivadas ou elementos de tubo crivados.

Nas células crivadas os poros são mais estreitos e uniformes do que nos elementos de tubo crivados. Nesses últimos os poros maiores se localizam numa região da parede chamada placa crivada.

Floema Primário e Secundário

O floema primário da mesma forma que o xilema primário é formado a partir do procâmbio (meristema primário) no crescimento primário da planta.

É diferenciado em protofloema (se forma primeiro) e metafloema (se diferencia mais tardiamente).

O floema secundário deriva do câmbio vascular, no crescimento secundário.

Corte de raiz mostra o xilema com espaços brancos por onde circula a água. O floema fica mais externo.

Corte da raiz de uma planta do gênero Salix. Perceba que houve crescimento secundário, uma vez que há xilema e floema secundários

Veja também: