Como Fazer uma Síntese?

Daniela Diana

Uma síntese é um tipo de texto que contempla as principais ideias de outro texto.

O próprio nome já indica que ela é um pequeno resumo, um apanhado geral das ideias essenciais e sem aprofundamento. Portanto, ela nunca pode ser maior que o texto original.

Assim, a síntese é um texto com poucas palavras, no qual é dispensado tudo o que for secundário.

Note que a síntese pode ser de um livro, de um filme, de uma novela, de uma aula, etc. As sínteses acadêmicas são aquelas produzidas pelos estudantes universitários, feitas por exemplo, de um artigo científico.

Passo-a-passo para elaborar uma síntese

Antes de mais nada, devemos ler atentamente o texto que vamos sintetizar para que as ideias mais importantes estejam presentes na síntese.

Portanto, não avance na produção do texto se você ainda tiver dúvidas sobre o tema e as ideias principais apontadas pelo autor.

Se achar necessário, você pode sublinhar e anotar os trechos mais importantes ou ainda, resumir cada parágrafo.

Feito isso, é hora de pontuar as principais ideias abordadas no texto. Por conseguinte, devemos conectar essas ideias para que a síntese seja um texto corrido, ou seja, com parágrafos elaborados e não em tópicos.

Nesse caso, a coesão e a coerência textual são primordiais para que sua síntese seja clara e objetiva. O uso de conectivos pode auxiliar na construção dos parágrafos de modo que a organização do texto é um fator essencial para o entendimento dos leitores.

Lembre-se que esse tipo de texto é escrito em terceira pessoa e não se deve colocar opiniões próprias. O desafio aqui é não alterar as ideias originais do autor do texto.

Tente perceber qual são as palavras-chave, o método utilizado, os objetivos, a justificativa, os argumentos, as conclusões do autor, etc.

É importante também que no seu trabalho tenha a indicação bibliográfica, ou seja, o nome do texto e do autor que você fará a síntese.

Síntese e Resumo

Muitas vezes ficamos confusos sobre a definição de resumo e síntese. É verdade que esses dois tipos de textos contém uma proposta parecida: a de produzir outro texto sintetizado a partir de uma fonte.

Embora sejam muito parecidos, eles são diferentes no que se refere as dimensões do texto. Ou seja, uma síntese é menor que um resumo e pontua somente o estritamente essencial e necessário para a compreensão de um texto.

Confira o que temos para você ficar craque em resumo:

Síntese e Fichamento

Numa síntese não devemos copiar trechos da obra, o que podemos fazer quando se trata de um fichamento.

Esse tipo de texto é muito utilizado por estudantes universitários, que organizam as principais ideias dos textos e artigos lidos em fichas.

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.