Cavalo


O cavalo (Equus caballus) é um animal vertebrado, mamífero ungulado e de porte médio.

Os cavalos fazem parte do grupo dos equinos, o mesmo da zebra, asno, pônei e burro.

Os cavalos convivem com o homem há muito tempo, sendo que a domesticação da espécie ocorreu a 5.500 anos a.C. Portanto, representa um dos animais mais utilizados e de maior convívio com os humanos.

Isso ocorre porque os cavalos são utilizados para o lazer, criação, transporte de pessoas e mercadorias e esportes.

Características dos cavalos

Os cavalos são encontrados em todo o mundo, com exceção de locais extremamente frios, como a Antártica.

O peso do cavalo varia de 350 a 500 kg, a altura de 1,85 m de altura, em relação ao solo até o topo da cabeça, e 2,25 m de comprimento, além da cauda.

Os cavalos podem viver de 25 a 40 anos. Eles são animais velozes, a raça puro sangue inglês, por exemplo, pode atingir até 60 km/h.

O corpo do cavalo é coberto por pelos curtos e lisos de coloração variada. A cabeça é alongada, os olhos são bem separados e as narinas são abertas. As orelhas são pontudas e podem se movimentar em direção ao som.

Anatomia do cavalo
Anatomia do cavalo

Os cavalos são animais herbívoros, por isso, é comum encontrá-los em pastos onde alimentam-se de capim e ervas. Um cavalo, na natureza, pode passar até 16 horas se alimentando durante o dia.

Quando os cavalos são criados pelo homem, eles podem ainda ser alimentados com rações ou milho. Também é importante fornecer sal mineral.

Ao viver em grupos, os cavalos possuem boa comunicação entre si, a postura corporal pode indicar ações e servir de alerta para fuga ou luta. Por exemplo, observando as expressões físicas do cavalo é possível afirmar se ele está com medo, acuado ou agressivo.

Reprodução dos cavalos

A fêmea, chamada de égua, permite o contato com o macho quando encontra-se no cio, período que pode durar até 12 dias. Nesse momento, a fêmea torna-se receptiva ao macho e muitas modificações ocorrem em seus órgãos genitais.

Para atrair o macho, a fêmea urina e expõe a sua vulva. Quando os dois se aproximam, ocorre a monta e consequentemente, a cópula.

A gestação dura 11 meses e origina, geralmente, um potro (filhote). O potro já pode ficar de pé após duas horas do parto, e logo começa a arriscar os primeiros passos.

Saiba mais, leia também:

Raças de cavalos

Estima-se que existam mais de 100 raças de cavalos no mundo. Biologicamente, não existem raças na classificação taxonômica, mas o termo foi criado para agrupar indivíduos que apresentam características físicas em comum e podem cruzar entre si, transmitindo as características aos seus descendentes.

No caso dos cavalos, ainda existem algumas raças selvagens na Ásia e Europa. Eles são animais que vivem livres na natureza e não foram domesticados pelo homem. Algumas das raças de cavalos são:

Mangalarga marchador

mangalarga marchador
O mangalarga marchador possui forte estrutura corporal

O mangalarga marchador é uma raça brasileira, resultado do cruzamento entre espécies da Península Ibérica trazidas para o Brasil na época da colonização.

Ele apresenta porte médio com corpo forte e robusto, sendo considerado ideal para a prática de esporte e transporte.

Mangalarga

Mangalarga paulista
O mangalarga é uma raça brasileira

O mangalarga ou mangalarga paulista resulta do cruzamento das raças Alter e Andaluz. É um cavalo de sela, ideal para prática de esporte e trabalhos de carga.

A sua principal característica é a marcha trotada e os membros e articulações fortes.

Puro sangue inglês

Puro sangue inglês
O puro sangue inglês é originário da Inglaterra

O puro sangue inglês é reconhecido por ser um animal valente e veloz. Ele é muito apreciado como cavalo de corrida, pois é uma das raças mais velozes.

Árabe

cavalo árabe
O cavalo árabe apresenta o focinho mais curto

O cavalo árabe ou puro sangue árabe é muito usado em esportes hípicos. Eles apresentam focinho mais curto, pescoço longo e olhos expressivos. Acredita-se que seja uma das raças de cavalo mais antigas.

Quarto de milha

Quarto de milha
O cavalo da raça quarto de milha apresenta forte musculatura

O quarto de milha é originário da América do Norte, adaptado para trabalhos com o gado. É uma raça dócil e fácil de domar. Ele também é capaz de percorrer grandes distâncias em pouco tempo.

Curiosidades sobre os cavalos

  • Em alguns países a carne de cavalo é bastante apreciada na alimentação.
  • Alguns cavalos de raças mais nobres, podem custar até mais de R$ 15 mil.
  • O cavalo pode ter momentos de sono profundo, chegando até a sonhar.
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.