Características da Cultura Muçulmana

Daniela Diana

A Cultura Muçulmana ou Islâmica é tão heterogênea quanto à quantidade de povos que a mantêm, sobretudo em regiões da África e Ásia.

Contudo, ela comunga os aspectos que tangem a religião islâmica. Importante notar que a própria palavra “muçulmano” deriva do árabe (“aslama”) e significa “submetido a Deus”.

Características da Cultura MuçulmanaHomens Muçulmanos Orando

Portanto, todo muçulmano é um sujeito convertido ao Islão (do árabe, “rendição”). Portanto, os termos “cultura muçulmana” e “cultura islâmica” se confundem, uma vez que aqueles aspectos influenciam dimensões da vida moral e política da sociedade muçulmana.

Características da Cultura Muçulmana

Originalmente, a cultura muçulmana teve lugar entre os pastores semitas das diferentes tribos que foram reunidas pelo profeta Maomé.

Após sua morte, em 632, a Arábia foi unificada e teve início a expansão do Império Árabe. Ele esteve totalmente embasado nos preceitos do islamismo sendo liderado por um califa.

O sistema sociopolítico indicado pelo profeta e escrito nos livros sagrados da religião muçulmana se espalhou pelos mares Mediterrâneo, Vermelho e pelo Oceano Índico.

Ali, estabeleceram grandes rotas comerciais. Além disso, a cultura maometana em formação encontrou-se com as culturas bizantina, persa, chinesa e indiana, assimilando-lhes os aspectos culturais ao mesmo tempo em que preservava os costumes e crenças dos povos conquistados.

Por outro lado, vale destacar que os muçulmanos são divididos entre Sunitas e Xiitas.

Os Sunitas seguem os ensinamentos do Alcorão (ou Corão) e da Suna. Eles foram liderados por All-Abbas, tio do profeta Maomé após a sua morte.

Já os Xiitas, são seguidores de Ali, genro de Maomé, e utilizam única e exclusivamente o Corão como forma de orientação sociopolítica.

Em seguida, podemos apontar a “Sharia”, o conjunto de leis baseadas nas escrituras sagradas como o “livro do direito muçulmano” e o guia de comportamento.

Neste sistema, os documentos legais são menos importantes que a palavra dita, a qual é tão importante quanto à posição social.

Originalmente, os muçulmanos se destacaram na agricultura, com suas técnicas de irrigação para produzirem algodão, cereais e laranja. Além dela, destacam-se as manufaturas para a produção de tecidos de algodão, artefatos de vidro e fabricação de aço.

Outro destaque vai para a arquitetura muçulmana, responsável pela criação de magníficos de palácios, mesquitas e escolas. Destacam-se a influência bizantina e persa, com suas cúpulas, minaretes e colunas torcidas, decoradas por arabescos.

Do ponto de vista científico e cultural, os muçulmanos foram os responsáveis pela preservação e difusão da cultura helênica. Permitiram, assim, que o legado grego beneficiasse a cultura ocidental europeia.

Igualmente, os matemáticos muçulmanos criaram o sistema de numeração indo-arábico. Contribuíram para a evolução da trigonometria e álgebra, assim como seus físicos fizeram importantes contribuições nos estudos de refração da luz e da óptica.

Seus químicos descobriam os ácidos nítrico e sulfúrico, o nitrato de prata, o carbonato de sódio e os processos de destilação, filtração e sublimação que lhes permitiram produzir o álcool.

Seus médicos realizaram importantes estudos para desvendar as causas da tuberculose.

Na filosofia, tiveram muita influência os filósofos Aristóteles e Platão. Na literatura, as obras mais conhecidas no mundo ocidental são “As mil e uma noites”, “As Minas do Rei Salomão” e “Ali Babá e os quarenta ladrões”.

Outro aspecto muito importante acerca da cultura muçulmana é o “Ramadã” (ou Ramadão).

Essa lei determina o incitamento espiritual em determinado mês do ano (nono mês do calendário islâmico) e o jejum que proíbe o consumo de comida ou água antes do pôr-do-sol.

Culinária

Características da Cultura MuçulmanaCulinária Muçulmana

De partida, vale frisar que alguns alimentos e bebidas são proibidos pela cultura muçulmana. São exemplos as bebidas alcoólicas e a carne de porco, além dos animais mortos em causas naturais ou por outro animal selvagem.

Portanto, a base da alimentação é composta por carnes de peixes, aves domésticas, cabras, gado, camelo e carneiro. Eles são servidos assados ou fritos e temperados com especiarias orientais.

A comida muçulmana é servida com pão (pão árabe), e degustada com grãos, verduras, legumes e frutas secas.

Os pratos mais conhecidos são o arroz com frango, o tabulem, os quibes crus ou fritos, os favos e as pasta de grão de bico (homus), de berinjela e coalhada.

Vale destacar que na cultura muçulmana estes alimentos são comidos com as mãos (sempre com a mão direita).

Religião

Características da Cultura MuçulmanaPeregrinação à Meca

A Religião que guia a cultura muçulmana é o Islamismo. Ela é monoteísta e têm como livro sagrado mais importante o “Alcorão”, escrito por Maomé, considerado pelos muçulmanos o último profeta de Deus.

Assim, aos maometanos é cobrado a declaração de fé, cinco orações diárias, caridade, jejuar durante o mês sagrado do Ramadã e peregrinar à cidade sagrada de Meca.

Casamento

Características da Cultura MuçulmanaCasamento Muçulmano em Mesquita

O casamento muçulmano diferencia-se em cada região em que é celebrado. Caracteriza-se, via de regra, como um contrato no qual está previsto o pagamento de um valor à família do noivo que procura pela noiva e deve aceitar a oferta do pai da noiva.

Ademais, temos de destacar que as leis muçulmanas permitem que um homem tenha até quatro mulheres e que somente os homens podem se casar fora da sua religião.

Mulheres

Características da Cultura MuçulmanaMulher Muçulmana Orando em Mesquita

Na cultura muçulmana, a diferenças entre homens e mulheres são nítidas no que diz respeito aos papéis, direitos e deveres de cada gênero.

Assim, na maioria dos países muçulmanos, as mulheres têm plenos direitos religiosos para decidirem sobre casamento, divórcio, vestuário e educação.

Contudo, em outros, elas lidam com restrições para determinar seu estado civil, estudar e trabalhar, uma vez que devem obediência aos homens.

Portanto, é comum que a cultura muçulmana permita que o marido bata nas esposas e as obriguem a se vestirem com modéstia.

Como exemplo, temos o Irã e a Arábia Saudita, onde as mulheres devem cobrir a cabeça em público ou utilizar uma burca.

A Cultura Muçulmana Atualmente

Atualmente a maioria dos muçulmanos habitam a Ásia e África, onde as maiores populações muçulmanas se encontram:

  • Indonésia (184 Milhões);
  • Bangladesh (119 Milhões);
  • Paquistão (116 Milhões);
  • Turquia (67 Milhões);
  • Irã (56 Milhões);
  • Egito (48 Milhões).

Paralelamente, a religião islâmica que é o pilar da cultura muçulmana é a que mais cresce no mundo. Já é a segunda religião mais importante do planeta, com mais de 50 países de maioria maometana e mais de 1,57 bilhões de pessoas em 2009.

Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.