Endocitose e Exocitose

Lana Magalhães

A endocitose e a exocitose são dois processos de transporte de substâncias, que envolvem a entrada e a saída de grandes partículas da célula.

  • Endocitose: é o processo de entrada de partículas na célula por meio de vesículas chamadas endossomos. Pode ocorrer de três formas: fagocitose, endocitose mediada e pinocitose.
  • Exocitose: é o processo de eliminação das partículas digeridas para fora da célula.

A endocitose e a exocitose são dois tipos de transporte ativo, ou seja, há gasto de energia durante os processos.

O lisossomo é a organela envolvida nesses processos, pois é a responsável pela digestão intracelular.

Endocitose

A endocitose é um processo de absorção de partículas na célula por meio de vesículas, chamadas de endossomos.

Os endossomos são formados a partir da invaginação da membrana plasmática, que posteriormente se separam e ficam livres no interior da célula.

Estas são formadas por invaginação da membrana plasmática, seguida de fusão e separação de um segmento da mesma.

A endocitose pode ocorrer de três formas:

  • Fagocitose: Englobamento de partículas maiores e sólidas, como bactérias ou protozoários.
  • Endocitose mediada: Englobamento de partículas líquidas.
  • Pinocitose: Funciona como a fagocitose, porém, as partículas ligam-se com proteínas receptoras específicas presentes na membrana plasmática.

Fagocitose

Poucas células humanas são capazes de realizar fagocitose. Entre as que realizam estão os macrófagos e linfócitos, células do sistema imunitário.

Essas células detectam um antígeno ou agente estranho no organismo, como uma bactéria. Dessa forma, o macrófago se aproxima da bactéria, emite os pseudópodes e a engloba.

Com isso, parte da membrana que envolve a bactéria se desprende formando uma vesícula, que recebe o nome de fagossomo.

Dentro da célula, o fagossomo se movimenta pelo citoplasma até encontrar a organela lisossomos.

O fagossomo funde-se com o lisossomo que irá realizar a digestão. Assim, a bactéria será quebrada em partes menores e os restos liberados.

Endocitose e ExocitoseProcesso de fagocitose ocorrendo em uma célula de defesa humana

A fagocitose também é responsável pela alimentação das amebas. Para isso, elas modificam sua forma e emitem projeções de citoplasma chamados pseudópodes.

Quando o alimento estiver envolvido pelos pseudópodes, parte da membrana da ameba formará o fagossomo.

Dentro da ameba, a vesícula irá se fundir com um lisossomo formando o vacúolo digestivo. No interior desse vacúolo acontecerá a digestão, graças às enzimas contidas no lisossomo. Depois de finalizada a digestão, os restos serão liberados.

Endocitose e ExocitoseFagocitose na ameba

Endocitose Mediada

A endocitose mediada é semelhante ao processo de fagocitose. Porém, conta com o auxílio de proteínas receptoras na membrana plasmática.

Quando as proteínas receptoras entram em contato com a substância da qual possui especificidade, a região da membrana sofre invaginação e forma-se a vesícula no interior da célula. A vesícula também irá se fundir com o lisossomos.

Esse tipo de endocitose é considerado mais rápido e eficiente, pois ocorre apenas com substâncias que possuem afinidade.

O vírus HIV é um exemplo de substância que entra na célula por endocitose mediada.

Pinocitose

A pinocitose consiste no englobamento de partículas líquidas.

Nesse caso, a célula se aproxima da partícula mas não emite pseudópodes para englobá-la.

Na pinocitose, a célula modifica sua forma e sofre invaginação. No espaço formado estarão contidas as partículas líquidas.

A membrana que envolve a partícula solta-se da célula e forma uma vesícula, chamada de pinossomo. O pinossomo se funde aos lisossomos.

O mecanismo de digestão e eliminação dos restos é o mesmo da fagocitose.

Processo de Pinocitose
Processo de pinocitose

Uma semelhança entre a fagocitose e a pinocitose é o fato de provocarem alterações morfológicas nas células. Destacam-se a emissão dos pseudópodes, durante a fagocitose, e as invaginações, na pinocitose.

Leia também sobre Transporte Ativo.

Diferenças entre Fagocitose e Pinocitose

Agora que você já conhece os processos de fagocitose e pinocitose, saiba a diferença entre eles:

  • A fagocitose refere-se ao englobamento de partículas sólidas, a partir da formação dos pseudópodes.
  • A pinocitose é o englobamento de líquidos. Além disso, não se formam pseudópodes. Para englobar as partículas, a membrana plasmática sofre invaginações, aprofundando-se em direção ao seu citoplasma e formando um canal que se estrangula nas bordas.

Exocitose

A exocitose consiste na eliminação dos restos das partículas digeridas para fora da célula. Ao final do processo de digestão das partículas, a célula precisa eliminar os seus restos.

Esse processo de eliminação dos restos da digestão celular é chamado de clasmocitose.

Os restos, que estão contidos na vesícula, serão encaminhados até a membrana e se fundirá com ela. Por conseguinte, ela se abrirá para o exterior e eliminará o conteúdo. A membrana da vesícula irá se reintegrar à membrana da célula que realizou a endocitose.

A exocitose também pode ocorrer em células secretoras, sendo a forma pela qual a célula irá secretar as substâncias que produz. Por exemplo, as células de glândulas que liberam hormônios.

Processo de Exocitose
Eliminação dos restos para fora da célula por exocitose

A exocitose pode ocorrer de duas formas:

  • Exocitose constitutiva: liberação de substâncias de forma contínua.
  • Exocitose regulada: a eliminação de substâncias só ocorre na presença de um estímulo.

Saiba mais sobre o assunto, leia também:

Membrana Plasmática
Permeabilidade Seletiva

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.