Consequências da Revolução Industrial


As consequências da Revolução Industrial, movimento que teve início na Inglaterra no século XVIII, influenciaram e influenciam diretamente o sistema social, econômico e político mundial até os dias de hoje.

Ela teve início por diversos motivos dos quais se destacam: fortalecimento da classe burguesa na Inglaterra, diversas invenções (máquina de fiar, tear mecânico, da máquina a vapor, etc.), o uso de fontes modernas de energia (carvão e o petróleo) e o aperfeiçoamento das técnicas de produção a partir do avanço tecnológico e científico.

Ainda que muitos pontos positivos surgiram junto à expansão da industrialização, os trabalhadores das fábricas viviam em condições precárias, com altas jornadas de trabalho e salários baixos. Mulheres e crianças também trabalhavam nas fábricas e recebiam menos que os homens.

Esse processo concentrou a riqueza nas mãos de uma elite e com isso, a miséria e a insalubridade em que viviam as populações menos favorecidas aumentaram significativamente.

Principais Consequências da Revolução Industrial: Resumo

  • Divisão e especialização do trabalho
  • Fortalecimento de duas classes: burguesia industrial e o proletariado fabril
  • Elevado crescimento econômico
  • Concentração de renda na mão dos donos das indústrias
  • Fortalecimento político e econômico da burguesia
  • Formação de uma elite industrial
  • Surgimento das linhas de montagem (Fordismo e Taylorismo)
  • Diminuição das corporações ligadas ao artesanato (manufaturas)
  • Substituição da manufatura para a maquinofatura
  • Criação de empresas e indústrias
  • Dinamização do processo industrial
  • Aumento do rendimento do trabalho
  • Redução do custo de produção
  • Aumento da concorrência
  • Expansão e consolidação do sistema capitalista
  • Surgimento do Socialismo
  • Progresso científico e tecnológico
  • Avanço dos sistemas de comunicações e transporte
  • Desenvolvimento industrial e urbano
  • Aumento do êxodo rural
  • Crescimento das cidades e da população
  • Crescimento desordenado das cidades
  • As cidades tornam-se grandes centros industriais
  • Expansão do comércio e das atividades industriais
  • Aumento da produtividade e do mercado consumidor
  • Surgimento de uma nova classe operária (proletariado)
  • Aumento das lutas operárias
  • Surgimento dos Trade Union (sindicatos)
  • Expansão do imperialismo
  • Aumento das desigualdades sociais
  • Avanço dos impactos ambientais

Veja também as Causas da Revolução Industrial.

Fases da Revolução Industrial

Vale lembrar que a expansão da industrialização esteve dividida em três períodos:

Quer entender melhor cada período da Revolução Industrial? Acesse o artigo: Fases da Revolução Industrial.

Saiba tudo sobre a Revolução Industrial nos artigos: