Bacia do Parnaíba


A Bacia do Parnaíba é uma das bacias hidrográficas do Brasil situada na região nordeste.

Recebe esse nome uma vez que o rio mais importante da bacia é o rio Parnaíba, com 1.485 km de extensão, chamado popularmente de “Velho Monge”.

O Rio Parnaíba, um dos maiores da região nordeste, nasce na Chapada das Mangabeiras, no extremo sul piauiense, e está dividido em três trechos, os quais são considerados sub-bacias: Alto Parnaíba, Médio Parnaíba e Baixo Parnaíba.

O rio indica a divisa entre os estados do Piauí e Maranhão e surge da confluência de três rios: Lontra, Curriola e Água Quente.

Principais características

Bacia do Parnaíba
Região Hidrográfica do Parnaíba

Situada na região nordeste do país, a Bacia do Parnaíba abrange os estados do Piauí, Maranhão e Ceará. Apresenta uma área de 340 mil Km2 aproximadamente, o que corresponde a 4% da área total do Brasil.

O principal bioma o qual está inserido é a Caatinga, que apresenta o clima semi-árido (quente e seco), entretanto nos trechos de Floresta Tropical e Vegetação Litorânea, a clima é quente e úmido.

A exploração desenfreada, o desmatamento, a poluição das águas, a expansão agropecuária e da indústria tem gerado o assoreamento dos rios (o que dificulta a navegação de navios de grande porte), resultando nos diversos problemas ambientais na região da Bacia do parnaíba, sobretudo, da escassez de água.

Portanto, a região em que está localizada a Bacia do Parnaíba apresenta muitos problemas estruturais, o que tem levado ao baixo índice de desenvolvimento econômico e social.

De tal modo, essa região hidrográfica possui um importante papel socioeconômico para os habitantes da região donde as principais atividades desenvolvidas são agropastoris, de navegação, pesca, abastecimento urbano e produção de energia elétrica, dentre outras.

A região da Bacia do Parnaíba está repleta de rios perenes, ou seja, rios que não secam em altas temperaturas, e ainda possui grandes lagoas e aquíferos de águas subterrâneas, e se explorados de maneira sustentável podem acabar com o problema da falta de água.

A hidrelétrica que merece destaque na Bacia do Parnaíba é a Usina da Boa Esperança no Rio Parnaíba, no estado do Piauí.

Saiba mais sobre o tema nos artigos: Bacia Hidrográfica e Hidrografia do Brasil.

Geologia

A Bacia do Parnaíba, tal qual a Bacia Amazônica e do Paraná é uma bacia sedimentar, também chamada do Meio-Norte, posto que os rios possuem excessivos sedimentos que foram depositados com o passar do tempo.

Ela está inserida na plataforma Sul-americana, formada principalmente no período pré-histórico denominado Era Paleozoica.

Rios

Os principais rios que compõem a Bacia do parnaíba são:

  • Rio Parnaíba
  • Rio Parnaíbinha
  • Rio Medonho
  • Rio Balsas
  • Rio Piauí
  • Rio Gurgueia
  • Rio Uruçuí-Preto
  • Rio Canindé
  • Rio Poti
  • Rio Portinho
  • Rio Longá