Macrófagos

Lana Magalhães

O macrófago é uma célula de defesa do organismo e que atua no sistema imunológico.

Os macrófagos são encontrados no tecido conjuntivo e se concentram em órgãos com a função de defesa do organismo.

Macrófago e microrganismos
Macrófago e microrganismos

As principais características dos macrófagos são:

  • Célula de formato irregular
  • Citoplasma abundante
  • Presença de pseudópodes

Função

A principal função dos macrófagos é realizar a fagocitose. O macrófago fagocita células danificadas e envelhecidas, restos celulares, agentes estranhos e partículas inertes.

As demais funções do macrófago variam conforme o local onde ele é encontrado e da denominação recebida. Porém, é importante ressaltar que todos os tipos realizam fagocitose.

DenominaçãoLocalFunção
Macrófagos alveolaresPulmõesDefesa contra microrganismos e agentes estranhos
Células de KupfferFígadoRemoção de células envelhecidas e destruição de bactérias
Células mesangiaisRinsFagocitose de substâncias estranhas
MicrógliaSistema NervosoFagocitose e defesa do sistema nervoso
HistiócitosTecido ConjuntivoFunção fagocítica
MonócitosSangueDefesa
OsteoclastosTecido ósseoRemodelação dos ossos

Os macrófagos também são essenciais para o funcionamento da resposta imunitária. Eles produzem e liberam substâncias que induzem a produção de células envolvidas em processos inflamatórios e imunitários.

Assim, eles dão início ao processo de reação inflamatória. Como também realizam a limpeza dos locais inflamados removendo as células destruídas.

Outra característica do macrófago e que contribui na resposta imunitária é a presença de receptores de superfície, os quais reconhecem microrganismos e estímulos.

Dessa forma, os macrófagos alertam o sistema imunológico sobre a presença de um agente estranho no organismo.

Macrófagos e Monócitos

Os macrófagos originam-se dos monócitos, células sanguíneas formadas na medula óssea. Eles circulam pela corrente sanguínea até chegar aos locais de destino, onde sofrem diferenciação e passam a desempenhar funções específicas.

O monócito é um tipo de leucócito e representa a forma imatura do macrófago. A principal diferença ocorrida na transformação do monócito para macrófago é o aumento no número de lisossomos.

A maior quantidade de lisossomos aumenta a capacidade de realizar fagocitose.

Macrófagos e Neutrófilos

O neutrófilo representa um dos tipos de leucócitos, que também é envolvido na resposta inflamatória e no sistema imunológico.

Eles são abundantes e de vida curta, podem durar até seis horas no sangue e dois dias no tecido conjuntivo.

Assim como os macrófagos, os neutrófilos também apresentam capacidade de realizar fagocitose em locais de inflamação. Eles ingerem microrganismos e partículas estranhas.

Os neutrófilos são elementos essenciais na fase inicial da resposta inflamatória. Após realizarem a fagocitose, os neutrófilos morrem por apoptose.

Leia também:

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.