Dante Alighieri

Daniela Diana
Daniela Diana
Professora licenciada em Letras

Dante Alighieri foi um dos mais importantes escritores humanistas do renascimento literário.

Ele é considerado o maior escritor de língua italiana e um dos mais importantes da literatura universal.

Sua obra mais relevante é o poema intitulado “A Divina Comédia”.

Biografia de Dante Alighieri

Filho de Alighiero di Bellincione e de Dona Bella degli Abati, Dante nasceu em 1265 na cidade italiana de Florença. Investigações apontam que seu nome verdadeiro era Durante.

Sua família era abastada e influente na cidade e, portanto, Dante teve uma boa educação. Estudou letras, ciências, artes e teologia.

Dante Alighieri
Retrato de Dante por Sandro Boticcelli

Sua mãe faleceu quando ele ainda era criança e seu pai quando ele tinha cerca de 18 anos.

Foi abandonado por seus parentes e, mais tarde, exilado de sua terra natal por ter utilizado dinheiro público. Casou-se com Gemma Donati e com ela teve vários filhos.

Todavia, ele amava mesmo era Beatrice Portinari que faleceu com 25 anos. Foi sua musa inspiradora, a qual é citada em diversas obras.

Além de escritor e poeta, foi um político italiano tendo importante atuação na vida pública. Fez parte do Conselho do Estado e foi Embaixador da República.

Mais tarde, obteve o título de “priore”, na época o maior da política.

Dante faleceu em Ravena em setembro de 1321.

Obras de Dante Alighieri

Dante foi um grande erudito de sua época e escreveu obras de teor literário, filosófico e histórico, das quais se destacam:

  • A Divina Comédia
  • Sobre a Língua Vulgar
  • O Convívio
  • As Rimas
  • Éclogas
  • As Epístolas
  • Vida Nova
  • Monarquia

A Divina Comédia

Sem dúvida a obra mais emblemática de Dante é a Divina Comédia (em italiano, La Divina Commedia).

Escrita em dialeto toscano no século XIV, Dante descreve a trajetória da sua alma. O longo poema épico está dividido em três partes:

  • Inferno: local dos pecadores.
  • Purgatório: local dos pecadores que esperam o julgamento.
  • Paraíso: local de purificação, que significa a santidade.

Na época, era comum escrever as obras em latim, entretanto, Dante escreveu no dialeto italiano, auxiliando, assim, na divulgação da língua italiana.

Saiba mais sobre:

Poemas de Dante Alighieri

Trecho da Divina Comédia (Canto I)

No meio do caminho desta vida
me vi perdido numa selva escura,
solitário, sem sol e sem saída.

Ah, como armar no ar uma figura
desta selva selvagem, dura, forte,
que, só de eu a pensar, me desfigura?

É quase tão amargo como a morte;
mas para expor o bem que encontrei,
outros dados darei da minha sorte.

Não me recordo ao certo como entrei,
tomado de uma sonolência estranha,
quando a vera vereda abandonei.

Vê-se dentro do céu prodigamente

Vê-se dentro do céu prodigamente
quem minha amada entre outras damas veja.
E toda aquela que a seu lado esteja
rende graças a Deus por ser clemente.

Tanta virtude tem sua beleza
que inveja acaso às outras não consente,
por isso as tem vestida simplesmente
de confiança, de amor, de gentileza.

Tudo se faz humilde em torno dela;
por ser sua visão assim tão bela
às que a cercam também chega o louvor.

Pela atitude mostra-se tão mansa
que ninguém pode tê-la na lembrança
que não suspire, no íntimo, de amor.

Frases de Dante Alighieri

  • A alma é o maior milagre do mundo.”
  • Não se pode exprimir com palavras a passagem do estado humano ao divino...
  • Não há maior dor do que a de nos recordarmos dos dias felizes quando estamos na miséria.”
  • Vês que a razão, seguindo o caminho indicado pelos sentimentos, tem asas curtas.”
  • Não se conquista a fama deitado sobre leves plumas.”
  • Amor e coração nobre são uma única coisa.”

Saiba mais sobre a época de Dante Alighieri:

Atualizado em
Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.