Bomba de Sódio e Potássio

Lana Magalhães

A bomba de sódio e potássio é um tipo de transporte ativo que ocorre em todas as células do corpo.

O processo ocorre devido às diferenças de concentrações dos íons sódio (Na+) e potássio (K+) dentro e fora da célula.

Para manter a diferença de concentração dos dois íons no meio interno e externo da célula, é preciso utilizar energia na forma de ATP. Assim, a bomba de sódio e potássio é um tipo de transporte ativo.

A bomba de sódio e potássio está diretamente relacionada com a transmissão de impulsos nervosos e contração muscular.

Funcionamento da Bomba de Sódio e Potássio

Em condições normais, a concentração de Na+ é mais baixa dentro da célula do que no ambiente extracelular. Enquanto isso, a concentração de K+ é mais alta dentro da célula do que no ambiente extracelular.

Nessa situação, naturalmente, o Na+ entra na célula e o K+ sai da célula, por difusão. Isso porque os solutos tendem a se manter em equilíbrios de concentração.

Entretanto, para realizar o seu metabolismo, a célula precisa manter as diferenças de concentração entre os dois íons. Isso quer dizer que o Na+ precisa se manter em baixa concentração dentro da célula e o K+ em alta concentração.

O funcionamento da bomba de sódio e potássio é possível devido duas condições básicas:

(1) A presença de proteínas transmembranas ao longo de toda a membrana plasmática. Essas proteínas contém sítios específicos para ligação dos íons Na+ e K+;

(2) O gasto de ATP, já que a célula precisa manter a diferença de concentração entre os íons. Por isso, a bomba de sódio e potássio é um tipo de Transporte Ativo.

As proteínas transmembranas expulsam o Na+ que entra na célula e buscam o K+ que sai da célula.

A cada acionamento da bomba de sódio e potássio, 3 Na+ se ligam aos seus sítios específicos na proteína. O ATP também liga-se à proteína e perde um radical fostato, transformando-se em ADP. Isso provoca a alteração da conformação da proteína que libera os íons de Na+ no meio extracelular.

No mesmo momento, os 2 K+ se ligam à proteína em seus sítios específicos. O fosfato é liberado e a proteína retoma sua conformação original, liberando os íons de K+ no interior da célula.

Bomba de Sódio e Potássio

Esquema do funcionamento da bomba de sódio e potássio

Entenda também como ocorre a Transmissão do Impulso Nervoso.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.